Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Magicae

Lammas: É hora de partilhar o pão e celebrar a prosperidade

Celebração faz parte da Roda do Ano pagã

02/02/2023

A Roda do Ano do nosso calendário mágico segue girando e chega a um dos sabás mais importantes do ciclo: Lammas. A festividade também é conhecida como Lughnasadh e celebra a primeira colheita entre os dias 1º e 2 de fevereiro no Hemisfério Sul e entre os dias 1º e 2 de agosto na Roda Norte.

LEIA TAMBÉM: RODA DO ANO: CONHEÇA AS CELEBRAÇÕES DO CALENDÁRIO PAGÃO

Assim como ocorre em boa parte dos sabás pagãos, Lammas é um momento de celebração e banquetes, mas esse aqui tem um toque especial. Justamente por celebrar a primeira colheita, a comemoração deve envolver alimentos colhidos da própria horta. Se isso não for possível, basta dar preferência a produtos sazonais e locais, com uma ênfase especial para os grãos.

A data do Lammas ocorre entre o solstício de verão (Litha) e o equinócio de outono (Mabon), por isso é celebrado em fevereiro na Roda Sul. Os seguidores da Roda Norte, por sua vez, estão comemorando Imbolc por essa época e só irão celebrar Lammas em agosto. Para saber melhor qual das duas rodas é a mais adequada à sua prática, o livro A Bruxa Intuitiva traz lições poderosas que ajudam praticantes a se guiarem não apenas no calendário, mas em vários aspectos da sua jornada mágica.

Bruxa Intuitiva

O termo Lughnasadh (calma que a gente te ajuda a pronunciar: é “lunasá”) vem do celta e era utilizado para se referir a uma festa agrícola típica daquele povo. Ela era celebrada para homenagear Lugh, considerado o maior guerreiro dentre os celtas, que teria derrotado gigantes.

LEIA TAMBÉM: RODA NORTE OU RODA SUL? COMO CELEBRAR A RODA DO ANO NA BRUXARIA

Quem quer pão?

A palavra Lammas, além de ser mais fácil de ler, tem um significado delicioso: massa de pão! E esse alimento tem tudo a ver com a data: ele é feito com os grãos, representando a colheita. 

Além disso, o pão tem um significado muito forte no que diz respeito a partilha e celebração entre as pessoas. Muito antes da Santa Ceia cristã, já existia a tradição de compartilhar o pão, como Deborah Blake explica em Diário Mágico. O costume de passá-lo de pessoa a pessoa em círculo representa não apenas a conexão entre os presentes, mas também com todos os que vieram antes de nós e se sentaram ao redor de uma fogueira para fazer a mesma coisa.

diário mágico

Existe uma maneira bem simples de celebrar o Lammas, e você não vai precisar de nenhum altar ou objetos muito específicos. Prepare um pão em casa ou, caso você não saiba ou não tenha tempo, compre um pão artesanal, preferencialmente em formato redondo. Você pode partilhá-lo com amigos ou familiares, ou pode celebrar o Lammas sozinha. 

Ao colocar um pedaço do pão na boca, permita que a riqueza dos grãos seja motivo de gratidão pelos alimentos em nossas mesas e pela terra de onde eles vêm. Lembre-se de que no mundo existem pessoas com as mesmas crenças que você e que estão comemorando mais ou menos dessa forma. 

Feitiço de Lammas para novas oportunidades

Se você quer aproveitar ainda mais as festividades de Lammas para realizar um ritual poderoso, Alison Davies traz uma ótima opção em Ano Mágico. E sim, você também irá precisar de pão (viva os carboidratos!).

ano mágico

1. Pegue uma fatia de pão e esmigalhe-a imaginando que essas migalhas são todas as ideias e oportunidades que você gostaria de semear no futuro. 

2. Leve as migalhas para uma área externa e jogue-as de modo que formem um círculo. O desenho simula o movimento que o Sol faz todos os anos e a colheita dos grãos.

3. Quando terminar de espalhar as migalhas, diga: “Eu planto, eu colho, eu recebo recompensas”.

4. Repita esse mantra ao longo do mês de fevereiro (ou agosto, caso siga a Roda Norte) com a intenção de que ele lhe auxilie no seu caminho para o sucesso.

Já pensou em que tipo de pão você vai usar para deixar o seu Lammas ainda mais especial? 

LEIA TAMBÉM: AS INFLUÊNCIAS DAS ESTAÇÕES DO ANO NA NOSSA VIDA

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

1 Comentário

  • Adriano Marques de Brito

    10 de fevereiro de 2024 às 20:53

    Olá! Boa noite! Muito legal este livro sobre a cultura Celta que aborda o tema Lamam! Sempre tive curiosidade sobre cultura Celta! Obrigado! Abraços!

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Bruxa Intuitiva + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Diário Mágico + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Ano Mágico + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Brain Dead: Seu cérebro nunca será desligado

Depois de tudo o que foi feito pelo horror nos anos 1980, nosso gênero mais amado (e...

Por Cesar Bravo
Graphic NovelNovidades

Spa, de Erik Svetoft, é finalista do Prêmio Eisner

Tem história publicada pela DarkSide® Books entre os finalistas do Prêmio Eisner...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Alpha: terceiro filme de Julia Ducournau vem aí

A cineasta francesa Julia Ducournau se estabeleceu como uma verdadeira visionária do...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

Quais são os 7 chakras e o que eles significam

Você provavelmente já ouviu algum comentário sobre “desalinhar os chakras” e...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

O que é a linguagem secreta das flores da Era Vitoriana?

Quanta emoção uma flor pode carregar? Não é de hoje que elas acompanham nossos...

Por DarkSide