Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Darklove

Rysa Walker mescla fatos históricos com viagem no tempo no primeiro volume da trilogia CHRONOS

A autora consegue prender o leitor ao intercalar descrição de fatos importantes na história com uma trama instigante e bem amarrada sobre viagens no tempo

Por Luana Souza, parceira DarkSide

Eu demorei muito mais do que deveria para ler esse livro, mas o  kit que recebi junto ao livro só serviu para me fazer ter um experiência de leitura ainda mais legal. O tema por si só já é algo que me atrai desde sempre: viagem no tempo!

Uma das coisas que me chama a atenção em livros sobre viagem no tempo é que sempre tem algo diferente de um para o outro. Cada um têm suas regras, suas filosofias e sua história. Com Chronos não foi diferente. Embora eu tenha demorado um pouco para entender no começo, Chronos – Centro Histórico de Registro da Observação Natural e Organizacional da Sociedade, trata-se uma sociedade futurista onde existem historiadores que viajam no tempo para aprender mais sobre o passado. Kate, nossa protagonista, não sabia disso até ver a chave de Chronos de sua avó, uma historiadora que ficou presa no passado depois de eventos conspiratórios envolvendo a criação de um culto religioso.

O ritmo do livro é ótimo, embora, a meu ver, tenha falhado um pouquinho. Às vezes se alongavam demais em uma explicação não tão complicada, e se esqueciam de agir. É realmente muito interessante ver os fatos históricos reais mesclados com a ficção do livro, mas, como trata-se justamente de viajar no tempo para impedir um assassinato, senti falta de mais tempo nesse passado Tem muita explicação, e a coisa toda é bem simples!


Tenho duas ressalvas. Uma dela é sobre romance que surge e a introdução do triângulo amoroso que, sem dúvida alguma, vai existir nos próximos livros. Confesso que fiquei curiosa para saber como acaba, mas o foco exagerado que a autora da a ele é desnecessário. Tudo bem que é uma ficção científica romântica, mas romance vai muito além de ter duas pessoas (no caso, três) se apaixonando. A outra não é exatamente uma ressalva, mas me incomodou um pouco: todo mundo se convence rápido demais nesse livro, tanto que chega a ser cômico e bobinho de vez em quando. Sabemos que em fantasias os protagonistas não contam tudo pra qualquer um, mas a Kate aparentemente não vê problema nisso, e quem está ouvindo a história também não!

Uma das coisas que mais gostei foi a escrita simples. Geralmente histórias de viagem no tempo têm grandes reflexões e estratagemas elaborados demais, mas, depois que você entende como Chronos funciona, tudo fica bem simples, e isso é ótimo, pois assim muito mais gente pode ler. Não é todo mundo que gosta de ficar com muitos nós durante uma leitura hehe. Ah, e a única reflexão que temos é algo que já sabemos muito bem: o bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas!

Foi uma leitura ótima, gostosa e leve. O final é daqueles que te faz querer ler os próximos livros (esse é o primeiro de uma trilogia), e não por ter um final em aberto, mas porque você quer descobrir como tudo termina, mesmos sem o senso de urgência que várias outras trilogias tem.

Chronos é mais um lançamento do selo DarkLove, e é incrível ver a variedade de assuntos que podem ser abordados em livros que tem romance como gênero. A edição está linda: capa dura, uma paleta de cores maravilhosa e que se estende para a folha de guarda, além das páginas amareladas, o detalhe no início de cada capítulo e o ótimo espaçamento. Ah, e como sempre, tem o marcador de fita de cetim!

Publicado originalmente no blog Memorialices

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Chronos: Viajantes do Tempo
R$ 49.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil
R$ 54.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Chronos: Limites do Tempo
R$ 54.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cine Book ClubFilmesSéries

Como o clássico Cabo do Medo foi parar em Os Simpsons

Violento, visceral e, por quê não?, cômico. Cabo do Medo, obra-prima de John D....

Por DarkSide
Darklove

O olhar apurado de Tabitha King para boas histórias

Uma história sobre um livro que poderia render um novo livro. Só dessa forma...

Por DarkSide
Cine Book ClubFilmesListas

6 curiosidades fantásticas sobre a vida e a obra de George Lucas

George Lucas pode se orgulhar de um dos maiores feitos de sua carreira. A saga Star...

Por DarkSide
Cine Book ClubFilmes

75 anos de George Lucas: uma mente genial em prol do bem

George Walton Lucas Jr., ou, como todos os geeks conheceram e aprenderam a venerar,...

Por DarkSide
Crime SceneFilmes

Zac Efron sobre interpretar Ted Bundy: “Queria fazer o filme pelas vítimas”

Por Kira Cochrane (The Guardian) Quando Zac Efron ouviu pela primeira vez sobre a...

Por DarkSide