Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

CuriosidadesMedo Clássico

Robert Louis Stevenson: o contador de histórias

Conheça a trajetória do autor de O Médico e o Monstro e que também produziu novelas, contos, ensaios, peças teatrais, poemas e relatos de viagens

É inegável o legado que Robert Louis Stevenson deixou para a literatura universal. Considerado um dos mais importantes escritores britânicos do século XIX, o autor produziu novelas, contos, ensaios, peças teatrais, poemas, relatos de viagem, e ao menos dois grandes clássicos: A Ilha do Tesouro e O Médico e o Monstro. Este segundo, publicado pela DarkSide® Books como O Médico e o Monstro e Outros Experimentos, em edição especial com tradução de Paulo Raviere, ilustrações impecáveis de Alcimar Frazão e uma seleção de contos perfeita para quem quer conhecer ou revisitar o talento inigualável de Stevenson. 

LEIA TAMBÉM: O MÉDICO E O MONSTRO & OUTROS EXPERIMENTOS FINALMENTE ESTÁ EM CASA

Nascido em 13 de novembro de 1850, na capital da Escócia, Robert Louis Stevenson era proveniente de uma família tradicional que atuava no ramo da construção e, por este motivo, sempre foi pressionado a seguir os mesmos passos de seu pai, um engenheiro civil. Mas sua saúde debilitada e a falta de interesse nesta área, fizeram com que Stevenson optasse por seguir uma carreira alternativa.

Em 1866, ele ingressou na faculdade de Direito de Edimburgo, habilitação esta que viria a lhe proporcionar seu primeiro encontro com a paixão pela escrita. Durante os anos de 1871 e 1872, Stevenson teve a oportunidade de contribuir com a produção do conteúdo do jornal universitário da instituição, o Edinburgh University Magazine, o que acabou revelando seu talento e apreço pela literatura.

Por se sentir deslocado no ambiente familiar – graças às altas expectativas, tradicionalismo moral e puritanismo de seu pai – após concluir a faculdade Stevenson mudou-se para a cidade de Londres, na Inglaterra. Em sua curta estadia na cidade, passou a frequentar os salões literários para, algum tempo depois, partir em uma longa viagem para conhecer toda a Europa. Foi neste momento, mais especificamente na França em 1876, que ele conheceu uma norte-americana chamada Fanny Van de Grift Osbourne. Dez anos mais velha que Stevenson e mãe de Lloyd Osbourne, Fanny conquistou por completo o coração do escritor e, após quatro anos de relacionamento, em 1980 os dois decidem se casar.

Depois deste período, o escritor publicou o seu primeiro livro com relatos das viagens que fez pela Europa e, em seguida, o seu primeiro romance, chamado A Ilha do Tesouro, em 1883. Um ano depois, acabou sendo internado na cidade de Davos, Suíça, para tratar a tuberculose da qual sofria há anos.

Mas foi 1886, quase 15 anos após descobrir sua paixão pela escrita, que Stevenson publicou sua notória obra O Médico e o Monstro. A novela vendeu, nos seus primeiros seis meses, 40 mil exemplares nas Ilhas Britânicas e, nos Estados Unidos, estima-se que algo em torno de 250 mil cópias. Porém, o sucesso instantâneo não resultou imediatamente em conforto financeiro. 

O Médico e o Monstro (DarkSide Books), de Robert Louis Stevenson

O prestígio de Stevenson aumentaria apenas com o passar dos anos, como comenta Paulo  Raviere – tradutor de O Médico e o Monstro e Outros Experimentos publicado pela DarkSide – na nova edição do clássico. “Sua obra então arrancaria aplausos dos escritores mais díspares entre si. Tal disparidade, inclusive, pode descrever o conteúdo de sua obra que engloba histórias de terror, mistério, aventura e fantasia, sendo que nenhuma dessas narrativas pode ser resumida a um gênero e enquadrada em apenas uma categoria”.

LEIA TAMBÉM: COMO O MÉDICO E O MONSTRO ESTÁ PRESENTE NA CULTURA HÁ MAIS DE 130 ANOS

Mesmo com a crescente fama que conquistava na Europa, a saúde debilitada de Stevenson o obrigou a se mudar para os Estados Unidos, com o objetivo de fugir do frio e para retomar o tratamento de sua tuberculose. Em 1889, decidiu se aventurar em um veleiro por diversos arquipélagos do Pacífico-Sul, junto com a esposa e o enteado. Apaixonado pelas paisagens paradisíaca, o autor acabou se estabelecendo definitivamente em Apia, nas Ilhas Samoanas, local onde ficou conhecido como tusitala – o contador de histórias. Anos depois, em 1894, Stevenson faleceu aos 44 anos, vítima de uma hemorragia cerebral, deixando a obra-prima Weir of Hermistoninacabada. O escritor encontra-se sepultado no Stevenson Family Estate Grounds em Vailima, nas Ilhas Samoanas.

Apesar de considerado por muitos como autor infantojuvenil, Stevenson foi celebrado por um heterogêneo rol de escritores, tais como Jorge Luis Borges, Vladimir Nabokov, Virginia Woolf, G.K. Chesterton, Arthur Conan Doyle, Marcel Schwob e Henry James. Até hoje sua obra inspira incontáveis traduções, adaptações, interpretações e homenagens.

LER MAIS

Indicados para você!

Medo Imortal - DRK.X
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Drácula - First Edition - DRK.X
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Medo ClássicoSéries

Netflix divulga teaser oficial da nova série sobre Drácula

Drácula, a nova série da Netflix dos mesmos criadores de Sherlock, teve seu teaser...

Por DarkSide
ListasLivros

Confira 13 dicas para acertar nos presentes de Natal

O fim de ano chegou e, junto com ele, a correria das compras de Natal e Amigo Secreto....

Por DarkSide
LançamentoVários

MeiaMeiaMeia: As meias Stance chegaram na DarkSide Books

Somos amantes da literatura, adoradores natos das palavras que nos transformam. Não...

Por DarkSide
DarkloveSéries

A Noiva Fantasma: Netflix libera trailer de série inspirada em livro da DarkSide

A Netflix anunciou a adaptação e o elenco da série A Noiva Fantasma, que contará...

Por DarkSide
ListasLivros

13 personagens femininas da DarkSide que você precisa conhecer

Durante muito tempo as mulheres ocuparam um lugar de pouco destaque na cultura pop....

Por DarkSide