Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


LivrosMacabra

12 Contos imperdíveis da coleção Livros de Sangue

Um mergulho visceral na mente fértil de Clive Barker

13/11/2023

Clive Barker é um dos maiores nomes do horror. Seja por meio do cinema, da literatura ou das artes visuais, o britânico vem nos aterrorizando há décadas. Conhecido por abrir as portas do inferno e nos apresentar figuras como Pinhead e Candyman, Barker é definitivamente um gênio do macabro. 

LEIA TAMBÉM: CLIVE BARKER, UM ARTISTA COMPLETO

Os DarkSiders dispensam apresentações e conhecem bem o autor de Hellraiser, Candyman e Evangelho de Sangue. Além destes clássicos, Barker também nos presenteou com Livros de Sangue, antologia composta por seis volumes que mostram porque o autor é um mestre inigualável do horror.  

Após anos fora das livrarias, a DarkSide® Books trouxe a coleção completa de Livros de Sangue, realizando o desejo dos leitores ávidos por trilhar esse reino de puro horror e pesadelos. Aproveitando que o último e sexto volume acabou de chegar, reunimos doze contos imperdíveis dessa coleção sangrenta que você precisa conferir.

1. “Nas montanhas, as cidades”

“Nas Montanhas, As Cidades” é o conto que fecha com chave de ouro (ou poderíamos dizer sangue) o primeiro volume de Livros de Sangue. Nele acompanhamos Mick e Judd, um casal de férias que viaja por uma área rural da Iugoslávia. Para o seu azar, eles se deparam com duas comunidades isoladas, Popolac e Podujevo, que estão se preparando para um ritual que está prestes a dar terrivelmente errado. 

livros de sangue

Não vamos entrar em mais detalhes para não estragar a experiência, mas “Nas Montanhas, As Cidades” é um conto de horror folk que mostra o poder que Barker tem de criar histórias viscerais e perturbadoras

2. “O Yattering e Jack”

Também presente no primeiro volume, “O Yattering e Jack” demonstra a versatilidade de Barker, que entrega uma comédia macabra ao mesmo tempo em que subverte a tradicional história demoníaca. O conto acompanha o demônio titular, que recebe a ingrata tarefa de atormentar Jack, um importador de picles. No entanto, para desespero do ser das trevas, sua vítima é uma pessoa frustrantemente indiferente que ignora todas as travessuras sobrenaturais que estão acontecendo em sua casa. 

“O Yattering e Jack” é uma história divertida que arranca risadas dos leitores com suas situações inusitadas e bizarras. Uma boa pedida para quando precisamos de algo um pouco mais leve. 

LEIA TAMBÉM: PESADELOS EM TINTA: CONHEÇA CLIVE BARKER, O MESTRE DO HORROR VISCERAL

3. “Pavor”

Abrindo o segundo volume da coleção, “Pavor” é um conto extremamente perturbador que questiona nossa sanidade e nossos medos mais profundos. Somos apresentados a Steve, um universitário que se aproxima de Quaid, um colega mais velho com o mórbido fascínio pelo medo e suas origens. Os eventos tomam um rumo sombrio quando Steve inadvertidamente participa de um dos experimentos do amigo.

livros de sangue 2

“Pavor” começa de forma realista e dramática, construindo lentamente o ambiente e seus personagens. No entanto, Barker não hesita em lançar seu protagonista — e consequentemente seu leitor — em um pesadelo que parece não ter fim. 

4. “Novos assassinatos na Rua Morgue”

“Novos Assassinatos na Rua Morgue é um presente para os fãs de Edgar Allan Poe. Nesta mistura de tributo e continuação do clássico “Assassinatos na Rua Morgue”, acompanhamos Lewis, um homem que viaja até Paris após seu amigo Phillipe ser preso pelo assassinato de uma moça. A questão é que Phillipe insiste que não cometeu o crime

Recheado de mistério, sangue e bizarrices, este conto fecha magistralmente o segundo volume de Livros de Sangue, entregando aos leitores uma carta de amor a Poe nos moldes de Barker.

5. “Rawhead Rex”

A clássica história de monstro gigante ganha novos contornos em “Rawhead Rex”, segundo conto do terceiro volume. Nele, uma malévola e antiga criatura é acidentalmente libertada de seu cativeiro e inicia uma onda de destruição e violência em uma aldeia rural.   

livros de sangue

Em “Rawhead Rex”, Barker sai do típico cenário urbano desse tipo de narrativa, criando um monstro brutal e perverso que aterroriza um ambiente rural. É um conto que definitivamente vai agradar aos fãs de filmes como Alien: O Oitavo Passageiro e O Monstro do Ártico

6. “Restos mortais”

Em “Restos Mortais”, último conto do terceiro volume, Barker faz aceno à outra história clássica, O Retrato de Dorian Gray. Aqui seguimos um jovem profissional do sexo que após ser contrato por um arqueólogo acaba se deparando com uma bizarra estátua. O problema é que depois disso ele passa a ter a estranha sensação de que está sendo assombrado.

Com ambientação e tom bastante sombrios, “Restos Mortais” nos permite testemunhar a perda de sanidade e humanidade de nosso protagonista. Tudo isso enquanto questionamos o que faríamos em seu lugar.  

7. “A condição humana”

Antes de Hellraiser, veio “A Condição Inumana”. O segundo conto do quarto volume de Livros de Sangue parece um sinal do que Barker escreveria nos anos seguintes. A diferença é que ao invés de uma caixa quebra-cabeça, temos um pedaço de corda cujos nós não devem ser desatados

Livros de Sangue 4

Na trama acompanhamos um grupo de amigos que cruelmente espanca uma pessoa em situação de rua. Quando a vítima está desacordada, um deles rouba a corda que encontra ao seu lado e decide desatar cada um de seus nós. “A Condição Inumana” apresenta personagens tão detestáveis que é impossível não torcer pelos seres libertados. Os fãs de Pinhead e dos Cenobitas definitivamente vão gostar desta breve história. 

