Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Crime Scene FictionCuriosidadesE.L.A.S

Por que mulheres gostam de ler sobre crime e suspense?

E.L.A.S nunca mais serão vítimas

27/03/2024

Livros com histórias de crime e suspense estão entre os preferidos dos leitores. Mas há um público que se destaca aqui: mulheres. E mulheres jovens. O que parecia apenas uma tendência observada no início dos anos 2010 vem se confirmando ao longo dos anos e ganhando força, principalmente com o sucesso de livros transformados em filmes e séries, como Garota Exemplar e Big Little Lies.

LEIA TAMBÉM: BLANCHE WHITE E + 10 DETETIVES MULHERES DA CULTURA POP

Mais do que leitoras, o que a maioria dessas obras têm em comum é o fato de terem sido escritas por mulheres. E aqui podemos estar no caminho de entender melhor por que essas histórias têm se tornado cada vez mais populares entre o público feminino — não se limitando a ele, é claro.

A simples pergunta “por que mulheres estão lendo mais sobre crimes e suspense?” já parece vir carregada de um certo julgamento. Como se houvesse algum gênero “apropriado” para mulheres ou como se elas gostassem de se colocar no papel das vítimas, o que não é verdade em nenhum dos casos.

Escreva como uma mulher

Não é de hoje que as mulheres vêm deixando seu nome e sua marca em histórias de terror e suspense, muitas com contornos criminais. Ainda assim, isso foi visto com estranheza por muito tempo. Mary Shelley, por exemplo, publicou a primeira edição de Frankenstein anonimamente porque a autoria de uma mulher poderia comprometer as vendas do livro. O resultado? Simplesmente uma das maiores histórias de terror já escritas e pioneira no gênero da ficção científica.

mary shelley

Desde então, as mulheres continuaram escrevendo e mostrando que seu lugar é, sim, no gênero literário que elas quiserem, até mesmo naqueles considerados “poucos femininos”. Na literatura policial, por exemplo, Agatha Christie fez história com seus mais de 60 romances e coletâneas de contos com seus whodunits magistrais, com revelações de tirar o fôlego.

Provando para o mundo que mulheres têm seu lugar ao sol nas listas de clássicos imortais e best-sellers, de lá para cá tivemos o prazer de ler os enervantes suspenses de Daphne Du Maurier, Margaret Atwood, Patricia Highsmith, Gillian Flynn e tantas outras talentosas autoras que nos deixaram roendo as unhas e suando frios com seus thrillers. Organizada por Joyce Carol Oates, a coletânea Damas Noir traz uma ótima amostra da genialidade de autoras que são verdadeiras mestres do suspense.

LEIA TAMBÉM: DE FEMME FATALE A ANTI-HEROÍNAS: MULHERES NA LITERATURA NOIR

Foi o interesse por histórias criminais, por exemplo, que motivou Ilana Casoy a mudar o rumo de sua carreira e a estudar e se dedicar às ciências criminais. A autora de Casos de Família e madrinha do selo Crime Scene® hoje utiliza toda a sua expertise em true crime para também escrever com maestria obras de ficção criminal.

ilana casoy

A complexidade e as camadas dos suspenses escritos por mulheres

Embora abordem diferentes temas, existem algumas características em comum nos thrillers destas autoras que praticamente criam um subgênero próprio. Desafiando as noções de que as mulheres são meras vítimas, donzelas em apuros, e que dependem da salvação de um herói — masculino, sempre —, esses suspenses não apenas colocam personagens mulheres no centro da ação, elas são realmente protagonistas de suas histórias.

Muitas dessas tramas são mais densas psicologicamente, enquanto outras têm um ritmo mais objetivo e eletrizante. Mas todas elas proporcionam os prazeres que vão além da leitura compulsiva, entregando personagens complexas e profundas. Podemos ter a mãe que teme as intenções da jovem babá, a mulher que precisa enfrentar os erros de julgamento do passado e até mesmo a esposa que está aborrecida com a dinâmica do seu casamento.

Não são mulheres perfeitas e virtuosas e muito menos as femme fatales vilanizadas por muitos autores da literatura noir. Elas são uma combinação de bem e mal, de ímpeto e frustração, de poder e insegurança. Dualidades tão inerentes às mulheres e, por que não, aos seres humanos em geral. 

elas em evidência

Mais do que qualquer outro gênero, a ficção criminal proporciona o espaço perfeito para botar o dedo em feridas que a sociedade prefere ignorar. A maternidade e suas ambivalências, a delicada dosagem de forças dentro de casa, o preço da ambição profissional (ou da falta dela), identidade sexual, os recantos homicidas em um casamento, a maneira como nossas vaidades e desejos podem causar a nossa ruína e como as decepções amorosas podem nos tornar mais insensíveis. 

Em histórias de ficção criminal esses são assuntos extremamente importantes e urgentes. São questões que se tornam de vida ou morte. São temas que interessam às mulheres porque muitas se identificam com tais dilemas e nunca contaram a ninguém. Talvez nem tenham percebido que essas já eram suas angústias até vê-las escancaradas em uma protagonista de moral questionável. Nunca é apenas um whodunit, nunca é apenas sobre o crime. É sobre as jornadas complexas de mulheres atormentadas no mundo de hoje.

