Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesDark HouseFilmes

Mansão Mal-Assombrada: Filme ressuscita nosso medo de lares sinistros

Longa é inspirado em atração de parques da Disney

14/08/2023

“Bem-vindos, tolos mortais.” Eis uma frase que poderia ser dita por praticamente todas as casas assombradas que conhecemos. Afinal, para uma residência habitada por fantasmas, demônios e outros seres sobrenaturais não há nada mais apetitoso do que uma boa e desavisada alma humana, não é mesmo? 

LEIA TAMBÉM: A PSICOLOGIA POR TRÁS DO MEDO DE CASAS MAL-ASSOMBRADAS

Não é de espantar que desde cedo, o horror vem sendo povoado por casas assombradas. Imponentes e perigosas, elas se tornaram lugares privilegiados para histórias assustadoras, possibilitando que as mais icônicas e criativas histórias fossem contadas entre suas quatro paredes. Que o diga Edgar Allan Poe e Shirley Jackson, por exemplo. 

Por aqui, a Caveira ama tanto essas residências malditas que têm uma coleção inteirinha dedicada a elas, a Dark House. Nela você pode pegar as chaves (por sua própria conta e risco, é claro) e visitar a vizinhança trevosa de Elementais, Hell House: A Casa do Inferno e, é claro, da icônica Amityville.

dark house

Enquanto essas histórias clássicas tiram nosso sono e nos deixam desconfiados das coisas que podem habitar em nossas próprias residências, existem outras casas tão assombradas quanto, mas cujos moradores tendem a ser um pouco mais… divertidos.

Essa é justamente a premissa de Mansão Mal-Assombrada. O filme acabou de chegar nos cinemas brasileiros e conta a história de uma mãe e seu filho, que se mudam para uma decadente mansão com o objetivo de transformá-la em uma pousada. No entanto, seus planos são interrompidos pelos moradores fantasmagóricos do local, o que faz com que a família precise recorrer a um time de especialistas paranormais. Se o nome do filme lhe parece familiar é porque a famosa mansão do título já apareceu nas grandes telas antes, em A Mansão Mal-Assombrada de 2003, filme estrelado por Eddie Murphy. 

Mas de onde vem a inspiração para tantas histórias situadas em uma única mansão? Não se preocupe que hoje a Caveira vai responder essa pergunta e te levar em um tour por uma das mansões mais famosas da cultura pop. Segure-se firme e não faça contato visual com nenhuma das assombrações que encontrar pelo caminho. 

mansão mal assombrada

A atração mais macabra da Disney

Enquanto muitos filmes nascem como adaptações de livros e graphic novels, a Mansão Mal-Assombrada segue um caminho bem diferente. É que na verdade sua origem é uma atração localizada nos parques temáticos da Walt Disney: a de The Haunted Mansion. No entanto, essa não foi a primeira atração de Mickey Mouse a chegar nas telonas. A franquia Piratas do Caribe, iniciada em 2003, segue o mesmo caminho, sendo baseada no brinquedo homônimo que estreou em 1967 na Disneylândia e continua aberto até hoje.  

Dois anos depois, em 1969, foi a vez de outra atração de “passeio escuro” conquistar o coração dos fãs do terror: a The Haunted Mansion. A ideia para um brinquedo que equilibrasse o macabro com o engraçado surgiu cerca de dez anos antes, durante a construção da Disneylândia, primeiro parque temático da Walt Disney Company. Inicialmente pensada como uma atração em que os visitantes poderiam andar e conhecer a história de um capitão marítimo e sua noiva, a mansão foi descrita nos projetos arquitetônicos como uma “casa velha na colina”

No entanto, algumas mudanças ocorreram ao longo do processo de idealização. Para começo de conversa, o próprio Walt Disney queria que a residência fosse assombrada, mas ao mesmo tempo permanecesse bem cuidada. Isso fez com que a fachada fosse inspirada na Lydecker House, uma casa no estilo vitoriano situada em Baltimore. Também foi decidido que os visitantes seriam conduzidos em pequenos carrinhos motorizados, que ficaram conhecidos como Doom Buggies. O sistema de locomoção permitia que o assento girasse enquanto seguia na mesma direção, o que possibilitava direcionar e controlar o olhar do visitante, tal qual uma câmera em um filme.

lydecker house

A ideia de uma história de fundo foi abandonada e os criadores decidiram que a mansão não precisava de um começo e de um fim, mas sim de personagens icônicos e uma linha de narrativa. O resto ficava sob responsabilidade da imaginação dos visitantes. 