8. “Abaixo, Satã!”

O conto mais curto do quarto volume é também um dos mais atmosféricos. “Abaixo, Satã!” mostra o poder que Barker tem para criar lugares cruéis que transpiram sofrimento e agonia. Na história, um rico empresário cansado de ser ignorado por Deus decide chamar a atenção de seu adversário construindo um Inferno na Terra. Tudo isso na esperança de que Deus fique irado e se revele para ele.

“Abaixo, Satã!” escancara a soberba humana. Aqui Barker apresenta um personagem para lá de insano e uma visão do inferno de última geração que vai te deixar de boca aberta.

9. “Candyman”

Dispensando apresentações, “Candyman” abre as portas infernais do quinto volume. Em uma das histórias mais famosas de Barker, acompanhamos Helen Buchanan, uma estudante universitária com pesquisa de tese sobre grafitti. Em suas andanças, ela acaba selecionando um complexo habitacional como foco de estudo e se depara com uma estranha lenda urbana. 

livros de sangue volume 5

“Candyman” escancara o talento de Barker para contar histórias com ecos duradouros. O conto vai agradar aos fãs dos filmes, assim como os DarkSiders que adoram histórias centradas em mitos e lendas urbanas. 

10. “Carne e osso”

Embarcando em uma história sobre mal ancestral, purgatório e a realidade sombria da prisão, “Carne e Osso” apresenta Cleveland Smith, um prisioneiro condenado cuja vida muda drasticamente após receber um novo e misterioso companheiro de cela.

Violento e sobrenatural, “Carne e Osso” encerra o quinto volume de Livros de Sangue e com certeza vai te fazer questionar a sua própria realidade. 

11. “A vida da morte”

Após sobreviver a um câncer e a uma histerectomia, Elaine recebe uma nova chance na vida e fica fascinada com uma igreja em processo de demolição. No entanto, as obras logo revelam uma cripta que abriga a decadência e corrupção de séculos atrás. 

livros de sangue vol 6

Essa é premissa de “A Vida da Morte”, conto que abre o último volume da antologia. Aqui embarcamos em uma narrativa trágica e niilista que apenas Barker seria capaz de escrever.

12. “A última ilusão”

Uma história de horror noir, “A Última Ilusão” marca a estreia do detetive do oculto Harry D’Amour, personagem recorrente em outras obras de Barker e que vive na mesma realidade que os cenobitas. Neste penúltimo conto, acompanhamos o detetive em um caso envolvendo um ilusionista morto por seus próprios truques. Ao ser contratado para guardar o corpo do falecido dos inimigos, D’Amour se depara com demônios repulsivos e cruéis, assim como pactos infernais. 

“A Última Ilusão” é Barker em sua melhor forma, definindo o universo de Hellraiser e entregando um cenário de puro horror na cidade de Nova York.

Bônus: “O Livro de Sangue” + “Na Jerusalem Street”

Uma das coisas mais legais de Livros de Sangue é que o DarkSider pode ler os contos dos seis volumes de forma independente e na ordem que desejar. No entanto, se você é daqueles leitores que adora uma simetria precisa conferir a dobradinha composta pelo primeiro conto da antologia, “O Livro de Sangue”, e o último, “Na Jerusalem Street”

A história de abertura do primeiro volume funciona como uma história de enquadramento, introduzindo de forma poética e até mesmo literal a série. Já a última história do sexto volume, “Na Jerusalem Street”, surge como uma sequência de “O Livro de Sangue”, encerrando esta viagem de puro horror e maravilha. 

Vida longa a Clive Barker

Livros de Sangue é uma das coleções mais sangrentas e magistrais da literatura do horror. Uma obra-prima que coroa o legado de Barker, que com certeza continuará inspirando e aterrorizando gerações por muitos anos. Publicada entre 2020 e 2023 pela DarkSide® Books em parceria com a Macabra, Livros de Sangue é mais do que uma antologia. É uma viagem pelo reino do horror e da imaginação. Uma experiência única, mágica e inesquecível. Clique aqui para mergulhar no universo sombrio de Clive Barker.

Chegamos ao fim dessa sombria jornada, mas outras portas foram abertas no caminho e mais seres foram despertados. E agora que trilhamos esse caminho juntos, a Caveira quer saber de você: qual é seu conto favorito de Livros de Sangue? Conta nos comentários!

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Livros de Sangue: Volume 1 + Brindes Exclusivos
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Livros de Sangue: Volume 5 + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Livros de Sangue: Volume 6 + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Brain Dead: Seu cérebro nunca será desligado

Depois de tudo o que foi feito pelo horror nos anos 1980, nosso gênero mais amado (e...

Por Cesar Bravo
Graphic NovelNovidades

Spa, de Erik Svetoft, é finalista do Prêmio Eisner

Tem história publicada pela DarkSide® Books entre os finalistas do Prêmio Eisner...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Alpha: terceiro filme de Julia Ducournau vem aí

A cineasta francesa Julia Ducournau se estabeleceu como uma verdadeira visionária do...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

Quais são os 7 chakras e o que eles significam

Você provavelmente já ouviu algum comentário sobre “desalinhar os chakras” e...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

O que é a linguagem secreta das flores da Era Vitoriana?

Quanta emoção uma flor pode carregar? Não é de hoje que elas acompanham nossos...

Por DarkSide