5 Thrillers criminais escritos por mulheres

Se você também gosta de um bom suspense complexo ou quer descobrir todas as camadas dessas histórias, a DarkSide® criou a coleção perfeita. E.L.A.S — Especialistas Literárias na Anatomia do Suspense é um projeto especial do selo Crime Scene® Fiction que captura histórias enervantes escritas por autoras que são os grandes nomes do suspense mundial. Prepare-se para seguir as pistas:

Pista 1: Pedra Papel Tesoura, de Alice Feeney

Você realmente conhece a pessoa com quem se casou? Adam e Amelia estão juntos há uma década, mas a paixão se tornou uma relação repleta de ressentimentos e brigas constantes. Todos esses sentimentos virão à tona em um retiro que se transforma em uma tempestade de neve e em um jogo de mágoas, segredos e obsessão.

pedra papel tesoura

Pedra Papel Tesoura, de Alice Feeney, é um suspense arrebatador escrito por uma das autoras de suspense mais talentosas da atualidade. O livro está sendo adaptado para uma série da Netflix e guarda segredos até a última página, passeando por terrenos que outras escritoras evitariam atravessar.

LEIA TAMBÉM: TUDO O QUE SABEMOS DA ADAPTAÇÃO DE PEDRA PAPEL TESOURA PARA A NETFLIX

Pista 2: Garotas na Escuridão, de Jess Lourey

Para os adolescentes de uma pacata cidade do interior, o verão significa liberdade, diversão, aventuras pelos túneis abandonados da região e muito rock ‘n’ roll. Mas, no verão de 1977, tudo vai mudar. Após o desaparecimento misterioso de uma das companheiras de banda, duas amigas precisam agir, enquanto toda a cidade permanece em silêncio e as autoridades relutam em investigar o caso.

garotas na escuridão

Garotas na Escuridão, de Jess Lourey, é um thriller inspirado em uma série de crimes reais e a atmosfera perfeita para os fãs de Daisy Jones & The Six, mergulhada em um verão em que Manson e outros assassinos nasciam para o mundo.

Pista 3: Ela Não Pode Confiar, de Katie Sise

Podemos realmente confiar nas pessoas que aprendemos a amar? Essa inquietação é o ponto de partida em Ela Não Pode Confiar, um suspense de tirar o fôlego da coleção E.L.A.S em Evidência, que integra a marca Crime Scene® Fiction.

ela não pode confiar

O thriller de Katie Sise traz um crescente cenário claustrofóbico em torno de uma mãe, um pai, seu bebê e uma babá. Dominada por medo, ansiedade e angústia, a mãe mergulha em uma crise profunda na qual não se sabe o que é real e o que é fruto de uma condição mental abalada. O desaparecimento da babá a obriga a enfrentar acontecimentos sombrios que ela está desesperada para manter em segredo.

Pista 4: Anatomia de uma Execução, de Danya Kukafka

Você está prestes a mergulhar na vida e na mente de um serial killer sob o ponto de vista de mulheres ligadas a ele. O premiado romance de crime Anatomia de uma Execução reconta a história de um psicopata condenado a partir das perspectivas das vidas afetadas pelos seus crimes e atos.

anatomia de uma execução

A aclamada obra da autora best-seller Danya Kukafka nos leva a uma jornada emocional intensa que nos desafia a confrontar o que significa ser humano nos momentos mais sombrios.

Pista 5: O que Está Lá Fora, de Kate Alice Marshall

Um crime assustador, uma história envolvente, personagens cativantes e uma floresta viva que presenciou a maldade acontecer em seu coração. O que Está Lá Fora traz a história de uma sobrevivente que foi brutalmente atacada, mas viveu para ajudar a capturar o serial killer que a feriu. Décadas depois, ela retorna à sua cidade natal, mas a trama ganha caminhos imprevisíveis quando acontece uma morte próxima ao local onde ela foi atacada.

o que está lá fora

Kate Alice Marshall traz um poderoso thriller psicológico sobre amizade, segredos e mentiras que evoca bruxaria natural e as grandes fábulas literárias. 

LEIA TAMBÉM: CONHEÇA AS AUTORAS DOS PRIMEIROS LANÇAMENTOS DE E.L.A.S EM EVIDÊNCIA

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Pedra Papel Tesoura + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Anatomia de uma Execução + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Garotas na Escuridão + Brinde Exclusivo
R$ 74,850
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneCuriosidades

Jane Toppan: Conheça o caso dessa lady killer

Conhecida como “a primeira serial killer dos Estados Unidos”, Jane Toppan se valia...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Deadly Blessing: Wes Craven, pesadelos e Sharon Stone

Alguns mestres supremos do terror se tornaram tão fortemente associados a algumas de...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

Blumhouse fará um novo A Bruxa de Blair com a Lionsgate

Jason Blum vai reviver A Bruxa de Blair — e se você não captou o que significa essa...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Lançamento: Lady Killers Profile: Jane Toppan, por Harold Schechter

Em 1891, Jane Toppan jurou cuidar e proteger em sua profissão como enfermeira...

Por DarkSide
Crime SceneNovidades

O.J. Simpson morre aos 76 anos

Aos 76 anos de idade, O.J. Simpson faleceu em decorrência de um câncer nessa...

Por DarkSide