A construção começou em 1961 e foi finalizada em 1963, permanecendo vazia nos anos seguintes, principalmente pela morte de Walt Disney em 1966. As portas foram finalmente abertas em agosto de 1969. O sucesso foi imediato e em uma semana The Haunted Mansion se tornou a atração com o maior número de visitantes em um único dia na Disneylândia.

LEIA TAMBÉM: COMO SABER SE A SUA CASA É MAL-ASSOMBRADA?

Em funcionamento até os dias de hoje, o brinquedo é um prato cheio para os amantes do macabro. Com diferentes cômodos, que vão desde um uma galeria de arte cujas paredes esticam, um sótão antigo, um salão de baile até um cemitério habitado por fantasmas cantantes, a The Haunted Mansion emprega uma ampla gama de tecnologias que variam de efeitos teatrais antigos até os mais modernos efeitos especiais. 

Além de animatrônicos de ponta, por exemplo, a atração utiliza uma técnica de ilusionismo teatral do século XIX conhecida como Pepper ‘s Ghost. Muito empregada por mágicos e artistas de palco, essa técnica emprega placas de vidro, espelhos, ângulos e iluminação especial para criar a sensação de que objetos estão se materializando, desaparecendo, se tornando transparentes e até mesmo se transformando em algo diferente! É assim que muitos dos fantasmas da Mansão ganham vida (ou será que devemos dizer, morte?).

pepper ghost

Graças aos efeitos de ponta, a atração se tornou o lar de personagens memoráveis. Os visitantes são acompanhados pela voz do Fantasma Anfitrião, que narra algumas curiosidades e fatos do lugar e no meio do caminho encontram personalidades interessantes como o espírito maligno de uma noiva (cuidado, ela está segurando um machado), um trio de fantasmas caroneiros (que querem ir embora com você), um fantasma com uma caixa de chapéu e a cabeça flutuante de uma cartomante, nomeada de Madame Leota. Segundo a narrativa oficial da Mansão, o local é habitado por 999 felizes assombrações, mas sempre há espaço para mil (alguém aí quer se candidatar?).

fantasmas caroneiros

Misturando efeitos práticos e tecnológicos com um design deslumbrante e uma narrativa divertida e macabra, a The Haunted Mansion consegue a façanha de não ser nem muito assustadora nem boba demais. Justamente por isso se tornou uma das atrações mais queridas e icônicas da Disney. Muitos visitantes do parque, inclusive, citam com carinho que foi o local quem despertou seu interesse pelo horror. 

Logo, não foi uma surpresa que ela tenha sido replicada em 1971 no parque Magic Kingdom na Flórida e em 1983 na Disneylândia de Tóquio. Além dessas duas, a mansão também inspirou outras duas atrações similares: a Mansão Fantasma na Disneylândia de Paris e a Mansão Mística na Disneylândia de Hong Kong.

mansao assombrada florida

A atração também é cercada por histórias de fundo e easter eggs para os visitantes encontrarem. Por exemplo, existem 20 lápides nas filas de entrada e saída cujos epitáfios foram escritos para celebrar pessoas envolvidas na criação do brinquedo. Há também quem o diga que você pode encontrar o anel da noiva fantasma jogado no chão, após ter sido atirado do sótão onde ela se encontra. 

Mas engana-se quem acha que o poder da The Haunted Mansion acaba nos parques. Desde seu primeiro susto em 1969, a atração se transformou em um fenômeno cultural, com linhas de colecionáveis, itens de decoração e vestuário, Funko Pops, quadrinhos, livros, jogos de tabuleiro e videogames. Até mesmo um crossover com o filme O Estranho Mundo de Jack acontece anualmente quando o local é invadido pelos personagens cinematográficos para celebrar o Halloween e o Natal.

Era questão de tempo até tudo se tornar um filme…

A Mansão vai aos cinemas

Em 2003, a icônica atração foi finalmente transformada em um filme homônimo. Dirigido por Rob Minkoff e estrelado por Eddie Murphy, que há muito queria participar de uma comédia sobrenatural, o longa narra a história de Jim Evers, um corretor de imóveis, que junto de sua família acaba preso na mansão, descobrindo que o lugar é assombrado por uma trágica história do passado.

mansao mal assombrada

Embora não tenha agradado os críticos, Mansão Mal-Assombrada trouxe muitos elementos da atração para as telonas, como os fantasmas caroneiros, uma nova (e muito menos maligna) versão da noiva fantasma e inúmeros outros easter eggs. O papel de Madame Leota, por exemplo, ficou a cargo de ninguém mais, ninguém menos do que a própria noiva de Chucky: Jennifer Tilly. Já os efeitos de maquiagem ficaram sob o comando do lendário Rick Baker, conhecido por seus trabalhos em filmes de horror como Um Lobisomem Americano em Londres

Vale ressaltar uma pequena curiosidade: um dos personagens do filme, Edward Gracey, interpretado por Nathaniel Parker, é um dos nomes encontrados nas lápides da atração, sendo uma homenagem a Yale Gracey, um dos responsáveis pela criação da Mansão original. 

