Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Crime Scene FictionE.L.A.S

Como identificar uma boa história de mistério

Ela Não Pode Confiar traz um desaparecimento suspeito

03/04/2024

Uma babá desaparecida, gritos misteriosos, uma mãe com um bebê recém-nascido e sua saúde mental fragilizada. Será que ela tem algo a ver com o desaparecimento? Suas lembranças são confiáveis? E, mais importante, podemos mesmo confiar nas pessoas que aprendemos a amar?

LEIA TAMBÉM: POR QUE MULHERES GOSTAM DE LER SOBRE CRIME E SUSPENSE?

Essas são apenas algumas das perguntas levantadas por Kate Sise no livro Ela Não Pode Confiar, um thriller surpreendente que está entre os primeiros lançamentos do projeto especial E.L.A.S — Especialistas Literárias na Anatomia do Suspense

Na trama, acompanhamos a autora de suspense Rowan O’Sullivan, que, após um parto traumático, volta para seu apartamento com sua filha recém-nascida, Lila, acompanhada pelo marido, Gabe, também escritor, e June, uma jovem babá de meio período contratada para auxiliar Rowan nas suas primeiras semanas como mãe.

ela não pode confiar

Um crescente ambiente claustrofóbico se intensifica ao redor dos personagens e ganha potência na mente de Rowan. Dominada por medo, ansiedade e angústia, ela mergulha em uma crise profunda. O decorrer do tempo e o agravamento de sua condição mental a levam a acusar June de atos bizarros quase indescritíveis. Diante de um cenário de dúvidas que se acumulam, June desaparece sem deixar nenhum rastro. Os vizinhos relatam gritos vindo da casa e Rowan se torna a principal suspeita do desaparecimento.

Para descobrir o que aconteceu com June e proteger seu bebê recém-nascido, Rowan precisa desvendar os recantos mais profundos de sua mente e enfrentar os acontecimentos sombrios que está desesperada para manter em segredo. Quando isso acontece, ninguém está preparado para saber aonde a verdade a levará.

A premissa do livro já é suficiente para despertar a nossa curiosidade sobre como essa história se desenrola. Se você gosta de um bom whodunit, aqueles suspenses de descobrir quem é o culpado, deve colocar Ela Não Pode Confiar nas suas metas de leitura. Mas apenas a premissa não é suficiente para sustentar uma história, por isso, a Caveira trouxe aqui as principais pistas de que você está lendo uma boa história de mistério:

Um elenco interessante

Um bom mistério nunca irá engajar o leitor se não houver alguma identificação com os personagens. Isso vale para qualquer gênero literário: se a pessoa que está lendo não se importa com quem está vivendo a história, ela dificilmente irá se interessar pelo que acontece aos personagens.

assassinato no expresso do oriente

As histórias de mistério no estilo whodunit costumam repetir alguns arquétipos típicos dessas tramas: temos a vítima, o vilão, o detetive (que não necessariamente é um profissional), os suspeitos e os coadjuvantes. Todos devem ser críveis, devem despertar algum tipo de sentimento em quem está lendo aquela história.

LEIA TAMBÉM: TUDO O QUE SABEMOS DA ADAPTAÇÃO DE PEDRA PAPEL TESOURA PARA A NETFLIX

Boas histórias de mistério empregam esse suspense nos próprios personagens, pelo menos nos principais, enchendo-os de camadas e deixando-os mais críveis para o público. A ideia de mocinhos e bandidos unidimensionais, que são exclusivamente bons ou maus, não cabem aqui. Personagens falhos, aqueles por quem a gente não sabe se torce a favor ou contra, costumam proporcionar as tramas mais engajantes do suspense. 

Em muitos casos, algum dos protagonistas pode até mesmo ser o narrador da história, acrescentando uma camada ainda mais interessante à trama. Isso porque, diante de uma testemunha que não é onisciente, estamos sujeitos ao ponto de vista, ao viés e às versões dos fatos daquele personagem, que nem sempre é uma fonte tão confiável assim. Grandes reviravoltas do suspense costumam surgir a partir de um narrador parcial, daqueles que nos pega totalmente desprevenidos.

