Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Crime SceneDocumentáriosSéries

10 Produções para fãs de Damas Mortais e Lady Killers

Séries e documentários sobre assassinas reais ou fictícias

28/09/2023

Os catálogos dos streamings e canais de televisão nunca estiveram tão recheados de documentários sobre crimes reais e assassinos famosos, além das diversas séries de ficção que se inspiram nesses eventos e personagens verídicos para elaborar suas narrativas. Uma coisa é certa: o true crime encontrou um lar definitivo nesses lugares. 

LEIA TAMBÉM: AS 10 ASSASSINAS MAIS LETAIS DE TODOS OS TEMPOS

Em meio a tantos títulos e lançamentos, é interessante refletir como muitas dessas obras focam em assassinos famosos, como Ted Bundy e Jeffrey Dahmer, perpetuando indiretamente a ideia de que mulheres não matam. No entanto, Lady Killers: Assassinas em Série de Tori Telfer e Damas Mortais de Jennifer Wright, lançamento da DarkSide® Books, nos mostram exatamente o contrário: mulheres cometem assassinatos pelos mais diversos motivos, como necessidade, vingança, medo e até mesmo prazer. Enquanto algumas motivações são justificáveis, outras são apenas cruéis.

A questão é que mulheres assassinas têm se mostrado presentes ao longo da história. Mary Ann Cotton, Belle Gunness e diversas outras estão aí para provar justamente isso. Em Damas Mortais, por exemplo, Wright nos apresenta a quarenta mulheres letais ao longo do tempo, mostrando suas histórias, motivações e perfis únicos. 

Nada mais justo então do que mostrar que as lady killers também estão em documentários e séries de televisão. É por isso que a Caveira separou uma lista mortal de indicações para o DarkSider que amou Lady Killers e que com certeza também vai amar Damas Mortais. 

1. O Ato (2019)

Inspirado em um caso real que chocou o mundo com suas inúmeras reviravoltas, O Ato conta a história de Dee Dee e Gypsy Rose Blanchard, mãe e filha, que ganharam atenção midiática devido aos diversos problemas de saúde de Gypsy, que precisava de constantes cuidados da mãe, a qual se doava integralmente à filha. Contudo, em 2015 as coisas tomaram um rumo sinistro quando Dee Dee foi encontrada morta dentro da própria casa, brutalmente assassinada pela filha. Tudo ficou ainda mais assustador quando foi descoberto que Gipsy nunca esteve doente e que sua mãe fabricava todas as suas enfermidades e deficiências, sofrendo de Síndrome de Münchhausen por procuração. 

o ato

Dividida em oito episódios, O Ato aborda minuciosamente a história real, desde a relação entre as duas até o crime e sua subsequente investigação. Protagonizada por Patricia Arquette, que interpreta Dee Dee, e Joey King, que dá vida a Gypsy, a minissérie foi um sucesso, com Arquette ganhando o Emmy por sua atuação

2. Objetos Cortantes (2018)

Baseado no livro homônimo de Gillian Flynn, Objetos Cortantes é uma história de ficção que com certeza os leitores de Lady Killers vão adorar. Produzida pela HBO em 2018, a minissérie foi dividida em oito episódios e trouxe um elenco liderado por Amy Adams e Patricia Clarkson

objetos cortantes

Sombria, desconcertante e envolvente, Objetos Cortantes acompanha Camille Preaker, uma traumatizada repórter que retorna à sua cidade natal no Missouri para cobrir e investigar os assassinatos misteriosos de duas jovens garotas. No entanto, o retorno acaba a obrigando a conviver novamente com sua controladora mãe, Adora, e sua problemática meia-irmã, Amma. De volta à residência de sua infância, Camille é confrontada com antigos demônios. 

3. Candy: Uma História de Paixão e Crime (2022)

Em 1980, a cidade de Wylie, Texas, foi palco de um crime brutal: Betty Gore, de 30 anos, foi encontrada morta com 41 machadadas em seu corpo. Logo as investigações recaíram sobre sua vizinha, Candy Montgomery, que não só era amiga da vítima, como também mantinha um relacionamento extraconjugal com seu marido. Montgomery, que ficou conhecida pelo apelido de “assassina do machado”, assumiu o crime, mas alegou autodefesa. Ela foi julgada no mesmo ano e acabou sendo inocentada por um júri popular. 

candy

O caso, que atraiu muita atenção midiática, foi adaptado na minissérie Candy: Uma História de Paixão e Crime, que estreou em 2022. Protagonizados por Jessica Biel como Candy e Melanie Lynskey como Betty, os cinco episódios da série contam a vida de Montgomery, seu relacionamento com Allan Gore e, é claro, o crime brutal que aconteceu justamente em uma sexta-feira 13. Em 2023, a história de Candy deu origem a outra minissérie, Amor e Morte, protagonizada por Elizabeth Olsen.

