Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Graphic Novel

Junji Ito e Nagabe: terror e lirismo no mangá

Os principais mangakás de duas gerações estão na DarkSide. Com histórias paralisantes e fábulas sombrias, Junji Ito e Nagabe marcaram a história dos mangás

Os mangás têm dominado a cultura pop brasileira ao longo dos últimos 20 anos — desde a primeira exibição na TV do anime de Cavaleiros do Zodíaco, em 1994, até o filme Death Note, lançado em 2017 pela Netflix, baseado no mangá escrito por Tsugumi Ohba com ilustrações de Takeshi Obata. As histórias presentes nesses livros que, estranhamente para os ocidentais, devem ser lidos da direita para a esquerda, podem abordar os mais diferentes temas, mas sempre terão a fluidez que faz os leitores buscarem por uma poltrona confortável para garantir uma verdadeira imersão nesse universo excêntrico. Mas que não seja a mesma poltrona de The Human Chair, conto japonês de 1927 adaptado por Junji Ito em um mangá de one-shot.

Os mangakás Junji Ito e Nagabe são exemplos de autores que exploram histórias com ousadia e lirismo — sem esquecer o lado dark — abusando de ilustrações ora delicadas, ora paralisantes. Nagabe passeia pelo terror sentimental carregado de aspectos líricos enquanto Junji Ito revela o terror pujante presente em suas histórias e ilustrações sem pena dos leitores desavisados. Guillermo del Toro, diretor do vencedor do Oscar A Forma da Água, certa vez definiu Junji Ito como “o mestre do horror no Japão”. Com a arte que combina o surrealismo e o escatológico, Junji Ito consegue nos mostrar o terror em sua essência: assustador, tenso e, ao mesmo tempo, hipnotizante. Em Fragmentos do Horror, publicado pela DarkSide Books, nove histórias da mente perturbadora de Ito-san fazem a leitura fluir sem entraves — apenas com alguns sustos e sensações estranhas.

A simplicidade intencional de suas histórias combinadas com o clássico desenho em preto e branco conseguem sugar o leitor para dentro dos delírios e medos de seus personagens. Alternando entre horror e humor, Ito nos revela histórias sobre uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes, uma turma de dissecação com um assunto nada comum, um rapaz perturbado que vive debaixo de um futon com medo dos monstros que habitam sua casa e muitas outras bizarrices.

As cenas aterrorizantes criadas por Junji Ito em seus mangás mesclam fenômenos sobrenaturais e imagens dignas dos piores pesadelos com o primor e a delicadeza característicos de um dos maiores mangakás do Japão. Junji Ito nasceu em Gifu, na região centro-sul japonesa, em 1963 e começou a desenhar como hobby. Ele só se tornaria profissional depois dos trinta anos de idade, em 1987. Desde então, tem sido reconhecido como um dos maiores artistas contemporâneos dos mangás de terror.

Nagabe tem apenas 25 anos e formou-se em Artes Visuais pela universidade de Musashino, no Japão. Ele vem se destacando entre os principais autores de histórias em quadrinhos japonesas. A Menina do Outro Lado, que será publicada no Brasil pela DarkSide Books, já tem seis volumes e vendeu mais de 400 mil exemplares só no Japão. Em A Menina do Outro Lado, Nagabe revela toda a delicadeza e lirismo presente nos diálogos e nas ilustrações sem se afastar do sombrio. Shiva, a personagem principal da história, vive em um país dividido entre pessoas normais e seres amaldiçoados, mas acaba sendo acolhida por uma estranha criatura meio animal e meio humana.

Nagabe criou uma fábula dark japonesa sobre o afeto e o amor entre duas criaturas completamente diferentes, mas que têm muito para compartilhar. A luz e a escuridão, o bem e o mal, o horror e o humor — e todas as outras dualidades e questões da vida humana são tratadas brilhantemente pelos principais mangakás da atualidade. Junji Ito e Nagabe são DarkSide.

Indicados para você!

A Menina do outro lado DRK.X
R$ 54.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Fragmentos de Horror
R$ 54.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Samurai Shirô
R$ 59.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Graphic Novel

A morte, o sangue e as sombras do mangá Deathco, de Atsushi Kaneko

Um dos maiores mangakás do Japão agora chega ao Brasil. Atsushi Kaneko e sua arte...

Por DarkSide
Cine Book Club

Conheça a robô de 1927 que inspirou a criação de C-3PO

Todo fã de Star Wars tem um carinho especial pelo robô C-3PO. Sempre ao lado de seu...

Por DarkSide
Cine Book Club

A mente obsessiva de Frederick Clegg, em O Colecionador

Escrito em 1963, O Colecionador, de John Fowles, conta a história de Frederick Clegg e...

Por DarkSide
Crime Scene

3 assassinas em série que foram piores que Jack, o Estripador

Quando falamos em assassinatos em série, ele é um dos primeiros nomes a ser...

Por DarkSide
Crime Scene

As mentes psicopatas mais perturbadoras estudadas por Ilana Casoy

Ilana Casoy é um dos maiores nomes nacionais quando o assunto é criminologia. Formada...

Por DarkSide