Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Graphic Novel

A morte, o sangue e as sombras do mangá Deathco, de Atsushi Kaneko

Um dos maiores mangakás do Japão está na casa da Caveira. Deathco chega ao Brasil revelando uma trama violenta e instigante

Um dos maiores mangakás do Japão agora chega ao Brasil. Atsushi Kaneko e sua arte sombria, violenta e cheia de movimento conquista os japoneses desde o lançamento de seu primeiro mangá, Bambi, em 2006. Bambi tem 6 volumes e narra as aventuras de uma assassina profissional impiedosa e com cabelos cor de rosa. Sangrento e rápido, o primeiro mangá de Kaneko revelava toda a personalidade do artista que já declarou ser fã de Alfred Hitchcock.

O universo dos mangás e animes invadiram o Brasil e conquistam fãs das mais diversas idades e gostos. No Japão, o mangá One Piece foi o recordista de vendas em 2018 – com mais de 8 milhões de cópias. Kaneko, no entanto, escolheu habitar o lado dark dos mangás e, no âmbito underground, cresceu e se tornou referência. Formado em Economia, o artista nasceu em Yamagata, no Japão, e começou a trilhar sua carreira como mangaká de maneira autodidata.

Outro grande trabalho de notoriedade do autor japonês é Deathco, que será lançado pela DarkSide Books ainda no primeiro semestre de 2019. A história com sete volumes revela um mundo permeado pela violência, no qual os assassinos conhecidos como “ceifadores” competem entre si para ganhar notoriedade e respeito dentro de suas guildas – um tipo de sindicato onde todos são classificados. A chegada de Deathco abala o equilíbrio deste universo, uma vez que ela mostra total falta de respeito às regras vigentes. Gótica e melancólica, a jovem odeia o mundo em que vive e está disposta a demonstrar isso usando as ferramentas que tem à sua disposição. Todas as noites, Deathco deixa o porão de seu castelo, onde faz os mais variados instrumentos mortais, e sai à caça. Com ela do lado de fora, a morte espreita em todos os cantos.

A história dark e sangrenta com o traço único de Atsushi Kaneko foi lançada em 2015 no Japão, depois do enorme sucesso do mangá Soil, de 2012, que tem 11 volumes.

LEIA TAMBÉM: JUNJI ITO E NAGABE: TERROR E LIRISMO NO MANGÁ

Além do dom natural para o desenho, Kaneko também esteve à frente de um curta-metragem chamado Mushi, que pertence à compilação de filmes Rampo Noir, do escritor japonês Edogawa Rampo. Lançado em 2015, a coletânea reúne 4 curtas adaptados da obra de Rampo, considerado o Edgar Allan Poe japonês – seu nome, inclusive, é uma derivação da pronúncia do mestre, que era um grande ídolo de Rampo. Atsushi Kaneko não poderia estar em outro lugar – um dos maiores mangakás está na casa da Caveira acompanhado por nomes de peso no universo dos mangás: Junji Ito, com Fragmentos do Horror e Nagabe com A Menina do Outro Lado.

Em 2011 e 2015, os mangás Soil e Wet Moon, de Kaneko, foram indicados como Melhor Crime Comic no Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême, na França.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

A Menina do outro lado DRK.X
R$ 54.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Fragmentos de Horror
R$ 54.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Samurai Shirô
R$ 59.90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime Scene

O curioso caso das Criadoras de Anjos de Nagyrév

A vida em Nagyrév, vilarejo na região central da Hungria, não era nada fácil nas...

Por DarkSide
Cine Book ClubFilmes

‘Romero Lives!’ Cidade americana exibe filmes e legado do mestre George Romero

Foi em um cemitério de Pittsburgh, na Pensilvânia, que o o apocalipse zumbi começou...

Por DarkSide
Crime SceneDarkloveEntrevista

Jennifer Dahbura: Ilustradora de Geek Love e Lady Killers fala sobre suas inspirações

Assim como toda criança, Jennifer Dahbura era fascinada por lápis de cor, giz de cera...

Por DarkSide
EntrevistaGraphic Novel

Emily Carroll fala sobre a experiência de desenhar e escrever Floresta dos Medos

Emily Carroll sempre gostou de ouvir histórias lidas em voz alta. Ela se lembra de...

Por DarkSide
Cine Book Club

Por que Cabo do Medo, de Martin Scorsese, está entre os melhores thrillers da década de 90

Publicado originalmente no site Dan of Geek Após os elogios da crítica recebidos por...

Por DarkSide