Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Crânio

Refugiada síria encontrou paz e abrigo no Brasil

Myria Tokmaji relata os traumas de viver em uma zona de guerra e a esperança em dias melhores para seu povo

A refugiada Myria Tokmaji, de 27 anos, vive no Brasil desde 2013. Ela saiu da Síria após a guerra se tornar perigosa demais para ela e sua família. Além da semelhança no nome com Myriam Rawick, jovem que escreveu um diário sobre sua vida na guerra, publicado pela DarkSide® Books, há muita coisa em comum entre elas. As duas vivenciaram momentos traumáticos e extremamente cruéis que só períodos de guerra são capazes de proporcionar.

Assim como nos relatos de Myriam, a jovem síria tem as lembranças da tristeza da guerra vivas em sua memória, mas sempre guardou no coração uma esperança inesgotável em dias melhores. Myria Tokmaji, que mora em Curitiba, no Paraná, passou para tomar um chá no canal da Melina Souza, Tea with Mel, e dividiu com a youtuber os traumas e a vontade de viver para contar que uma guerra só provoca sofrimentos em um povo inocente.

Ao falar da realidade diária de bombardeios, algo muito abordado por Myriam em seu diário, Myria contou que, certa vez, viu pela varanda o campus de sua faculdade ser bombardeado. “Vi o cogumelo de uma bomba explodindo no horizonte, no campus da minha faculdade. Meus melhores amigos não morreram, mas morreram outros amigos. A faculdade virou piscina de sangue”, disse.

Ela falou da angústia em busca de informações sobre os amigos e familiares depois de cada bombardeio. “Minhas amigas e eu até hoje atendemos o telefone perguntando: Oi, você tá viva? Está tudo bem?”, relatou.

Saiba tudo o que rolou nesse papo tocante e urgente:

Projetos de Myria Tokmaji em Curitiba:

Restaurante Yasmin Comida Árabe: www.facebook.com/Yasmincomidaarabe

Trio Alma Síria: www.facebook.com/TrioAlmaSiria

Saiba como ajudar refugiados: www.diariodemyriam.com.br

____________________________________________________________________________________

Também vale a pena assistir ao vídeo da Louie Ponto, que se emocionou com O Diário de Myriam e a história da refugiada síria que nos ensinou como a esperança é importante em tempos difíceis:

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

O Diário de Myriam
R$ 39,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Inferior é o Car*lhø
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
REFUGIADOS: A ÚLTIMA FRONTEIRA
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MacabraMagicae

5 motivos para ler Grimório das Bruxas

As bruxas estão por toda parte. Dentro e fora da ficção, sua presença imemorial nos...

Por Macabra
FilmesListas

Top 10 Netflix para os DarkSiders ficarem de olho em Agosto

A Netflix liberou a lista das novas séries e filmes que entrarão no catálogo em...

Por DarkSide
Macabra

O Envenenamento de Charles Bravo: Um Crime Vitoriano Macabro

A Era Vitoriana foi marcada pela prosperidade do Reino Unido, mas também pela sua...

Por Macabra
Ossos do Ofício

Os principais erros e acertos ao apresentar um livro de ficção

Quem já teve o prazer (e a dor) de ser editado, sabe como pode ser chocante receber...

Por Cesar Bravo
FotografiaMacabraMacabra.tv

A arte surrealista de Alexandra Chertulova

A arte nos transporta para outros mundos. Músicas, livros, filmes, poesia, teatro… a...

Por Macabra