Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Coven MagicaeDarkloveMagicae

A Magia na Cozinha da Bruxa Natural

Aprenda a usar a magia verde na cozinha

A conexão com as energias da natureza é um dos princípios fundamentais da bruxaria natural, que possui suas raízes em nossa ancestralidade, quando os saberes antigos eram praticados especialmente pelas mulheres que, através de preparações e receitas, usavam o poder das ervas para reequilibrar as energias que foram perturbadas e assim, trazer cura, harmonia e equilíbrio.

Esse conhecimento ancestral quase se perdeu em meio há séculos de perseguição do patriarcado que temia a sabedoria e o poder transmitido pela natureza à essas mulheres que receberam muitos nomes ao longo da história: curandeiras, benzedeiras, xamãs, rezadeiras, feiticeiras e bruxas.

LEIA TAMBÉM: GUIA DA BRUXARIA VERDE: A MAGIA QUE VEM DA NATUREZA

Mesmo assim, as mulheres continuaram com suas práticas, mas escondidas e recolhidas ao universo doméstico. Elas encontraram em suas cozinhas o refúgio e continuaram a trazer magia para este mundo através da culinária, mesmo que de forma oculta, ao trazer alívio ao coração com um chá de camomila ou despertar a alegria através do aroma de um delicioso pão de ervas saindo do forno.

Como Arin Murphy-Hiscock afirma no livro Bruxa Natural:

“Precisamos nos lembrar de que comer é um ato sagrado. Ao consumir um alimento, seja de origem animal ou vegetal, nós forjamos uma conexão com a natureza, a fonte de nutrição. Ao absorver essa nutrição em nossos corpos, também honramos a presença da natureza em nossas vidas (…)”

LEIA TAMBÉM: CONHEÇA ARIN MURPHY-HISCOCK, AUTORA DE BRUXA NATURAL

Assim, através da bruxaria natural, descobrimos que o ato de cozinhar pode se tornar mágico ao ser feito com o coração. Esta é a antiga arte da Culinária Mágica: Elevar nossa consciência para que ela vibre junto das energias presentes nas ervas e nos alimentos que estamos cozinhando para alcançar um objetivo específico para, ao final, comer com intenção para assimilarmos essas energias em todos os níveis (físico, mental, emocional e espiritual).

Através da magia em sua cozinha, uma bruxa natural é capaz de usar o poder da natureza para transformar o seu mundo interior através dos alimentos que consome e, assim, mudar o seu padrão de vibração e junto dele o mundo ao seu redor sempre com respeito à natureza.

Para uma pessoa comum, um ramo de alecrim será apenas um galho com folhas perfumadas que você pode colocar na comida quando quiser. Já para uma bruxa natural que pratica a Culinária Mágica, um ramo de alecrim é um presente da natureza que ela pode utilizar para alcançar seus objetivos e trazer cura, harmonia e equilíbrio.

Quer aprender mais sobre como começar a praticar a Culinária Mágica? Então vem comigo pois eu vou te dar dicas para você tornar a sua cozinha cheia da magia verde da natureza.

LEIA TAMBÉM: DESCUBRA 7 MANEIRAS DE USAR O PODER DAS ERVAS NA BRUXARIA NATURAL

1. Dê uma olhada ao redor da cozinha

A cozinha é o coração de qualquer lar pois é neste local onde a energia nutridora da natureza habita. Mas para a bruxa natural, a cozinha se torna um lugar sagrado, onde ela cria um laço com os elementos da natureza e encontra a vibração e poder de transformação das ervas e dos alimentos à sua disposição. Assim, é essencial que você mergulhe em sua cozinha e descubra os seus mistérios. Tem uma colher de pau? Ótimo. Ela será a sua varinha mágica dentro da cozinha.

Créditos: CreativeFire/Getty Images Pro (modificada pela Equipe da DarkSide)

As colheres são um instrumento que trazem a força da ancestralidade pois elas representam a união da Deusa, o princípio do Sagrado Feminino (a parte côncava) com Deus, o princípio do Sagrado Masculino (o cabo longo) trazendo em sua essência o equilíbrio destas energias que em sua essência são opostas e complementares e formam a base de toda a criação do universo. Com a colher de pau, você irá manipular as energias dos alimentos e direcionar sua intenção e vibração para cada receita enquanto mexe e mistura os alimentos.

Tem uma panela de ferro fundido ou de barro? Maravilha! Você tem um caldeirão! Você sabia que os caldeirões foram associados com as bruxas especialmente na Idade Média? Nessa época, as mulheres permaneciam nos lares, cuidando das crianças e da preparação do alimento. Tradicionalmente feito de ferro, o caldeirão era usado pendurados sobre as lareiras para cozinhar as refeições das famílias e para ferver a água para diversos fins, como preparo de chás, bebidas, unguentos e até para ser usada em partos, esterilizando panos e outros materiais.

