Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Graphic NovelLançamento

Lançamento: Pedacinhos, por Shintaro Kago

O grande nome do body horror japonês na DarkSide® Books

25/01/2024

Uma série de assassinatos assusta os moradores da região do distrito de Setagaya, em Tokyo, onde são encontradas mulheres com os corpos divididos ao meio. O autor dos crimes, ainda não identificado, é apelidado de Maníaco Fatiador

Pedacinhos se desenrola em meio a esses misteriosos assassinatos, alternando duas narrativas paralelas — episódios ficcionais que se entrelaçam com a própria vida do mangaká. Uma delas é contada pela perspectiva de Kotaro, um garçom aficionado por filmes de terror, enquanto a outra apresenta Shintaro Kago, o próprio autor da história, que se incorpora à trama como um artista em meio a uma crise, buscando experimentar novos estilos de mangá.

Um dos principais autores japoneses de mangá ero guro — gênero que enfatiza as dimensões eróticas e grotescas —, Shintaro é também o grande representante do body horror oriental, quebrando tabus e se dissociando da realidade. Considerando a bagagem do autor, é com naturalidade que sua editora propõe a ele, dentro da narrativa, que desenhe um mangá inspirado nos casos de esquartejamento de mulheres perpetrados pelo Maníaco Fatiador.

pedacinhos

Contudo, o que o mangaká busca é algo mais ousado: criar um mangá de mistério usando técnicas específicas que podem ser empregadas apenas em quadrinhos, a fim de abrir novos caminhos e surpreender o leitor. Partindo da autoficção, o personagem Shintaro Kago começa a analisar os principais aspectos e truques geralmente usados na literatura e em filmes de mistério e horror, como as obras de Agatha Christie e Dario Argento, estudando as possibilidades e limitações para o seu trabalho.

Enquanto isso, Kotaro e sua colega Fujioka conduzem investigações sobre os assassinatos em série, mas acabam envolvidos em eventos sinistros, e o caso toma um rumo ainda mais intrigante. Quando as duas narrativas se cruzam, todos os mistérios convergem para uma conclusão arrebatadora, como não poderia ser diferente numa obra do autor, marcada pela imprevisibilidade.

Não por acaso, Pedacinhos conquistou o 3º Prêmio Mundial Baka-misu, concedido a obras de mistério nas quais a ênfase está não só no suspense e na sua solução, mas sobretudo em proporcionar entretenimento por meio de tramas que desafiam a lógica, muitas vezes tendendo para o absurdo. Um livro para quem se encanta pelo mestre Junji Ito e pelos contos de Fragmentos de Horror.

pedacinhos

O volume contém outros quatro contos: “O Homem que Retornou”, que retrata o dia a dia de um veterano de guerra com deficiência física e sua mulher; “Tremor”, em que as pessoas desenvolvem espasmos que não conseguem controlar; “Colapso”, sobre uma mulher atormentada por estranhas obsessões, e “Comichão”, que mostra como a sensação de desconforto pode ser relativa.

A singularidade desta obra está na habilidade do autor em mesclar o grotesco com o humor, brincando ao construir não apenas uma história de detetive, mas transformando a própria narrativa em um grande quebra-cabeça, onde não podemos confiar no que vemos. Sua abordagem, que não se limita ao bizarro, brutal e erótico e sempre procura inserir aspectos cômicos, não só tem forte influência de Monty Python, grupo britânico de humoristas que ganhou notoriedade fazendo sátiras e comédias de conteúdo surreal e absurdo, mas sobretudo de Yasutaka Tsutsui, escritor japonês de ficção científica conhecido pelo estilo nonsense e pelo aguçado senso de humor ácido.

Shintaro Kago nasceu em 1969 em Tokyo. Desde jovem almejava dedicar-se a trabalhos criativos e, embora tenha considerado a indústria cinematográfica, decidiu se tornar autor de mangá por sua afinidade com o desenho. Depois de estrear pela revista Comic Box em 1988 com o mangá Uchuu Dai Sakusen, conquistou uma ampla base de leitores publicando suas obras em diversas revistas de mangá para adultos. O autodenominado autor bizarro de mangás apresenta uma visão surreal e absurda do mundo explorando os gêneros ero guro (erótico e grotesco), horror e ficção científica, com uso marcante do humor ácido. Atua também no segmento audiovisual e na produção de figuras de ação e objetos escatológicos. Em 2010, ganhou o 3º Prêmio Mundial Baka-misu por Pedacinhos. Em 2013 recebeu o prêmio honorário como convidado no xix Salão de Mangá de Barcelona, na Espanha. Entre seus trabalhos estão Dementia 21 e A Grande Invasão Mongol. Saiba mais em instagram.com/shintarokago1969.

pedacinhos

“Exibindo influências que vão desde Salvador Dalí até Katsuhiro Otomo, a combinação do traçado preciso, expressivo e cinético de Kago com sua narrativa maluca é, ao mesmo tempo, cativante e repulsiva. Os fãs maduros de mangás não convencionais apreciarão a espiral surreal de horror corporal, tragicomédia e humor sombrio.” Publishers Weekly 

“Especialista em histórias macabras que combinam sangue, erotismo e humor sombrio, o artista japonês não tem igual quando se trata de ultrapassar os limites narrativos da nona arte.” Le Figaro

“O suspense e o mistério estão presentes, e somos completamente absorvidos pela história, que é muito envolvente e desperta  a nossa curiosidade. As revelações finais são realmente surpreendentes, e só podemos destacar a habilidade magistral com que o mangaká construiu seu enredo.” — Planet BD

“Por mais que eu admire a peculiaridade de Shintaro Kago como escritor, sua habilidade artística é ainda mais aguçada. [Seus personagens] mantêm um toque realista que intensifica seu universo de horror.” — PopMatters

Ficha Técnica

Título | Pedacinhos
Título original | Fraction
Autor | Shintaro Kago
Tradutor | Luiz Claudio Bodanese
Editora | DarkSide® Books
Marca | Graphic Novel
Edição |
Idioma | Português
Especificações | 14 x 21 cm, 224 páginas, capa dura, preto e branco
ISBN | 978-65-5598-347-0

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Pedacinhos + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Fragmentos do Horror + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Next of Kin: Mais perto do horror do que você imagina

Uma das formas mais efetivas para que um filme, um livro, ou outra produção...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

MaXXXine: Ti West e Lily Collins chocam fãs com sessão surpresa do filme

Era para ser uma sessão dupla de X e Pearl, mas então veio o plot twist. O diretor Ti...

Por DarkSide
LivrosMagicae

5 Reflexões valiosas do livro Inverno da Alma

Você já parou pra pensar o quanto as estações do ano estão associadas aos nossos...

Por DarkSide
CuriosidadesDarkside

4 Expedições polares que deram terrivelmente errado

Desde que entendemos o planeta do jeito que ele é (redondo, para que não fiquem...

Por DarkSide
CuriosidadesMacabra

Como morreu Harry Houdini?

Harry Houdini teve uma carreira tão prolífica na arte do ilusionismo que ganhou o...

Por DarkSide