Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Darklove

5 cemitérios que são verdadeiros museus a céu aberto

Para muitos um lugar assustador, para outros nem tanto, esses cemitérios vão muito além de um amontoado de jazigos e túmulos

11/06/2019

Os cemitérios podem guardar a paz desejada e merecida para os corpos que ali se encontram, mas também podem despertar um certo desconforto para quem ainda não lida bem com o fato que todos nós, inevitavelmente, teremos o mesmo destino. Inúmeros cemitérios ao redor do mundo são pontos turísticos requisitados e movimentados ao longo de todo o ano, contam a história da cidade e sobrevivem à décadas de mudanças sociais – mas um tabu permanece: o cemitério ainda é um lugar sombrio.

Verdadeiros museus a céu aberto, os cemitérios espalhados mundo guardam muito mais do que corpos. Suas obras de arte, esculturas e inúmeras histórias de mortes célebres, desconhecidas e misteriosas mantém o clima sombrio, é verdade, mas também podem nos ajudam a lidar e entender a nossa finitude e ressignificar o lugar onde os que não escolherem a cremação poderão descansar em paz. A autora e agente funerária Caitlin Doughty defende que os cemitérios ao redor do mundo podem ser ressignificados como verdadeiros parques com atividades culturais e, em seu novo livro Para Toda a Eternidade, lançado pela DarkSide Books, ela falou sobre a cultura do luto e da morte em diferentes sociedades e culturas. Neste mês, em visita ao Brasil, Doughty passou por diversos cemitérios e descobriu um pouco mais sobre a cultura de morte brasileira.

Veja abaixo cinco cemitérios pelo mundo que valem a visita:

1- Cemitério Old Jewish (Praga, República Tcheca)

Para Toda a Eternidade, cemitério Old Jewish em Praga, República Tcheca)

Criado no começo do século XV, Cemitério Old Jewish, em Praga, na República Tcheca, guarda os corpos de mais de 100 mil judeus. O cemitério contém várias camadas de enterros de corpos colocadas em cima umas das outras por não ter como expandir o terreno do local.

2- Cemitério Père Lachaise (Paris, França)

Para Toda a Eternidade, cemitério Père Lachaise em Paris, França)

O Père Lachaise, em Paris, na França, recebe turistas ao longo de todo o ano. Além da beleza do lugar, que se revela como um verdadeiro museu a céu aberto, há inúmeros mortos conhecidos do grande público como o escritor Honoré de Balzac, Marcel Proust, a cantora Edith Piaf e o músico Jim Morrison.

3- Cemitério da Consolação (São Paulo)

Para Toda a Eternidade, cemitério da Consolação em São Paulo

Considerado o Pére Lachaise brasileiro, o Cemitério da Consolação, localizado no centro de São Paulo, guarda diversas esculturas de Victor Brecheret e túmulos de personalidades como Marquesa de Santos, Monteiro Lobato e Tarsila do Amaral. Em visita ao Brasil, neste mês de junho, Caitlin Doughty conheceu o local.

4- Memorial Necrópole Ecumênica (Santos, São Paulo)

Para Toda a Eternidade, Memorial Necrópole Ecumênica em Santos, São Paulo

Visitado por Caitlin Doughty nesta semana, a Memorial Necrópole Ecumênica é cemitério mais alto do mundo, de acordo com o Guinness Book. Localizada na cidade de Santos, o cemitério vertical começou a ser erguido em 1983 e, atualmente, conta com mais de 14 mil lóculos distribuídos em 14 andares. Durante sua passagem por São Paulo, Doughty também visitou a necrópole. 

5- Cemitério do Caju (Rio de Janeiro)

Para Toda a Eternidade, cemitério do Caju (Rio de Janeiro)

A paz do local se mistura com uma vista deslumbrante ao fundo. O Cemitério do Caju concentra  os demais cemitérios que formam o conjunto de necrópoles: Cemitério da Ordem Terceira do Carmo, o Cemitério da Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência e o Cemitério Comunal Israelita do Caju fazem parte do complexo. O cemitério foi fundado em 1851 – no mesmo local onde já existia um cemitério de escravos desde 1839.

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Para Toda a Eternidade + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Confissões do Crematório + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CuriosidadesMacabraMedo Clássico

Lovecraft na cultura pop

Nascido em 20 de agosto de 1890, Howard Phillips Lovecraft é um nome bastante...

Por DarkSide
FilmesListas

12 Filmes que abordam os direitos dos animais

Filmes são poderosas ferramentas para despertar emoções. Capaz de nos conectar com o...

Por DarkSide
DarksidePerfil

Peter Straub: A síntese do horror e da beleza na literatura

Existem autores que conseguem explorar o terror muito além dos sustos, dos monstros e...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Novo filme de O Corvo divulga as primeiras imagens

Depois de viver o palhaço Pennywise em It, Bill Skarsgård aparece pela primeira vez...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Superstition: Um filme que irá testar sua descrença

Existe um ditado muito popular entre os colaboradores da Firestar Videolocadora e do...

Por Cesar Bravo