Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Magicae

A Casa da Bruxa Natural: 5 Deidades protetoras do lar

Conheça deuses e figuras mitológicas associadas ao cuidado com a casa

A magia do lar, também conhecida como magia de lareira, envolve a conexão com o lar, com a cozinha e tudo relacionado ao nosso refúgio físico e espiritual. Em A Casa da Bruxa Natural, Arin Murphy-Hiscock traz um pouco da história desse tipo de bruxaria e dicas para estabelecer essa conexão mágica com o seu lar.

LEIA TAMBÉM: LANÇAMENTO: A CASA DA BRUXA NATURAL, DE ARIN MURPHY-HISCOCK

Em diferentes tempos e crenças, as pessoas veneraram ou simplesmente associaram certas deidades ao lar. São deuses, figuras mitológicas, espíritos e até mesmo criaturas que conhecemos nos contos de fada que são ligados à casa e à sua proteção. 

Os espíritos domésticos, por exemplo, são os guardiões do lar e defendem a casa, um cômodo específico ou até mesmo as pessoas que ali moram. Eles não são figuras mitológicas e podem estar relacionados aos ancestrais ou à localidade. Os espíritos domésticos são representados por pequenas figuras, pinturas ou gravuras em utensílios domésticos. Muitos deles recebem oferendas para continuar desempenhando seu trabalho.

Em um aspecto mais abrangente, as deidades envolvem deuses e figuras mitológicas associados aos cuidados do lar. A Caveira separou algumas delas para você conhecer:

1. Frigga

Considerada uma das principais deidades femininas da mitologia nórdica, Frigga é a esposa de Odin, deusa do casamento e do amor, da fertilidade, da maternidade, da administração do lar e de todas as habilidades domésticas. Mas não pensem que ela é uma figura subserviente ao marido, Frigga é uma deusa poderosa e compartilha do Hlidskjalf, o assento de Odin que tem vista para o mundo – a única com permissão para sentar ali.

Créditos: John Charles Dollman

Um dos poderes de Frigga é o da profecia, embora guarde o conhecimento do futuro para si mesma. Com esse conhecimento ela consegue organizar e executar melhor suas tarefas, mantendo um ambiente calmo, bem administrado e de apoio para aqueles que estiverem sob seus cuidados. 

2. Tsao Wang

O deus chinês da lareira também é conhecido como deus da cozinha. Quem acredita nele costuma manter uma imagem de Tsao Wang nesta área da casa, preferencialmente acima ou perto do fogão, simbolizando sua proteção. 

Créditos: Werner, E. T. C.

Acredita-se que Tsao Wang vigia a família ao longo do ano e sua esposa registra as coisas boas ditas por cada membro. Na semana que antecede o Ano Novo Chinês, o deus deixaria a lareira para apresentar um relatório sobre a família ao céu – isso irá determinar se a família terá boa ou má sorte no ano seguinte. Para agradá-lo, a família costuma ofertar doces melados, vinho e dinheiro ao deus.

LEIA TAMBÉM: ENTRAMOS NO ANO DO TIGRE NO CALENDÁRIO CHINÊS

3. Brigit

A deusa irlandesa do lar é fortemente associada ao elemento fogo e apresenta três aspectos principais: ferreira, curandeira e poeta. Todos eles têm relação com a magia de lareira, associando-a à cozinha, ao uso de utensílios, ao cuidado com a saúde e à inspiração do poeta, que costuma ser simbolizado por uma chama.

Créditos: John Duncan

Brigit é uma deusa que sobreviveu à era moderna sendo adaptada para uma santidade católica: Santa Brígida. Ela é padroeira da criação de animais, dos laticínios, das crianças, dos avicultores, das parteiras, dos poetas e dos ferreiros.

4. Héstia

Deusa grega da lareira, era a Héstia que as pessoas faziam as primeiras oferendas. Apesar dessa posição de prioridade, ela raramente é mencionada na mitologia, pois estava tão presente na vida cotidiana que as histórias ilustrando sua importância eram desnecessárias

Imagem de domínio público

Embora não possuísse um templo formal, ela era homenageada através de um altar público na prefeitura: assim como a lareira era o coração da casa, Héstia era o coração da cidade. A deusa preservava a sacralidade do lar fazendo dele um refúgio e um lugar de renovação espiritual. Por ser considerada o coração espiritual da casa, a lareira nunca tinha seu fogo apagado.

5. Kamado-no-Kami

Considerado o deus japonês do fogo para cozinhas, Kamado-no-Kami também é um deus da purificação. Muitas cozinhas têm santuários dedicados a ele com o objetivo de ajudar no fogo cotidiano e também para conter a natureza perigosa de suas chamas. 

Imagem de domínio público

Em algumas regiões do Japão a palavra kamado também significa “panela”, por isso ele também é associado aos caldeirões. Kamado-no-Kami é uma das deidades do fogo e sua tarefa de proteção estende-se do fogo da lareira por toda a residência, protegendo também o alimento ali preparado. 

LEIA TAMBÉM: A MAGIA NA COZINHA DA BRUXA NATURAL

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Bruxa Natural + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
A Casa da Bruxa Natural + Brindes Exclusivos
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneFilmes

Novo filme sobre o caso Richthofen começa a ser planejado

Depois do sucesso alcançado pelos longas A Menina que Matou os Pais e O Menino que...

Por DarkSide
FilmesListas

Entenda a ordem cronológica de toda a saga Star Wars [ATUALIZADO]

Com a chegada do Disney+ no Brasil contendo todos os filmes e derivados de Star Wars,...

Por DarkSide
Cine Book ClubSéries

A 4ª temporada de Stranger Things já está entre nós

Chegou o grande dia: Após 3 anos de espera, os primeiros episódios da 4ª temporada...

Por DarkSide
FilmesListasPerfil

Ray Liotta, para sempre um bom companheiro

Em 1990, a adaptação de Os Bons Companheiros dirigida por Martin Scorsese lançou o...

Por DarkSide
Graphic NovelListas

As florestas mais mágicas do Japão + hábitos relacionados a elas

Os fãs dos títulos japoneses lançados pela Caveira já se depararam com florestas...

Por DarkSide