O quebra-cabeça é a própria trama

O grande mistério de um whodunit costuma se apresentar bem para o começo da história, afinal, quem escreveu quer o comprometimento do leitor desde as primeiras páginas. Uma morte, um roubo, ou, como no caso de Ela Não Pode Confiar, um desaparecimento são o evento que desencadeia toda a investigação. 

mulheres livros de crime e suspense

Porém, os melhores whodunits são costurados como um verdadeiro quebra-cabeça, em que várias peças são entregues ao longo da narrativa. Lembra que falamos da importância dos personagens? Uma boa história de mistério puxa o leitor para dentro da trama, colocando-o também no papel de detetive. Quem gosta desse tipo de suspense frequentemente quer desvendar o caso por conta própria para ver sua tese confirmada no final ou para levar uma surpresa daquelas.

Ritmo engajante

Esse item poderia entrar no tópico anterior porque tem a ver com a entrega do quebra-cabeça, porém, o ritmo de uma história de suspense é tão crucial para o seu sucesso que merece destaque. Como falamos, costurar uma trama de mistério envolve entregar pequenas peças ao longo das páginas, sejam elas cruciais para a solução do caso ou somente para despistar.

Essas “migalhas” de informação são importantes para manter o faro detetivesco do leitor ativo o tempo inteiro. Não adianta criar um grande mistério, encher páginas e páginas de acontecimentos que não levam a lugar algum, e só no final resolver o problema. É preciso engajar a audiência do início ao fim.

janela indiscreta

Sabemos que descrições e ambientações são importantes na literatura, mas no suspense é preciso encontrar a dose certa para não dispersar o leitor. Quem lê essas histórias age como um verdadeiro detetive, procurando pistas em todas as partes. 

Um ritmo engajante também é mantido com revelações e pontos de tensão ao longo da trama. Boas histórias de suspense não têm apenas um ponto de tensão no início e outro no fim. Eles se distribuem ao longo da narrativa como uma caça ao tesouro que espalha suas recompensas ao longo do caminho.

Um desfecho de explodir cabeças

Lembra que o leitor gosta de se sentir como um detetive nas histórias de mistério? E que ele já vai criando suas próprias teorias para solucionar o caso? Esse é um dos raros casos em que a pessoa torce para estar errada no fim das contas. Bons suspenses são aqueles que conseguem surpreender até os mais sagazes investigadores.

garota exemplar

Aqui é onde ocorre o clímax da história, aquela revelação pelo qual todos esperavam. Uma boa história de suspense conduz a investigação dos leitores a não apenas uma, mas a várias possibilidades de desfecho. Se a resposta parece óbvia demais, é porque tem algo errado ali. O ideal é que o leitor chegue com alguma ideia de como as coisas podem terminar, mas não tão confiante assim, e que o final consiga surpreendê-lo de alguma maneira. Seja pelo culpado, pelo motivo, pela forma como crime ou mistério foi executado. 

Por mais que a surpresa seja importante e gratificante, ela precisa estar muito bem fundamentada. Precisa ser coerente com tudo o que levou até aquele ponto, preenchendo as lacunas e entregando aquela última peça do quebra-cabeça. É um ponto da história que sempre é carregado de expectativa e muitas vezes serve como termômetro para que a pessoa decida se leu uma boa história ou não.

Se você gosta de um bom thriller, precisa conferir a coleção especial E.L.A.S em Evidência e desvendar os mistérios que grandes autoras do suspense mundial reservam aos DarkSiders. 

elas em evidência

LEIA TAMBÉM: CONHEÇA AS AUTORAS DOS PRIMEIROS LANÇAMENTOS DE E.L.A.S EM EVIDÊNCIA

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Ela Não Pode Confiar + Brinde Exclusivo
R$ 74,850
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Pedra Papel Tesoura + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Anatomia de uma Execução + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneCuriosidades

Jane Toppan: Conheça o caso dessa lady killer

Conhecida como “a primeira serial killer dos Estados Unidos”, Jane Toppan se valia...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Deadly Blessing: Wes Craven, pesadelos e Sharon Stone

Alguns mestres supremos do terror se tornaram tão fortemente associados a algumas de...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

Blumhouse fará um novo A Bruxa de Blair com a Lionsgate

Jason Blum vai reviver A Bruxa de Blair — e se você não captou o que significa essa...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Lançamento: Lady Killers Profile: Jane Toppan, por Harold Schechter

Em 1891, Jane Toppan jurou cuidar e proteger em sua profissão como enfermeira...

Por DarkSide
Crime SceneNovidades

O.J. Simpson morre aos 76 anos

Aos 76 anos de idade, O.J. Simpson faleceu em decorrência de um câncer nessa...

Por DarkSide