Os fantasmas estão de volta: Mansão Mal-Assombrada (2023)

Vinte anos após o primeiro filme, a Disney resolveu dar mais uma chance à história da icônica mansão. Os planos de um reboot se iniciaram em 2010, com o nome do diretor Guillermo del Toro como um dos possíveis responsáveis. No entanto, inúmeras mudanças de planos fizeram com que del Toro abandonasse o projeto, que ficou paralisado por quase dez anos. Foi apenas em 2020 que a Disney anunciou oficialmente o novo longa, que dessa vez seria comandado por Justin Simien com roteiro de Katie Dippold. 

Após muito tempo de espera, o filme chegou aos cinemas em julho de 2023 com um elenco estelar composto por Rosario Dawson, Danny DeVito, LaKeith Stanfield, Owen Wilson e Tiffany Haddish. Para os fãs de horror, há ainda um atrativo extra: a scream queen Jamie Lee Curtis assume o icônico papel de Madame Leota, uma das habitantes mais famosas do local.

madame leota

Mansão Mal-Assombrada conta a história de Ben (LaKeith Stanfield), um brilhante cientista que se encontra consumido pela perda da esposa e cuja vida é dividida entre beber para esquecer o luto e liderar tours de fantasmas em Nova Orleans. Tudo muda com a chegada inesperada do excêntrico Padre Kent (Owen Wilson) que lhe oferece uma recompensa para capturar a imagem de um fantasma. Isso leva Ben a Gracey Manor, uma enorme mansão recentemente comprada por Gabbie (Rosario Dawson) e seu filho Travis (Chase W. Dillon). No entanto, a propriedade revela ser assombrada e logo Ben se encontra entre uma cômica equipe de especialistas paranormais que devem trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o lugar.

Tal qual a atração dos parques, o filme transita entre o tom cômico e o horror, entregando um roteiro que não apenas agrada aos fãs do brinquedo clássico, como também satisfaz aqueles que não tiveram contato com a história. Mansão Mal-Assombrada é uma grande carta de amor, trazendo carinhosamente os fantasmas, inúmeros detalhes e as narrativas presentes na atração icônica, que foi meticulosamente recriada pela produção. Além de tudo, o filme também surge como um entretenimento para as crianças, abordando de forma sensível temas como o luto e a morte. No geral, Mansão Mal-Assombrada é um divertido tour pelo sobrenatural, que faz jus à sua inspiração e nos mostra porque a atração homônima é tão amada pelo público. 

mansao mal assombrada

Ao mostrar que histórias de fantasmas podem ser sim emocionantes, cômicas e, ao mesmo tempo, assustadoras, o longa com certeza merece a atenção dos DarkSiders que gostam de casas mal-assombradas, mas que consideram Amityville e A Mansão Belasco talvez um pouco aterrorizantes demais. Só não se esqueça uma coisa: nessa mansão, os fantasmas podem pegar carona e vir para casa com você. Afinal, eles estão morrendo de vontade de ter companhia

LEIA TAMBÉM: CASA ASSOMBRADA? QUE TAL ESSES FILMES DE TERROR EM APARTAMENTOS?

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Elementais + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Amityville + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
DarksidePerfil

Peter Straub: A síntese do horror e da beleza na literatura

Existem autores que conseguem explorar o terror muito além dos sustos, dos monstros e...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Novo filme de O Corvo divulga as primeiras imagens

Depois de viver o palhaço Pennywise em It, Bill Skarsgård aparece pela primeira vez...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Superstition: Um filme que irá testar sua descrença

Existe um ditado muito popular entre os colaboradores da Firestar Videolocadora e do...

Por Cesar Bravo
FilmesLivros

4 Livros da DarkSide para quem amou Pobres Criaturas

Ciência, medicina, monstruosidade e a busca humana pelo nosso lugar no mundo. Esses...

Por DarkSide
CuriosidadesFábulas DarkFilmes

Wicked: O livro, o musical, o filme

Que Dorothy nos desculpe, mas há muito que a Bruxa Má do Oeste conquistou nossos...

Por DarkSide