Créditos: CatEyePerspective/Getty Images

Na época da Inquisição, a figura do feminino e seus mistérios foi colocada como algo a ser temido, condenado e destruído. Assim, as mulheres sábias que faziam seus preparos em caldeirões passaram a serem acusadas perante os olhos de pessoas que não compreendiam a antiga arte da Natureza. Mas mesmo com as perseguições, o poder e a magia do Caldeirão foram preservados pela Bruxaria Natural.

O caldeirão é um símbolo do ventre da Deusa, de onde toda vida surge e para onde retornará ao final, carregando assim a energia dos ciclos de vida e morte da natureza. Seus três pés são símbolo das 3 Fases da Lua e da Deusa: Donzela, Mãe e Anciã. Com a modernidade, o caldeirão acabou sendo transformado nas panelas, que ainda carregam dentro de si este poder antigo. Então, se você só tem uma panela comum, pode usar do mesmo jeito pois elas possuem suas origens nesse instrumento ancestral das bruxas.

E aquele estranho copo de vinho que não combina com todos os outros copos da casa? Esse é o seu cálice. E assim por diante… Use sua criatividade que você encontrará todos os seus instrumentos mágicos na sua cozinha. E aqueles que você ainda não tiver, tenha paciência. A natureza é sábia e você verá que, aos poucos, enviará o que você precisa para sua prática mágica.

Créditos: fotostorm/Getty Images Signature

2. Ervas, temperos e especiarias

As ervas, os temperos, as especiarias que você encontra na sua cozinha são todas originadas a partir da magia do reino vegetal. Elas carregam uma energia mágica única que é o resultado da sinergia as vibrações dos 4 elementos, do Sol, da Lua e dos demais astros dentro de si.

Créditos: Marcin Jucha/Canva Pro

Desta forma, os temperos não são apenas algo que a bruxa natural coloca nas receitas para trazer mais sabor. Eles são verdadeiros aliados, que carregam a força da natureza e são capazes de atuar em todos os níveis do nosso ser (físico, emocional, mental e espiritual) através da sua vibração energética e das suas propriedades fitoterapêuticas.

A partir de agora, pense no seu armário de temperos como uma prateleira de poções com infinitas possibilidades. A bruxa natural estuda as correspondências mágicas e terapêuticas de cada erva e planta em suas práticas para trabalhar as energias das áreas presentes em sua vida: harmonia, saúde, amor, felicidade, paz, abundância e proteção.

Créditos: monicore/Pixabay

No livro Bruxa Natural você encontrará uma lista completa da correspondência das ervas e plantas para te ajudar a mergulhar nesse universo verde.

LEIA TAMBÉM: 5 PLANTAS MÁGICAS ESSENCIAIS PARA A BRUXA NATURAL

3. Reconheça a sacralidade de preparar uma refeição

Nestes tempos modernos, as pessoas esqueceram algo essencial: cozinhar é um ato sagrado. A comida alimenta o corpo e a alma. Transforma a morte em vida ao nutrir nosso corpo e nosso espírito. A bruxa natural sabe que, quando está na cozinha, ela não é apenas uma cozinheira. Ela é uma sacerdotisa da natureza e assim trata cada etapa do preparo de um prato mágico com um respeito especial.

Créditos: luknaja/Getty Images

Assim, cozinhe sempre com o coração gentil e a mente leve para se concentrar em sua intenção e elevar a sua consciência para que ela vibre junto com os demais ingredientes da sua receita. Não cozinhe se estiver com o coração carregado de sentimentos densos ou a mente nublada com pensamentos negativos. Se necessário, faça alguns exercícios de respiração consciente antes de começar a sua magia na cozinha.

Lembre-se: Os alimentos funcionam como esponjas de energia e são capazes de absorver toda a carga que a eles destinarmos. Então uma bruxa natural sempre irá cozinhar em um estado de harmonia e equilíbrio para se conectar de forma profunda e integral com as energias da natureza presentes em sua cozinha. Aproveite para usar a sua sabedoria e escutar sua intuição enquanto cozinha.

Créditos: Magone/Getty Images Pro

Leve os saberes naturais e seus conhecimentos mágicos para a cozinha com você e torne ela um local sagrado. Limpe e consagre suas ferramentas de cozinha como qualquer outro item ritualístico. Acenda uma vela antes de começar a cozinhar, energize sua colher de pau colocando-a à luz da Lua Cheia uma vez por mês, faça uma um amuleto para que a energia da abundância sempre se faça presente em sua cozinha, guarde suas taças com cristais para que elas transmitam a vibração cristalina para suas bebidas, etc.

4. Desenvolva um ritual antes de iniciar o preparo de um prato

A elaboração do ritual será única, de acordo com sua personalidade mágica. Não existem regras dentro da Culinária Mágica e da Bruxaria Natural, assim cada bruxa irá seguir o seu coração e criar um ritual especial que será feito antes de começar a cozinhar.  Talvez você purifique a sua cozinha fazendo uma defumação de ervas, ou use sua vassoura de bruxa para fazer uma limpeza energética no local, ou apenas limpe ritualmente suas mãos e esfregue-as com um fio de azeite de oliva, que funcionará como um purificador e catalisador de energias.

