Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Cine Book ClubListas

13 curiosidades surpreendentes sobre Donnie Darko

O clássico cult encantou fãs de cinema com uma trama complexa e envolvente, mas não se tornou um sucesso de bilheteria

Lançado em 2001, Donnie Darko se tornou um dos maiores filmes cult dos últimos tempos. O drama com boas doses de fantasia e viagem no tempo conta a história do excêntrico Donnie, que despreza a maioria dos colegas de escola e passa a ter visões com um coelho gigante, que o avisa sobre o fim do mundo em 28 dias, 06 horas, 42 minutos e 12 segundos.

Com baixo orçamento e muitas ideias na cabeça, o diretor e roteirista Richard Kelly criou um universo paralelo comandado por um homem com uma “fantasia idiota de coelho” que guia o jovem com sintomas de esquizofrenia e sonambulismo por uma série de eventos inesperados.

Pela DarkSide Books, Donnie Darko virou livro com prefácio assinado pelo ator Jake Gyllenhaal, que interpretou o personagem no cinema. Não se trata de uma adaptação do longa-metragem, e muito menos de um romance que poderia ter inspirado o cineasta Richard Kelly. Ao invés disso, Donnie Darko, o livro, apresenta na íntegra o roteiro original do cinema. Além de entrevistas exclusivas com o elenco e o diretor, o leitor ainda encontra trechos de A Filosofia da Viagem no Tempo, escrito por Roberta Sparrow, a Vovó Morte do filme. Será que finalmente encontraremos as respostas que Donnie tanto procurava?

Donnie Darko não foi um sucesso estrondoso de bilheteria, mas depois que a notícia sobre um estranho filme com Drew Barrymore e Patrick Swayze no elenco e um enredo completamente confuso se espalhou, o longa fez mais de 15 milhões de dólares em vendas de DVD. O clássico cult também foi responsável por alavancar a carreira do jovem Jake Gyllenhaal.

Enquanto não encontramos meios para viajar no tempo nem recebemos a notícia sobre o fim do mundo, veja algumas curiosidades sobre o filme Donnie Darko:

Richard Kelly se inspirou em Stephen King

Em entrevista, o diretor e roteirista do filme Richard Kelly afirmou que uma de suas inspirações foi o mestre Stephen King. Kafka, Dostoievski e Graham Greene também foram grandes referências para Kelly durante o ensino médio que, certamente, o influenciaram na hora de escrever o enigmático roteiro de Donnie Darko.

Patrick Swayze usou suas próprias roupas dos anos 80

Patrick Swayze gravou as cenas do programa Cunning Visions em seu rancho em Calabasas, na Califórnia. As roupas usadas nas filmagens eram do próprio Swayze. Segundo Kelly, ele entendeu perfeitamente seu papel e afirmou que o ator é “um cara muito legal”.

Richard Kelly teve um ataque de riso durante uma das cenas

A cena em que a personagem Kitty Farmar (Beth Grant) explica onde Donnie pediu para ela guardar o cartão da Lifeline fez o diretor-roteirista ter uma crise de riso. Em entrevista, Kelly declarou: “Eles tiveram que me tirar do set porque eu estava bagunçando tudo de tanto que estava rindo. É maravilhoso poder rir enquanto trabalha“.

Donnie Darko demorou 28 dias para ter suas filmagens concluídas

As filmagens de Donnie Darko duraram exatos 28 dias. Para Richard Kelly, tudo não passa de coincidência, mas para os fãs da enigmática história, obviamente, não.

A grande responsável pelo sucesso do filme foi Drew Barrymore

A atriz Drew Barrymore entrou no projeto e acordou com o diretor Richard Kelly que sua produtora, a Flower Films, produziria o filme por 4,5 milhões dólares. Além disso, ela também seria a Sra. Pomeroy, professora de Donnie. Anos mais tarde, Richard Kelly admitiu que se ela não tivesse entrado em cena o filme teria ido direto para o vídeo ou TV a cabo.

Mad World, do Tears for Fears, foi escolhida como plano B para a trilha

Com orçamento baixo, o compositor Michael Andrews tentou conseguir os direitos autorais da música MLK, da banda irlandesa U2, mas não conseguiu. Para substituir, Andrews chamou seu amigo Gary Jules para gravar um cover da música Mad World, do Tears for Fears. Lançado como single, a música chegou ao topo das paradas do Reino Unido em 2003.

