Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


DarksideLançamento

Lançamento: O Chamado de Cthulhu, de H.P. Lovecraft e François Baranger

“Em sua casa, em R’lyeh, Cthulhu, morto, aguarda sonhando.”

“Morto não é o que está eternamente a jazer,
E em éons estranhos mesmo a morte pode morrer.”

Um horror indizível, inominável assombra a humanidade. Nas trevas, moram aqueles que desejam espalhar a loucura e a destruição. Você está pronto para despertar poderes ancestrais nas profundezas, e ajudar a trazer o fim do mundo? H.P. Lovecraft é um gigante da literatura de terror e da cultura popular. Desde os anos 1920, seus contos e novelas encantam gerações e influenciam inúmeros romances, jogos, quadrinhos, discos e filmes. Seu conto “O Chamado de Cthulhu”, escrito em 1926 e publicado pela primeira vez na revista Weird Tales em 1928, é um clássico absoluto.

Agora, o artista francês François Baranger apresenta a versão ilustrada definitiva da história. Esta edição foi publicada originalmente através de financiamento coletivo, que conseguiu arrecadar nove vezes mais do que o autor havia solicitado. Não é difícil entender por quê. A arte de Baranger consegue evocar como poucos o universo sombrio, etéreo e nebuloso descrito por Lovecraft.

“De certa forma, imaginei Lovecraft como um diretor de cinema que acabara de me contratar para criar a arte conceitual de sua história. Então reli a história como se fosse um roteiro, selecionando as partes que era importante ilustrar”, explica Baranger. O resultado é esta edição luxuosa, em capa dura e formato grande, que permite apreciar as incríveis pinturas do artista em todos os detalhes, onde a atmosfera aterrorizante do autor salta aos olhos a cada página. “Tentei entrar na mente do autor para melhor transcrever seu universo. É por isso que minha versão é muito fiel. Não tentei modernizar Lovecraft, mas me ater às suas descrições, ao pé da letra.”

A história começa em Boston, em 1926. Ao examinar documentos deixados pelo irmão de seu avô, recentemente falecido em circunstâncias misteriosas, Francis Thurston descobre a existência de um culto que adora horrores antigos e indizíveis, como assassinatos misteriosos, rituais de sangue nas profundezas dos pântanos da Louisiana, artistas que caem na loucura após visões de pesadelo e uma cidade ciclópica que surge do mar. Conforme Thurston se aprofunda no material encontrado, percebe que a pesquisa de seu tio-avô chegou muito perto da verdade: nas trevas, existem aqueles que querem acordar o deus adormecido Cthulhu para espalhar a loucura e a destruição por todo o mundo.

E ninguém melhor que Baranger para traduzir em imagens toda a grandeza desse apocalipse lovecraftiano. Como afirma o artista John Howe no prefácio da obra, as ilustrações de François Baranger trazem “um foco afiado, alargando o escopo, forçando as fronteiras do imaginável, evocando o horror impronunciável do grandioso despertar de Cthulhu. Sua arte possui uma sobriedade elegante; estas são visões sombriamente evocativas e espetaculares de beleza lúgubre e gigantesca”.

O próprio Baranger concorda com o comentário de Howe: “A opinião generalizada de que Lovecraft é um escritor de sugestões, do indizível é, a meu ver, limitada. Mesmo que esse aspecto esteja muito presente em suas obras (coisas escondidas nas sombras, que não podem ser descritas pois enlouquecem quem as vê), há outra parte de seu estilo que eu qualificaria de ‘épica’. Criaturas gigantescas, ciclópicas e cidades perdidas de proporções bíblicas permeiam seus contos, com descrições detalhadas. Com ‘O Chamado de Cthulhu’, não é diferente. Quantas vezes, ao lê-lo, sonhei em ver essas imagens literárias traduzidas visualmente, principalmente na tela grande?” Agora todos nós podemos apreciar e se deleitar com a imaginação de Lovecraft e os sonhos de Baranger transformados nessa bela obra de arte em formato de livro.

