Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Darklove

5 cemitérios que são verdadeiros museus a céu aberto

Para muitos um lugar assustador, para outros nem tanto, esses cemitérios vão muito além de um amontoado de jazigos e túmulos

11/06/2019

Os cemitérios podem guardar a paz desejada e merecida para os corpos que ali se encontram, mas também podem despertar um certo desconforto para quem ainda não lida bem com o fato que todos nós, inevitavelmente, teremos o mesmo destino. Inúmeros cemitérios ao redor do mundo são pontos turísticos requisitados e movimentados ao longo de todo o ano, contam a história da cidade e sobrevivem à décadas de mudanças sociais – mas um tabu permanece: o cemitério ainda é um lugar sombrio.

Verdadeiros museus a céu aberto, os cemitérios espalhados mundo guardam muito mais do que corpos. Suas obras de arte, esculturas e inúmeras histórias de mortes célebres, desconhecidas e misteriosas mantém o clima sombrio, é verdade, mas também podem nos ajudam a lidar e entender a nossa finitude e ressignificar o lugar onde os que não escolherem a cremação poderão descansar em paz. A autora e agente funerária Caitlin Doughty defende que os cemitérios ao redor do mundo podem ser ressignificados como verdadeiros parques com atividades culturais e, em seu novo livro Para Toda a Eternidade, lançado pela DarkSide Books, ela falou sobre a cultura do luto e da morte em diferentes sociedades e culturas. Neste mês, em visita ao Brasil, Doughty passou por diversos cemitérios e descobriu um pouco mais sobre a cultura de morte brasileira.

Veja abaixo cinco cemitérios pelo mundo que valem a visita:

1- Cemitério Old Jewish (Praga, República Tcheca)

Para Toda a Eternidade, cemitério Old Jewish em Praga, República Tcheca)

Criado no começo do século XV, Cemitério Old Jewish, em Praga, na República Tcheca, guarda os corpos de mais de 100 mil judeus. O cemitério contém várias camadas de enterros de corpos colocadas em cima umas das outras por não ter como expandir o terreno do local.

2- Cemitério Père Lachaise (Paris, França)

Para Toda a Eternidade, cemitério Père Lachaise em Paris, França)

O Père Lachaise, em Paris, na França, recebe turistas ao longo de todo o ano. Além da beleza do lugar, que se revela como um verdadeiro museu a céu aberto, há inúmeros mortos conhecidos do grande público como o escritor Honoré de Balzac, Marcel Proust, a cantora Edith Piaf e o músico Jim Morrison.

3- Cemitério da Consolação (São Paulo)

Para Toda a Eternidade, cemitério da Consolação em São Paulo

Considerado o Pére Lachaise brasileiro, o Cemitério da Consolação, localizado no centro de São Paulo, guarda diversas esculturas de Victor Brecheret e túmulos de personalidades como Marquesa de Santos, Monteiro Lobato e Tarsila do Amaral. Em visita ao Brasil, neste mês de junho, Caitlin Doughty conheceu o local.

4- Memorial Necrópole Ecumênica (Santos, São Paulo)

Para Toda a Eternidade, Memorial Necrópole Ecumênica em Santos, São Paulo

Visitado por Caitlin Doughty nesta semana, a Memorial Necrópole Ecumênica é cemitério mais alto do mundo, de acordo com o Guinness Book. Localizada na cidade de Santos, o cemitério vertical começou a ser erguido em 1983 e, atualmente, conta com mais de 14 mil lóculos distribuídos em 14 andares. Durante sua passagem por São Paulo, Doughty também visitou a necrópole. 

5- Cemitério do Caju (Rio de Janeiro)

Para Toda a Eternidade, cemitério do Caju (Rio de Janeiro)

A paz do local se mistura com uma vista deslumbrante ao fundo. O Cemitério do Caju concentra  os demais cemitérios que formam o conjunto de necrópoles: Cemitério da Ordem Terceira do Carmo, o Cemitério da Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência e o Cemitério Comunal Israelita do Caju fazem parte do complexo. O cemitério foi fundado em 1851 – no mesmo local onde já existia um cemitério de escravos desde 1839.

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Para Toda a Eternidade + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Confissões do Crematório + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Pin: Um Trauma feito de loucura e plástico

Alguns filmes sempre foram raros no Brasil, outros acabaram sendo subestimados e...

Por Cesar Bravo
CuriosidadesDarkloveEntrevista

Rachel Rabbit White pelas palavras de Nico Walker (e dela própria)

O que os livros Carrossel dos Desejos e Cherry: Inocência Perdida têm em comum? Numa...

Por DarkSide
GamesMacabraNovidades

Conheça o jogo de tabuleiro de Condado Maldito

Se você é fã da série de graphic novels Condado Maldito e gosta de jogos de...

Por DarkSide
CuriosidadesFilmesWish

10 Curiosidades sobre o filme A Lagoa Azul

Se você cresceu entre os anos 1980 e 1990 provavelmente já passou alguma tarde...

Por DarkSide
CuriosidadesListas

Conheça as bandeiras do movimento LGBTQIAP+

O arco-íris você já deve conhecer bem. A bandeira mais popular associada aos...

Por DarkSide