4. The Thing About Pam (2022)

Em 27 de dezembro de 2011, Betsy Faria, uma mulher sofrendo de câncer terminal, foi encontrada brutalmente assassinada em sua casa com mais de 50 facadas. Mesmo alegando inocência e possuindo álibis concretos, seu marido, Russ, logo foi acusado e condenado à prisão pelo crime. Após três anos preso, ele conseguiu um novo julgamento e foi então absolvido. A verdade veio à tona muito tempo depois: a assassina de Betsy era sua melhor amiga, Pamela Hupp, que havia feito um seguro de vida em seu nome e passado despercebida por todos, conseguindo se livrar de Russ ao testemunhar contra ele.  

the thing about pam

Essa história real, que parece ter saído diretamente da ficção, foi retratada na minissérie de seis capítulos The Thing About Pam. Estrelada por Renée Zellwegger, a trama detalha o assassinato de Betsy, a investigação do crime e consequente manipulação da imprensa e polícia por Hupp, que inclusive cometeu outro assassinato apenas para distrair os investigadores

LEIA TAMBÉM: VOVÓS PERIGOSAS: CONHEÇA 5 SERIAL KILLERS DA TERCEIRA IDADE

5. Killing Eve (2018 – 2022)

Com um enredo e personagens dignas de Damas Mortais, a série britânica Killing Eve acompanha uma investigadora da inteligência britânica, Eve Polastri, que é encarregada de capturar Villanelle, uma perigosa assassina associada a uma organização secreta. No entanto, à medida que seus caminhos se interligam, as duas acabam desenvolvendo uma obsessão mútua.

Killing Eve

Protagonizada por Sandra Oh e Jodie Comer, Killing Eve contou com quatro temporadas e 32 episódios, sendo concluída em abril de 2022. Embora a premissa remeta à clássica história de perseguição entre policial e serial killer, a série não fica presa nisso, fugindo dos estereótipos femininos e apresentando uma narrativa original com personagens carismáticas e ótimas cenas de luta e espionagem

6. A Dama do Silêncio: La Mataviejitas (2023)

Documentário recém-chegado na Netflix, A Dama do Silêncio aborda uma história real que chocou a população mexicana quando uma onda de assassinatos de mulheres idosas, encontradas estranguladas dentro de suas próprias casas, aterrorizou a Cidade do México entre 1998 e 2005. 

dama do silêncio

Com quase duas horas de duração, o longa dirigido por María José Cuevas traz entrevistas e examina arquivos para contar a história do primeiro serial killer mexicano. Para a surpresa de vários envolvidos, o assassino, que muitos supunham ser um homem, era na verdade uma mulher: Juana Barraza, ex-lutadora profissional. Barraza foi presa em 2006 enquanto fugia da casa de sua última vítima. Dois anos depois, ela foi considerada culpada por dezesseis acusações de assassinato e condenada a 759 anos de prisão.

7. Eu Te Amo, Agora Morra: O Caso de Michelle Carter (2019) 

Focando na polêmica história de Michelle Carter e Conrad Roy III, Eu te Amo, Agora Morra é um documentário dividido em duas partes, dirigido e produzido por Erin Lee Carr.

eu te amo agora morra

Distribuído pela HBO, aborda o caso de suicídio de Conrad Roy em 2014 e a consequente condenação de sua namorada, Michelle Carter, por tê-lo incitado a cometer o ato por mensagens de texto. Eu te Amo, Agora Morra recria a história do jovem casal, na época com 18 e 17 anos, que namorou à distância por cerca de dois anos, apresentando tanto o lado da acusação quanto o da defesa e levantando questões como saúde mental e tecnologia

8. Elize Matsunaga: Era uma vez um crime (2021)

Em 2012, o assassinato do empresário Marcos Kitano Matsunaga deixou o Brasil abismado quando seu corpo foi encontrado esquartejado. O caso tomou um rumo ainda mais inimaginável quando foi revelado que a culpada pelo crime era Elize Matsunaga, a esposa da vítima.

elize matsunaga

Lançado em 2021, Elize Matsunaga: Era uma vez um crime é uma série documental de quatro episódios que revisita o passado de Elize, passando por seu casamento com Marcos até o fatídico assassinato. O documentário relembra o crime, assim como sua repercussão e investigação, contando com entrevistas de diversos envolvidos, incluindo da própria Elize, a qual a equipe de filmagem acompanha durante as saídas temporárias da prisão, na qual se encontra encarcerada desde 2016. 