Primeira aparição de Seth Rogen no cinema

O ator Seth Rogen ficou conhecido por seus personagens cômicos em comédias como O Âncora, O Virgem de 40 Anos, Superbad e várias outras, e imaginá-lo como um valentão de escola é difícil. Mas foi o que aconteceu em Donnie Darko quando ele interpretou Ricky Danforth, que estuda com Donnie e Gretchen – interpretada por Jena Malone.

O filme teve uma continuação que poucas pessoas conhecem

S. Darko: A Donnie Darko Tale (em português: S. Darko – Um Conto de Donnie Darko) é centrado em Samantha Darko, irmã mais nova de Donnie, e apesar de ser uma espécie de extensão do filme original, Richard Kelly fez questão de afirmar que nada teve a ver com a sequência e nunca pensou em continuar a história. Segundo ele, isso arruinaria o original.

Kelly teve permissão do criador dos Smurfs para gravar uma das cenas

O diretor Richard Kelly conseguiu autorização do criador dos Smurfs. O ilustrador belga Peyo permitiu que a cena onde Donnie e seus amigos discursam sobre a possibilidade dos Smurfs fazerem sexo entrasse no filme.

Jake Gyllenhaal não era a primeira opção para viver Donnie Darko

Por mais que o nome Donnie Darko remeta diretamente ao rosto de Jake Gyllenhaal, tamanha a conexão que o ator criou com o personagem, ele demorou a ser escolhido para o papel, como admitiu o diretor Ricard Kelly:

“Nós originalmente tivemos Jason Schwartzman como Donnie, mas ele tinha outros compromissos profissionais. Nos encontramos com o Vince Vaughn quatro vezes, mas ele não estava confortável em interpretar um personagem de 16 anos de idade. Mark Wahlberg também estava na corrida. Mas Jake Gyllenhaal tinha acabado de estrelar October Sky e carregou o filme inteiro nas costas. Embora não fosse um nome popular, ele claramente era talentoso o bastante.”

Donnie Darko não foi um sucesso de bilheteria

Apesar de toda a genialidade e complexidade de seu roteiro, Donnie Darko está longe de ser considerado um sucesso de bilheteria. Depois de estrear no Festival de Sundance em 2001, a bilheteria do longa rendeu pouco mais de 1 milhão de dólares.

A origem do coelho gigante

A referência do coelho gigante vem do filme Meu Amigo Harvey, de 1950. No longa, Elwood, interpretado por James Stewart, é aconselhado por um coelho gigante.

Trilha sonora marcante

A trilha sonora de Donnie Darko dispensa comentários. O longa conta com músicas de Echo & The Bunnyman (The Killing Moon); Tears for Fears (Head Over Heels); Duran Duran (Notorious); Joy Division (Love Will Tear Us Apart); Oingo Boingo (Stay); Gary Jules (Mad World); e INXS (Never Tear Us Apart).

LER MAIS

Indicados para você!

Labirinto
R$ 49,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Donnie Darko
R$ 49,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
De volta para o futuro
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
DarkloveDarksideLivros

A família King tem um lar na DarkSide Books

Por Jéssica Reinaldo  Que Stephen King é o rei do terror, todo mundo já sabe....

Por DarkSide
DarksideLançamento

The Dark Man de Stephen King chega à DarkSide

A primeira aparição do Homem de Preto aconteceu na Universidade do Maine, em meados...

Por DarkSide
Cine Book ClubListas

35 anos do slasher movie A Hora do Pesadelo

O diretor Wes Craven descrevia a essência do clássico A Hora do Pesadelo como uma...

Por DarkSide
CuriosidadesMedo Clássico

Bram Stoker: 172 anos do nascimento do mestre do Medo Clássico

Diferentemente da fama de seu maior best-seller, a história de Bram Stoker não é...

Por DarkSide
DarkSide BooksLançamento

DarkSide e Cesar Bravo apresentam: Verdadeiras Histórias de Sangue

Dizem que segredos não sobrevivem por muito tempo em cidades pequenas. Mas, em Três...

Por DarkSide