Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Graphic NovelLançamento

Josie Schuller está de volta no 2º volume de Lady Killer

Com traço ainda mais violento, impressionante e expressivo, Joëlle Jones traz uma história cheia de nuances

Josie Schuller é uma esposa dedicada, uma mãe amorosa e… uma assassina de aluguel. Capaz de equilibrar os deveres de uma típica dona de casa norte-americana dos anos 1960 com vários assassinatos a sangue-frio, ninguém desconfia que ela leva uma vida dupla. 

Após as perseguições e imprevistos do primeiro volume, Josie decide se mudar com a família para Cocoa Beach, na Flórida, onde as coisas continuam mais ou menos como era antes: Josie vende Tupperware, cuida da família e vai colecionando alguns cadáveres pelo caminho.

A única diferença é que, agora, ela está trabalhando sozinha. Fazer vítimas continua fácil, o problema é cuidar da bagunça depois. Então, quando uma figura do seu passado aparece com uma proposta de parceria, Josie não consegue recusar. Mas há muito mais em jogo do que uma cena do crime sangrenta para limpar… 

Joëlle Jones continua sua criação matadora que ganhou o coração dos leitores da DarkSide® Books. No segundo e último volume de Lady Killer: Graphic Novel Vol. 2, Jones exibe seu talento e deixa os leitores boquiabertos: seu traço está ainda mais violento, impressionante e expressivo, e a história, cheia de nuances e momentos inesquecíveis. 

Neste volume, começamos a descortinar o passado de Josie e a entender suas motivações. A relação com sua sogra, que já não era das melhores, ganha novos atritos. Revelações chocantes vêm à tona, e, enquanto isso, o marido de Josie continua sem desconfiar de nada… 

Sangrento, medonho e brutal, o quadrinho é perfeito para quem devorou o livro da linha Crime Scene, Lady Killers: Assassinas em Série, uma compilação macabra das mulheres mais letais da história. A autora Tori Telfer, aliás, assina uma introdução exclusiva à edição brasileira da graphic novel. Se Josie fosse uma pessoa real, ela com certeza teria sido estudada por Telfer. 

Bem-humorado e eletrizante, Lady Killer: Graphic Novel Vol. 2 é um daqueles quadrinhos impossíveis de largar. Seguindo o padrão de qualidade quase psicopata da DarkSide®, a graphic novel é mais uma edição ao selo DarkSide® Graphic Novel, que já trouxe títulos como Meu Amigo Dahmer, Creepshow, Aurora nas Sombras e Floresta dos Medos.

Joëlle Jones é quadrinista e atualmente trabalha e reside em Los Angeles, nos Estados Unidos. Ela já contribuiu com uma grande variedade de projetos; só na DC Comics, ela tem no currículo personagens eternos como Mulher-Gato, Batman e Supergirl. Artista indicada para o Eisner Award, Jones já emprestou seu talento para a Prada e projetos da Marvel, Vertigo e The New York Times. Saiba mais em joellejones.com.

“A mistura do visual encantador dos anos 1950 com a violência slasher é, ao mesmo tempo, adorável e chocante.”
— Tori Telfer, autora de Lady Killers: Assassinas em Série —

“Um nível de violência que só pode ser descrito como se Betty Draper, de Mad Men, encontrasse Dexter.”
— Comic Book Resources —

Lady Killer, de alguma forma, consegue incorporar perfeitamente o conceito singular da dona de casa dos anos 60 com as artimanhas sanguinárias de um assassino de aluguel.”
— IGN —

“A hq consegue mesclar momentos intensos de assassinatos que não poupamo sangue esparramado no tapete com cenas genuinamente divertidas”
— Valkírias —

Lady Killer é aquela leitura que pensamos fazer por entretenimento puro. Mas logo percebemos o que ela realmente faz: escancara a realidade através das lentes da ironia e do humor.”
— Além do Livro —

“Um quadrinho vibrante, com cores estonteantes e uma história de tirar o fôlego.”
— Momentum Saga —

Ficha Técnica
Título | Lady Killer: Graphic Novel Vol. 2
Autora | Joëlle Jones
Tradutora | Raquel Moritz
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 144 páginas, capa dura (Limited Edition)
Dimensões | 17 x 26 cm
ISBN | 978-85-9454-195-6

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MacabraMagicae

5 motivos para ler Grimório das Bruxas

As bruxas estão por toda parte. Dentro e fora da ficção, sua presença imemorial nos...

Por Macabra
FilmesListas

Top 10 Netflix para os DarkSiders ficarem de olho em Agosto

A Netflix liberou a lista das novas séries e filmes que entrarão no catálogo em...

Por DarkSide
Macabra

O Envenenamento de Charles Bravo: Um Crime Vitoriano Macabro

A Era Vitoriana foi marcada pela prosperidade do Reino Unido, mas também pela sua...

Por Macabra
Ossos do Ofício

Os principais erros e acertos ao apresentar um livro de ficção

Quem já teve o prazer (e a dor) de ser editado, sabe como pode ser chocante receber...

Por Cesar Bravo
FotografiaMacabraMacabra.tv

A arte surrealista de Alexandra Chertulova

A arte nos transporta para outros mundos. Músicas, livros, filmes, poesia, teatro… a...

Por Macabra