Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


DarksidePerfil

Os horrores de Marco de Castro

Autor tem longo histórico no gênero

Marco de Castro é um nome já conhecido entre os fãs de horror: seu conto Morto Não Fala virou filme dirigido por Dennison Ramalho e, recentemente, livro pela DarkSide Books®. Confira um perfil do autor feito pela Caveira.

O Início

Em entrevista ao blog da Macabra TV, Castro contou sobre seus interesses dentro da Literatura e de que formas isso o influenciou: “… Acho que começou ainda na infância, lá pelos 8 anos de idade. Nessa época, eu viciei em quadrinhos de super-heróis e, quando não estava lendo, ficava bolando alguma história dos X-Men ou do Batman dentro da minha cabeça. Na adolescência, viciei também em filmes de terror. Minha mãe, percebendo minha quedinha por coisas mórbidas, começou a me dar Agatha Christie para ler. Tramas de mistério e assassinato. Eu gostei, e não demorou muito para passar para Stephen King, Clive Barker… Li O Exorcista, do William Peter Blatty, e Psicose, do Robert Bloch, quando tinha 11 anos.”

LEIA TAMBÉM: MARCO DE CASTRO: COSTURANDO PALAVRAS DO ALÉM

Com o interesse crescente por contar histórias, ele se formou em Jornalismo e trabalhou por muito tempo cobrindo o noticiário policial (2000 a 2006), que acabou se tornando a sua nova fonte de inspiração. Entre uma matéria e outra, Castro publicava textos em seu blog “Desgraceira”, narrando o dia-a-dia profissional e os horrores encontrados nele.

Do cotidiano narrado no primeiro blog, Castro passou para a ficção e lançou o blog “Casa do Horror”. Em entrevista ao DarkBlog, o autor comentou sobre a motivação por trás dessa mudança: “O Desgraceira começou a ser lido por muita gente, pessoas de outros estados, que eu não conhecia. Alguns leitores se tornaram fiéis. Isso me incentivou a tentar a sorte em ficção, e criei o Casa do Horror, onde foi publicada a maioria dos contos que agora entram no livro Morto Não Fala e Outros Segredos de Necrotério”.

LEIA TAMBÉM: MARCO DE CASTRO: “O HORROR DA REALIDADE SEMPRE SUPLANTA O HORROR IMAGINÁRIO.”

Colaborações com Dennison Ramalho

Foi através do Casa do Horror que Castro conheceu o cineasta Dennison Ramalho e desenvolveu uma amizade que daria frutos pouco tempo depois: o curta “Ninjas”, de 2010, foi inspirado no conto “Um Bom Policial”. Confira a sinopse e o curta abaixo:

Em crise após matar uma pessoa inocente durante ação na favela, policial militar é introduzido na unidade dos Ninjas, um grupo de extermínio que se dedica a eliminar sadicamente suspeitos de crimes violentos.

O curta atraiu diversas críticas positivas, o que abriu caminho para a produção do longa “Morto Não Fala”, segundo fruto da parceria de Ramalho e Castro e obra que redefiniu o cinema nacional. Antes mesmo de estrear no país, o longa já colecionava participações em festivais internacionais. Sinopse e trailer abaixo:

Stênio é plantonista noturno no necrotério de uma grande e violenta cidade. Em suas madrugadas de trabalho, ele nunca está só, pois possui um dom paranormal de comunicação com os mortos. Quando as confidências que ouve do além, contudo, revelam segredos de sua própria vida, Stênio desencadeia uma maldição que traz perigo e morte para perto de si e de sua família.

Morto Não Fala e Outros Segredos de Necrotério

Transpondo para a literatura as mazelas e questionamentos da cidade, onde a crueza, a maldade, o racismo e as demais manifestações do grotesco ganham o olhar do leitor, o livro lançado pela DarkSide® Books traz contos de Castro que mostram que o horror da realidade pode sim suplantar o da ficção.

Um mergulho abissal nas histórias mais perturbadoras da capital paulista. Com olhar de câmera de vigilância, Castro capta as cenas mais atrozes, violentas e imorais, que surgem em seus contos como espelho e personificação de uma realidade documentada pelo seu olhar atento e urgente.

Para além dos livros

Não é apenas na literatura que Castro busca apontar as falhas da sociedade. Autor também toca em duas bandas punks e, ainda na entrevista dada ao DarkBlog, afirma: “Eu, pessoalmente, acredito ter a missão de ‘esfregar’ o lado podre da realidade na cara das pessoas. Quero causar indignação, inconformismo e revolta. Na música é a mesma coisa. Nos discos das minhas bandas punk, Coice e Aparelho, você nunca encontrará uma canção de amor ou uma letra divertidinha com piadinha de sacanagem. Só componho e escrevo inspirado pela minha revolta.”

Ouça agora:

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

1 Comentário

  • Ronaldo Antônio da silva

    26 de dezembro de 2021 às 17:27

    Morto não fala parece um bom filme ganhador de prêmios como no caso de exterminadores do além que também foi premiado em outros países. Vou assistir com certeza

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Porco de Raça + Brinde Exclusivo
R$ 49,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
DarksideEntrevistaPerfil

Agustina Bazterrica: “A literatura de terror é um canal das emoções sociais”

A distopia Saboroso Cadáver nos apresenta a um mundo em que a carne animal se tornou...

Por DarkSide
CuriosidadesMedo Clássico

Quem foi Vita Sackville-West, inspiração para Orlando

Algumas das maiores obras de todos os tempos foram inspiradas em paixões reais. Esse...

Por DarkSide
AnimaçãoDarksideFilmes

O poder da mitologia na cultura pop

Sempre vamos precisar de heróis para nos inspirar com feitos e desafios fabulosos. Das...

Por DarkSide
Coven MagicaeMagicae

Cozinha da Bruxa

Nossa cozinha tem o equilíbrio perfeito dos 4 elementos: a água, equilibrando nossas...

Por Dani Petrucci
Cine Book ClubFilmesListas

6 Máscaras de filmes de terror e suas inspirações reais

Desde os desenhos do Scooby-Doo nos acostumamos a vilões mascarados. Há certo...

Por DarkSide