Créditos: Magone/Getty Images Pro

Pode ser que você queira colocar uma música que seja inspiradora e que esteja ligada com a intenção que deseja trabalhar através da receita mágica que irá preparar: paz, saúde, amor, prosperidade, etc. As possibilidades são infinitas. Qualquer ação que coloque seu espírito em harmonia, criando uma aura que desperte sua magia interior e a conecte com a energia da natureza poderá ser feito.

5. Comece com receitas mágicas que você confia:

Na cozinha, é essencial aliar sabor à magia. Afinal, todos nós temos a sensação da boca salivar quando sentimos um aroma delicioso ou vemos um prato saboroso.

Créditos: iuliia_n/Getty Images Pro

Caso você não tenha experiência em cozinhar, não tenha medo. Comece com receitas simples e, aos poucos, vá explorando o universo maravilhoso da Culinária Mágica. No livro Bruxa Natural você encontra um capítulo todo dedicado às receitas Culinárias da Bruxa Natural, com receitas simples de chás de ervas à pratos mais elaborados e deliciosamente mágicos.

Créditos: iuliia_n/Getty Images Pro

6. Volte para a Terra em agradecimento:

Como uma boa bruxa natural (e bióloga) que eu sou, sempre vou indicar a compostagem como parte de um estilo de vida de vida natural e de respeito à Mãe Terra. Se você ainda não conhece, a compostagem é um processo biológico onde microorganismos e animais invertebrados (como as minhocas) transformam matéria orgânica (frutas, verduras, cascas de ovo, etc) em adubo, uma substância homogênea com aspecto de terra fértil e cheiro de floresta viva que você poderá usar nas plantas do seu Jardim da Bruxa Natural (estejam elas em vasos ou plantadas direto no solo).

Quando você cozinhar algo mágico, tente devolver qualquer resto de alimento que seja apropriado para compostagem na terra. Hoje em dia existem diversas composteiras domésticas que você pode adquirir prontas para começar a usar ou mesmo sites que ensinam você a montar a sua com materiais simples, de fácil acesso e baixo custo.

Créditos: Janine Lamontagne/Getty Images Signature

Este ato simples reconecta você ao mundo natural ao seu redor, sendo um sinal de agradecimento à Terra pelo alimento que lhe foi concedido tão generosamente.

LEIA TAMBÉM: 5 PEQUENAS ATITUDES PARA REVERENCIAR A NATUREZA

7. Mantenha um livro de receitas escrito à mão:

Tudo bem, isso não é obrigatório (sei que pode parecer um pouco antiquado), mas há algo único e especial em um livro de receitas escrito à mão ainda mais por uma bruxa natural. Sua mãe ou avó provavelmente possuem um desses guardado até hoje, com registro das receitas que carregam a força da sua ancestralidade.

Você pode ter um caderno apenas para as suas receitas culinárias mágicas ou pode anotar elas no seu Diário da Bruxa Natural. O importante é que você coloque nele tudo dentro da sua caminhada pela Culinária Mágica e assim você verá a sua evolução e terá sempre em mãos os saberes aos quais vai consultar e usar várias vezes em sua prática mágica.

Créditos: zeljkosantrac/Getty Images Signature

Nesta matéria especial que eu fiz para o DarkBlog você descobriu como começar a despertar a magia natural na sua cozinha. No livro Bruxa Natural você irá encontrar outras dicas maravilhosas além de diversas receitas para dar um toque de sabor e magia na sua rotina.

Sobre Amanda Celli

Amanda Celli é uma bruxa e bióloga que honra a Deusa e encontra sua presença sagrada em cada erva e alimento. Ela é a criadora do Tempero de Bruxa e tem a missão de ensinar as pessoas a antiga arte da bruxaria natural e da culinária mágica através do uso das energias das ervas e dos alimentos. Conheçam mais o seu trabalho acessando o Instagram @temperodebruxa

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Bruxa Natural + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EntrevistaMagicae

Duas bruxas contam como a cultura pagã foi transformada durante a pandemia

A pandemia fez com que muitos dos nossos hábitos precisassem se adaptar ao momento que...

Por DarkSide
CuriosidadesMacabra

Crimes Vitorianos Macabros: Curiosidades sobre Jack, o Estripador

A Londres do final do século XIX parecia o centro do mundo: com seus imponentes...

Por DarkSide
CuriosidadesMacabraMedo Clássico

Conheça C. Auguste Dupin, o pai dos detetives de ficção

Grandes escritores buscam inspiração e mentoria em outros grandes escritores. Em...

Por DarkSide
Crime SceneOssos do Ofício

Minha vida de editor na DarkSide, parte 1

Gente mui querida que adora a Caveira, vim aqui pra gente desfiar um-dois minutinhos de...

Por Lielson Zeni
Vários

Todos sofrem de nomofobia: Millenials, Geração Z e cringe

Uma batalha de gerações tomou conta das redes sociais nas últimas semanas: a...

Por DarkSide