Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

DarkloveListas

Jornadas poderosas: As conexões entre os livros do universo Darklove

Publicações do selo mergulham no universo feminino e se conectam por temas e experiências vividas por suas personagens

Todas as mulheres possuem uma forte ligação entre si. Elas compartilham incertezas, pressões sociais, medos, conquistas e jornadas transformadoras. Não poderia ser diferente no universo Darklove, selo que mergulha neste universo e se caracteriza pelas vozes poderosas de suas escritoras e heroínas.

Investigadoras, viajantes, refugiadas ou em busca de seu lugar no mundo, as protagonistas dos livros DarkLove podem não compartilhar o mesmo universo, mas dividem muitos detalhes de suas histórias umas com as outras – e com as leitoras.

O Feminismo e a autoaceitação em Darklove

Sutilmente, ele está sempre lá, mas o feminismo ganha destaque em A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões. Esta releitura do clássico de Hans Christian Andersen coloca a protagonista em um universo dominado por homens. Além de sobreviver neste ambiente, a sereia Gaia ainda encara a própria jornada sobre não se sentir bem na própria pele.

Este ser mitológico também recebeu uma nova versão pelas mãos da autora Caitlín R. Kiernan, só que mais sombria e punk rock. A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões se conecta com o conto Lágrimas sete vezes sal, presente no livro O Mundo Invisível entre Nós, Jenny é uma jovem ainda aprendendo sobre o seu corpo e que se sente, literalmente, um peixe fora d’água.

A aceitação do próprio corpo também é vivida por Lovelace em A vida compartilhada em uma admirável órbita fechada, de Becky Chambers. Com um passado de Inteligência Artificial de uma espaçonave, a personagem se sente desafiada e muitas vezes frustrada pelas limitações que seu novo corpo impõe.

E se, em vez de viajar pelo espaço, você precisasse viajar no tempo para evitar que coisas horríveis acontecessem? Esta é a jornada de Kate na trilogia Chronos. Uma personagem bastante independente e que corre atrás do que acredita ser certo, viaja através dos séculos para evitar um homicídio e colocar as coisas no seu devido lugar.

O feminismo também está presente em uma personagem que desafia os padrões de sua época para fazer o que mais ama: dissecar corpos e investigar crimes. É isso o que faz Audrey Rose, protagonista da série Rastro de Sangue. Seu trabalho a leva para o coração da Romênia e para investigar estranhas mortes e compreender um mistério que pode envolver o próprio Conde Drácula.

Luto e jornadas de amadurecimento

Assim como acontece na série Rastro de Sangue, A Noiva Fantasma guia o leitor a uma viagem que o apresenta uma cultura diferente, neste caso, a do povo malaio do final do século 19. Além de ser uma história de amadurecimento da jovem Li Lan, o livro aborda a inusitada relação deste povo com os mortos, o que inclui a celebração de casamentos que não acabam em “até que a morte os separe”.

As diferenças culturais de cada povo e sua relação com a morte é o tema central também de Para toda a Eternidade, de Caitlin Doughty. O livro é sobre uma jornada global para descobrir como outras culturas lidam com o fim da vida. Ao mesmo tempo, o leitor passa a compreender melhor a sua própria relação com o assunto.

O luto também está presente na narrativa de Leve-me com Você, só que com uma abordagem bem diferente. Na história de Catherine Ryan Hyde, um homem que acabou de perder o filho decide fazer uma viagem de trailer com seu cachorro pelos parques nacionais dos Estados Unidos. Nesta jornada, ele encontra novos companheiros de viagem que o ajudarão a dar um novo sentido para o que compõe uma família – lembrando um pouco a jornada de Ada de A Guerra que Salvou minha Vida e A Guerra que me Ensinou a Viver.

O amadurecimento e as mudanças impostas por conflitos também são experiências pelas quais Ada deve passar em A Guerra que Salvou minha Vida e A Guerra que me Ensinou a Viver. A personagem passou boa parte da infância sofrendo maus-tratos da mãe, mas quando os conflitos da Segunda Guerra Mundial chegam à Inglaterra ela e seu irmão são obrigados a se refugiar no interior – onde Ada aprende a amar e ser amada.

O mesmo acontece com Nisha. Em O Diário de Nisha, a protagonista é forçada a sair de casa com a família durante a Partição da Índia, que separou o país entre hindus e muçulmanos. Ela e seus familiares partem em um trem rumo a um novo lar em meio à destruição causada por esta guerra e precisam reconstruir suas vidas em um novo território.

A devastação dos conflitos armados ganha um ângulo improvável em Só os Animais Salvam, de Ceridwen Dovey. Através de fábulas modernas, a escritora narra eventos de diversas guerras do ponto de vista dos animais. Em meio ao caos destes períodos históricos, diferentes, gatos, cães, tartarugas e ursos conseguem encontrar esperança e inspiração.

Ao abordar temas tão íntimos de forma aberta e em profundidade, os livros de Darklove formam verdadeiros laços entre si, suas personagens, autoras e leitores. No que depender da Caveira, este selo continuará a contar histórias transformadoras pelas palavras de mulheres com vozes poderosas. 

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Dance of Thieves
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CuriosidadesMacabra

Crimes Vitorianos Macabros: Curiosidades sobre Jack, o Estripador

A Londres do final do século XIX parecia o centro do mundo: com seus imponentes...

Por DarkSide
CuriosidadesMacabraMedo Clássico

Conheça C. Auguste Dupin, o pai dos detetives de ficção

Grandes escritores buscam inspiração e mentoria em outros grandes escritores. Em...

Por DarkSide
Crime SceneOssos do Ofício

Minha vida de editor na DarkSide, parte 1

Gente mui querida que adora a Caveira, vim aqui pra gente desfiar um-dois minutinhos de...

Por Lielson Zeni
Vários

Todos sofrem de nomofobia: Millenials, Geração Z e cringe

Uma batalha de gerações tomou conta das redes sociais nas últimas semanas: a...

Por DarkSide
DarkloveMagicae

Nós e as Estrelas: Como a astronomia uniu ciência e mitologia

Pense que você está próximo a uma árvore. Mais especificamente, você está...

Por DarkSide