Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Cine Book ClubFilmes

Donnie Darko e a genialidade de Richard Kelly

O diretor de um dos maiores clássicos cult deu vida a um complexo universo paralelo com baixo orçamento e muitas ideias na cabeça

James Richard Kelly – ou apenas Richard Kelly – tinha apenas 26 anos quando dirigiu e roteirizou um dos maiores clássicos cult do cinema: Donnie Darko. O filme não foi um sucesso absoluto de bilheteria, mas despertou a curiosidade do público após descobrirem a existência de um lançamento com roteiro complexo e atores renomados, como Drew Barrymore (que também produziu) e Patrick Swayze no elenco. Quando o filme foi lançado em DVD faturou cerca de 15 milhões de dólares.

Lançado em 2001, o filme conta a história do estranho jovem Donnie, que sofre de sonambulismo e esquizofrenia, e sente total desprezo pela maioria dos colegas de escola. Durante uma de suas crises de sonambulismo, Donnie passa a ter visões com um sinistro coelho gigante, que o avisa sobre o fim do mundo em 28 dias, 06 horas, 42 minutos e 12 segundos. A partir daí, a direção de Kelly revela uma sequência de eventos inesperados e alavanca a carreira de um jovem ator: Jake Gyllenhaal que, em 2006, chegou a ser indicado ao Oscar como Melhor Ator Coadjuvante por seu papel em O Segredo de Brokeback Mountain e já está confirmado no elenco do filme The Devil All The Time, cujo livro será lançado pela DarkSide Books em 2019, interpretou o enigmático e perturbado Donnie.

Donnie Darko é 100% DarkSide e, por isso, um livro sobre o filme com prefácio assinado pelo ator Jake Gyllenhaal foi lançado pela editora em 2016. Não se trata de uma adaptação do longa-metragem ou um romance que possa ter inspirado Kelly a filmar a história de Donnie. O livro apresenta a íntegra do roteiro original do cinema, além de entrevistas exclusivas com o elenco e o diretor, e trechos de A Filosofia da Viagem no Tempo, escrito por Roberta Sparrow, a Vovó Morte do filme.

LEIA TAMBÉM: 13 CURIOSIDADES SURPREENDENTES SOBRE DONNIE DARKO

Além de dirigir o longa, Richard Kelly também escreveu o complexo roteiro de Donnie Darko e revelou que uma de suas inspirações foi o mestre Stephen King – para isso, ele recebeu nove mil dólares. Os clássicos de Kafka, Dostoievski e Graham Greene também foram grandes referências para Kelly durante o ensino médio que, certamente, o influenciaram na hora de escrever o enigmático roteiro. As filmagens do longa duraram exatos 28 dias – o que para Kelly não passa de coincidência. Os filmes favoritos do diretor-roteirista são Star Wars, Episódio V: O Império Contra-Ataca (1980) e Mad Max 2: A Caçada Continua (1981). Kelly também já revelou que, quando era pequeno, seu pai trabalhou para a NASA no programa Mars Viking Lander, durante os anos 1970, desenvolvendo a câmera que fez as primeiras fotos da superfície de Marte.

Apesar de se tratar de um filme bastante sombrio em determinados momentos, Kelly revelou que filmar Donnie Darko foi, além de desafiador, engraçado. Na cena em que Donnie pede para a personagem Kitty Farmer (Beth Grant) guardar o cartão da Lifeline em um lugar inusitado, o diretor teve um crise de riso. “Eles tiveram que me tirar do set porque eu estava bagunçando tudo de tanto que estava rindo. É maravilhoso poder rir enquanto trabalha”, disse. A atriz Drew Barrymore topou entrar nesse projeto com Kelly e acabou fazendo toda a diferença, segundo o próprio diretor. Além de atuar como a Sra. Pomeroy, professora de Donnie, Barrymore também colocou a sua produtora Flower Films para produzir o filme por apenas 4,5 milhões dólares.


Em entrevista para a Wired, Richard Kelly falou sobre muitos dos personagens de Donnie Darko estarem lendo algum livro durante a trama. Ele também revelou que é um ávido leitor e gosta de deixar suas influências claras. “Eu gosto de brincar dizendo que fazer filmes é como estar no ensino médio, ou que Hollywood é como o ensino médio, ou que a vida é uma extensão do ensino médio. É quase como se meus professores de literatura, de ciências e minha educação pública na Virgínia revelasse todo o meu ponto de vista artístico. Costumo contar histórias sobre professores e ter personagens que leem livros que foram muito importantes e influentes em minha voz artística. É como homenagear esses outros textos que estão por aí. É uma intertextualidade, e é uma referência muito clara e óbvia, às vezes. Eu não quero deixar as minhas influências escondidas. Eu quero colocá-las e construí-las na narrativa do filme e, por isso, os livros que aparecem na história são livros que minha família e eu crescemos lendo”, disse.

Além de Donnie Darko, Richard Kelly também roteirizou Domino, a Caçadora de Recompensas (2005), Southland Tales: O Fim do Mundo (2006) e A Caixa (2009). Antes de se formar na faculdade em 1997, ele também dirigiu dois curtas-metragens.

LER MAIS

Indicados para você!

Donnie Darko
R$ 49,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Labirinto
R$ 49,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
De volta para o futuro
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
HaloweenListas

Conheça as origens do Halloween + 5 filmes para assistir na data

A noite do dia 31 de outubro é uma das mais aguardadas em boa parte dos países...

Por DarkSide
ListasLivros

5 livros da DarkSide® para ampliar o seu entendimento sobre bruxas

Você é uma bruxa boa ou uma bruxa má? A pergunta feita em O Mágico de Oz pode não...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Killer Clown: conheça os filmes inspirados no sinistro palhaço Pogo

De IT: Uma Obra Prima do Medo (1990) até Coringa (2019), o palhaço Pogo, alter-ego...

Por DarkSide
FilmesGraphic Novel

SAMURAI SHIRÔ, GRAPHIC NOVEL DE DANILO BEYRUTH, VIRA FILME

Mais um livro publicado pela DarkSide Books será adaptado para o formato audiovisual....

Por DarkSide
Cine Book ClubFilmes

Tudo o que você precisa saber antes de assistir ao filme El Camino

Breaking Bad é um marco no mundo das séries de TV. A história de um professor de...

Por DarkSide