Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Graphic NovelLançamento

Lançamento: Anamorfose, por Shintaro Kago

Prepare-se para uma experiência intensa e sem igual no mundo perturbador do gênero ero guro de Shintaro Kago

25/04/2024

Depois de arrebatar os leitores com truques narrativos engenhosos em Pedacinhos, Shintaro Kago retorna com mais uma obra de puro suspense e mistério, ultrapassando fronteiras de maneira única e espetacular, sendo abraçado pelos fãs do ero guro e da obra de mestres como Junji Ito e Suehiro Maruo.

Em Anamorfose uma pegadinha que não sai como planejado provoca uma sequência de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes. Tudo começa quando uma equipe de TV decide pregar uma peça em um jovem artista adormecido, tentando fazer de tudo para convencê-lo de que ele se transformara em um monstro gigante, em uma típica cena das séries japonesas de super-heróis. Contudo, o que era para ser uma brincadeira sai do controle e resulta em uma tragédia chocante.

A gravação desse episódio desastroso não é divulgada ao público, mas tempos depois ela é exibida a um pequeno grupo de pessoas no Ana Morphosis, um tipo de jogo no qual os participantes são confinados em espaços que reproduzem cenas reais de assassinatos e acidentes. O cenário da vez é o set de filmagem da trágica pegadinha, e os participantes que permanecerem ali por um determinado período ganham uma recompensa milionária. 

Enquanto isso, em outra localidade, um diretor se prepara para iniciar o seu próximo filme, decidido a resgatar toda a magia cinematográfica do universo tokusatsu — um gênero japonês peculiar de live action ao lado de técnicas analógicas de efeitos especiais de encher os olhos, repletos de bonecos, maquetes e pirotecnia, onde realidade e ficção se confundem.

anamorfose

Assim, como em Fragmentos de Horror, de Junji Ito, esta antologia apresenta ainda o melhor e mais insólito do autor e mais nove histórias que consolidam o celebrado estilo ero guro nansensu (erótico, grotesco e absurdo), que combinam o humor ácido e a exploração de tabus, desafiando os limites da moral. 

Prepare-se para uma experiência intensa, pop e sangrenta sem igual, na qual as habilidades narrativas e por vezes escatológicas de Shintaro Kago vão nos aprisionar diante de nossos desejos  mais distorcidos.

Shintaro Kago nasceu em 1969 em Tokyo. Desde jovem almejava dedicar-se a trabalhos criativos e, embora tenha considerado a indústria cinematográfica, decidiu se tornar autor de mangá por sua afinidade com o desenho. Depois de estrear pela revista Comic Box em 1988 com o mangá Uchuu Dai Sakusen, conquistou uma ampla base de leitores publicando suas obras em diversas revistas de mangá para adultos. O autodenominado autor bizarro de mangás apresenta uma visão surreal e absurda do mundo explorando os gêneros ero guro (erótico e grotesco), horror e ficção científica, com uso marcante do humor ácido. Atua também no segmento audiovisual e na produção de figuras de ação e objetos escatológicos. Em 2010 foi vencedor do 3º Prêmio Mundial Baka-misu por Pedacinhos. Em 2013 recebeu o prêmio honorário como convidado no XIX Salão de Mangá de Barcelona, na Espanha. Entre seus trabalhos estão Dementia 21 e A Grande Invasão Mongol. Dele, a DarkSide® Books publicou Pedacinhos (2024).

“Misterioso, tudo é muito misterioso em Kago, essa é a palavra-chave para entender suas histórias, tanto aquelas que se aproximam do horror ou, pelo menos, da intriga criminal, quanto aquelas que usam o sexo ou questões derivadas dele como principal força motriz.” — Cómic para Todos

“No decorrer [da história, há] toda a loucura e genialidade de Kago, que mistura kaiju [monstros] com o gênero de sobrevivência, o gênero policial com um toque de Agatha Christie e, é claro, o gore.” — Blog de Comics 

“Shintaro Kago manipula sua narrativa para mostrar e contar sua história da maneira que ele quer que o leitor a veja. Ele controla o que quer que seja visto e o que é deixado para a imaginação do público.” — Retrofuturista

Ficha Técnica

Título | Anamorfose
Título original | Anamorphosis no Meijuu
Autor | Shintaro Kago
Tradutor | Luiz Claudio Bodanese
Editora | DarkSide® Books
Marca | Graphic Novel
Edição |
Idioma | Português
Especificações | 14 x 21 cm, 224 páginas, capa dura
ISBN | 978-65-5598-376-0
Faixa etária | 18 anos

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Anamorfose + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Pedacinhos + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Fragmentos do Horror + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneCuriosidadesProfissionais da Morte

O que é teoria e o que é fato sobre a morte da princesa Diana

Tragédias que ganham os noticiários mundiais costumam vir carregadas de teorias...

Por DarkSide
Crime ScenePerfilProfissionais da Morte

Você sabe o que faz uma limpadora de traumas? Conheça Sandra Pankhurst

Você sabe o que faz um limpador de traumas? Não, não estamos falando de nenhum tipo...

Por DarkSide
Crime SceneEntrevista

Predador Americano: autora levou seis anos e gastou 30 mil dólares para investigar Israel Keyes

Como jornalista e fã do ofício, adoro ler livros escritos pelos meus colegas. ...

Por Liv Brandão
CuriosidadesDarklove

Lendas Japonesas: Quem são kitsune e tanuki?

O folclore japonês é povoado por criaturas mágicas que há muito nos fascinam por...

Por DarkSide
FilmesNovidades

The Substance: O elogiado filme que mistura O Médico e o Monstro e Showgirls

“Visionário feminista sobre terror corporal”, “filme cruel e...

Por DarkSide