Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Cine Book Club

Conheça a robô de 1927 que inspirou a criação de C-3PO

O robô dourado se tornou um dos personagens mais queridos da saga Star Wars, e sua inspiração veio de outro clássico do cinema

21/02/2019

Todo fã de Star Wars tem um carinho especial pelo robô C-3PO. Sempre ao lado de seu fiel companheiro R2-D2, eles se tornaram os personagens mais queridos da saga. Construído antes da Invasão a Naboo por Anakin Skywalker, no Episódio I, C-3PO é um droide um pouco medroso e pessimista e leva a dose certa de comicidade à saga sempre que ironiza R2-D2. A imagem dos androides juntos ou separados se tornou um ícone da cultura pop mundial estampando camisetas, quadros, pôsteres e uma infinidade de produtos. O criador da saga, George Lucas, atribui o sucesso a falta de expressão no rosto de C-3PO — afinal nunca dá para imaginar qual será a próxima fala ou atitude do personagem.

O homem por trás da fantasia pesada e enigmática de C-3PO é Anthony Daniels. Conhecido pelos fãs da saga, Daniels também é aficionado por tudo que envolva o universo de Star Wars — ele tem peças originais da nave Millenium Falcon que pegou enquanto a equipe se desfazia dos cenários do primeiro filme. O ator que interpreta o robô dourado há mais de quatro décadas já confessou que não era muito fã de filmes de ficção científica, mas quando viu seu personagem gostou logo de cara.

Em 2015 quando estreou O Despertar da Força, Daniels voltou a encarnar C-3PO. “As pessoas me perguntam como é voltar a ser o C-3PO. E eu respondo que, bem, nunca o deixei.”, disse em entrevista para a Vulture. Para O Despertar da Força, toda a roupa de C-3PO foi repaginada por J. J. Abrams, já que o ator reclamava do peso e da demora de duas horas para vesti-la e tirá-la no final das filmagens. A roupa do robô no filme de 2015 foi feita através de impressoras 3D.

Pela DarkSide Books, a saga mais famosa dos cinema virou o livro Star Wars, A Trilogia, que reúne os romances inspirados nos três primeiros filmes do universo fantástico criado por George Lucas: Uma Nova Esperança, O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi.

Mas de onde surgiu a ideia de um robô como C-3PO? Androides, robôs e seres futurísticos sempre foram uma característica marcante na franquia, mas em 1927 a robô que surgia nas telas do cinema alemão inspiraria George Lucas na criação de C-3PO. O androide de Star Wars foi inspirado na robô Maschinenmensch, do filme alemão Metropolis, lançado em 1927 e dirigido pelo austríaco Fritz Lang.

O filme se passa em 2026 e conta história de uma cidade futurista repleta de arranha-céus e comandada por ricos empresários enquanto trabalhadores subterrâneos operam máquinas sem descanso para gerar energia para a Metropolis. O longa é considerado um marco na história do expressionismo alemão.  

Maschinenmensch, interpretada pela atriz alemã Brigitte Helm, é um ser metálico com as formas de uma mulher. A android também é um exemplo do que ficou conhecido como complexo de Frankenstein, quando criaturas se voltam contra seus criadores. No filme, Maschinenmensch se volta contra o cientista Rotwang, que a criou, e assume formas humanas. A clássica armadura da robô, que se assemelha muito com a de C-3PO foi destruída após o final das filmagens de Metropolis, mas algumas réplicas foram criadas e preservadas em museus da Alemanha, Londres e Paris.

Veja fotos de C-3PO e Maschinenmensch e repare nas semelhanças:

 

Entre os dias 18 de fevereiro e 25 de fevereiro acontece a Dark Week Cine Book Club, a chance perfeita dos amantes da sétima arte completarem sua coleção de caveiras. São descontos progressivos em todos os títulos da marca Cine Book ClubClique aqui e acesse, a locadora da caveira está aberta pra você e seus amigos.

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

1 Comentário

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesListasMacabra

13 Filmes de body horror para os fãs da coleção Medicina Macabra

O corpo humano pode ser extremamente aterrorizante. Não é à toa que o cinema de...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidades

Jane Toppan: Conheça o caso dessa lady killer

Conhecida como “a primeira serial killer dos Estados Unidos”, Jane Toppan se valia...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Deadly Blessing: Wes Craven, pesadelos e Sharon Stone

Alguns mestres supremos do terror se tornaram tão fortemente associados a algumas de...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

Blumhouse fará um novo A Bruxa de Blair com a Lionsgate

Jason Blum vai reviver A Bruxa de Blair — e se você não captou o que significa essa...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Lançamento: Lady Killers Profile: Jane Toppan, por Harold Schechter

Em 1891, Jane Toppan jurou cuidar e proteger em sua profissão como enfermeira...

Por DarkSide