Um escritor tão universal como Lovecraft não caberia numa única edição. Por isso, a DarkSide® Books atendeu ao chamado de Cthulhu e preparou, além dessa bela edição ilustrada, mais uma assustadora coletânea de contos do mestre do terror cósmico, H.P. Lovecraft: Medo Clássico v. 2 com duas opções em capa dura: Miskatonic Edition e Cosmic Edition.

“Em sua casa, em R’lyeh, Cthulhu, morto, aguarda sonhando.”

HOWARD PHILLIPS LOVECRAFT nasceu em 20 de agosto de 1890 na cidade de Providence, Rhode Island, nos Estados Unidos. Desde pequeno, Lovecraft apresentava uma saúde delicada, com casos agravados por constantes mudanças ao longo da vida e, ainda que não tivesse frequentado a escola com regularidade, foi uma criança intelectualmente precoce. Sua juventude foi dedicada à poesia, e apenas aos 27 anos de idade que começou a se aventurar pelo terror, pela fantasia e pela ficção científica, gêneros que o consagraram como um dos mais talentosos autores do planeta. Seus contos e novelas, inspirados constantemente por pesadelos, são discutidos até hoje por uma legião de leitores impactados pela sua mitologia repleta de simbolismos. Pai de inúmeras entidades monstruosas, Lovecraft foi responsável por disseminar o cosmicismo ao explorar a indiferença do universo em relação à existência humana, que pode ser varrida da História a qualquer momento. Em 1937, sofrendo com a progressão de um câncer no intestino, Lovecraft se internou no Hospital Memorial Jane Brown, morrendo cinco dias depois, em 15 de março, aos 46 anos de idade. O jazigo da família Phillips, no Swan Point Cemetery, em Providence, ainda guarda seu túmulo. De sua autoria, a DarkSide® Books publicou os dois volumes com os contos do autor H.P. Lovecraft: Medo Clássico.

FRANÇOIS BARANGER nasceu em 1970 na França. Artista e ilustrador multifacetado, ele trabalha sobretudo produzindo concepts para filmes (Harry Potter, Fúria de Titãs, A Bela e a Fera) e jogos de computador (Heavy Rain, Beyond: Two Souls), além de ilustrar várias capas de livros. Publicou sua primeira trilogia de ficção científica, Dominium Mundi, em 2016 e 2017, e é autor do thriller L’Effet Domino (2017). O Chamado de Cthulhu é sua primeira adaptação da obra de Lovecraft, seguida de Nas Montanhas da Loucura. Saiba mais em francois-baranger.com

Ficha Técnica
Título | O Chamado de Cthulhu
Autor | H.P. Lovecraft
Tradutor | Ramon Mapa
Ilustrador | François Baranger
Editora | DarkSide®
Marca | DarkSide®
Edição |
Especificações | 23,2 x 30,6 cm, 64 páginas, capa dura

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

O Chamado de Cthulhu + Brinde Exclusivo
R$ 89,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesListasMedo Clássico

10 curiosidades sobre Bela Lugosi que todo fã de terror deveria conhecer

Bela Lugosi definiu a forma como os vampiros são interpretados no cinema muito antes...

Por DarkSide
DarkloveDarklove ClassicsListas

Os principais temas de O Morro dos Ventos Uivantes

O tórrido romance entre Catherine e Heathcliff marcou gerações e inspirou muitas...

Por DarkSide
Crime SceneListas

Conheça 3 personagens inspirados no assassino BTK

Foram necessárias décadas para que a polícia finalmente desvendasse a identidade do...

Por DarkSide
Coven MagicaeMagicae

A descoberta da Bruxa que existe dentro de você!

Você sabia que a descoberta da Bruxa(o) que existe em você não depende de ninguém,...

Por Dani Petrucci
MacabraMagicae

Afinal, o que é considerado ocultismo?

O ser humano sempre teve uma necessidade insaciável de buscar respostas para aquilo...

Por Macabra