9. Flordelis: Em Nome da Mãe (2022)

Outro caso que chocou o Brasil foi o assassinato do pastor Anderson do Carmo de Souza, morto a tiros em junho de 2019 chegando em casa. O que ninguém esperava é que seria sua esposa, a deputada federal Flordelis, quem teria ordenado e tramado o assassinato, contando com a ajuda de sete filhos do casal e uma de suas netas

flordelis

Apresentando imagens e depoimentos, Flordelis: Em Nome da Mãe é uma série dividida em quatro episódios que reconstrói a vida e trajetória da pastora e ex-deputada condenada pelo assassinato do marido. Revelando detalhes chocantes e obscuros, o documentário apresenta um retrato profundo de Flordelis e sua família, tentando desvendar suas motivações e dinâmicas. Além disso, Flordelis: Em Nome da Mãe conta com o depoimento da ex-deputada, tendo acompanhado sua rotina desde as semanas seguintes ao assassinato até sua eventual prisão em 2021. 

O caso também foi abordado em outra série documental lançada no mesmo ano, Flordelis: Questiona ou Adora, produção do Globoplay. 

10. Ken & Barbie: O Casal Assassino (2021)

Não se deixe enganar pelo título, a história de Karla Homolka e Paul Bernardo não tem nada a ver com o mundo rosa e pacífico de Barbie e Ken. O jovem casal, que ganhou esse apelido pela aparência e vida aparentemente perfeitas, horrorizaram o Canadá no início dos anos 1990. 

paul bernardo e karla homolka

Com quatro episódios, Ken & Barbie: O Casal Assassino reconta a história de Homolka e Bernardo, que se tornaram os assassinos mais famosos do Canadá ao serem presos pelos homicídios de pelo menos duas adolescentes. Com entrevistas de conhecidos e envolvidos no caso, o documentário relembra o relacionamento do casal, seus crimes hediondos e eventual prisão. Bernardo foi sentenciado à prisão perpétua em 1993, enquanto Homolka, em uma decisão controversa, conseguiu um acordo por seu testemunho contra o marido. Ela foi sentenciada a doze anos e libertada da prisão em 2005.  

Assassinas reais e fictícias

Com seus crimes chocantes, inseridos nos mais variados contextos, essas lady killers se mostram tão ardilosas e cruéis quanto qualquer outro assassino. Títulos indispensáveis para o DarkSider que gostou de Lady Killers, essas séries e documentários mergulham fundo na temática de por que mulheres matam, revelando pelo caminho verdades indigestas, assim como os mais variados motivos e personalidades por trás desses crimes. 

Seja com produções fictícias ou baseadas em histórias reais, essa seleção é digna dos arquivos Crime Scene, que agora conta com Damas Mortais de Jennifer Wright, título indispensável para quem se interessa por true crime e é claro, lady killers. E aí, que tal se preparar para investigar com a Caveira? 

LEIA TAMBÉM: ASSASSINAS MADE IN BRAZIL: RELEMBRE MULHERES QUE FICARAM FAMOSAS POR MATAR

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Damas Mortais + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Brain Dead: Seu cérebro nunca será desligado

Depois de tudo o que foi feito pelo horror nos anos 1980, nosso gênero mais amado (e...

Por Cesar Bravo
Graphic NovelNovidades

Spa, de Erik Svetoft, é finalista do Prêmio Eisner

Tem história publicada pela DarkSide® Books entre os finalistas do Prêmio Eisner...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Alpha: terceiro filme de Julia Ducournau vem aí

A cineasta francesa Julia Ducournau se estabeleceu como uma verdadeira visionária do...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

Quais são os 7 chakras e o que eles significam

Você provavelmente já ouviu algum comentário sobre “desalinhar os chakras” e...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

O que é a linguagem secreta das flores da Era Vitoriana?

Quanta emoção uma flor pode carregar? Não é de hoje que elas acompanham nossos...

Por DarkSide