Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

DarkloveEntrevistaFotografia

Pequenas Realidades: Conheça o fotógrafo fascinado por miniaturas

Em entrevista ao Darkblog, o autor do projeto Encolhi as Pessoas, Renan Viana, comentou sobre o seu trabalho e as obras da Darkside

Em Pequenas Realidades, Tabitha King apresenta aos leitores o fascinante e bizarro mundo das miniaturas. No livro, a socialite Dorothy Hardesty Douglas é uma entusiasta colecionadora. Filha de um ex-presidente norte-americano, ela possui uma réplica da Casa Branca, perfeita em cada mínimo detalhe. Só que Dorothy descobre uma maneira fantástica e perturbadora de decorar sua casinha.

LEIA TAMBÉM: A FAMÍLIA KING TEM UM LAR NA DARKSIDE BOOKS

Longe das bizarrices do universo de Tabitha King, um fotógrafo brasileiro trabalha com miniaturas de uma forma muito mais divertida (e saudável). Renan Viana é natural de Belém (PA) e atualmente mora na cidade de São Paulo. Ele ficou conhecido pelo seu projeto fotográfico Encolhi as Pessoas, que mistura objetos do cotidiano em contextos inusitados através do uso de miniaturas. 

Formado em Comunicação Social com ênfase em Multimídia, Renan teve a ideia do projeto em 2014, quando visitou um antiquário e encontrou uma caixa de miniaturas. Ela achou os detalhes das peças impressionantes e as levou para o estúdio em que trabalhava para fotografá-las. Além de utilizar os bonequinhos como modelo em suas fotos, ele se tornou um colecionador de miniaturas.

Renan produz fotos de suas miniaturas com objetos, comidas e até cenários reais
Renan produz fotos de suas miniaturas com objetos, comidas e até cenários reais

Mas não foi somente na vida adulta que o fotógrafo passou a se interessar pelos pequenos objetos. Quando criança, sempre gostou de quadrinhos e desenhos e se divertia brincando com os bonecos dos personagens. Não demorou muito para que ele começasse a colecionar action figures e miniaturas.

A fotografia surgiu para Renan antes mesmo da faculdade, com a realização de cursos livres de fotografia, ainda em Belém. Com a vida acadêmica, ele se viu ainda mais interessado pelo mundo das câmeras e lentes e se especializou em fotografia publicitária. Desde 2011, Renan Viana trabalha neste ramo e atualmente tem uma produtora que cria fotos e vídeos para agências e empresas.

Como Renan Viana “encolhe as pessoas”

No projeto Encolhi as Pessoas o fotógrafo trabalha sozinho e até encara a atividade como uma espécie de terapia e exercício de concentração. O tempo de criação de cada imagem pode variar bastante dependendo da complexidade das cenas. Em alguns casos ele mesmo cria as miniaturas através de uma impressora 3D de resina – somente a impressão pode levar um dia. 

Depois disso, a miniatura precisa receber pintura, feita à mão com pincéis bem finos, para melhor precisão dos detalhes. Após ter todos os elementos é que Renan escolhe a locação e define o horário de captação das imagens.

Com as imagens em mãos, há todo o processo de pós-produção, que envolve a edição das imagens e finalização para publicação. O fotógrafo gosta de documentar os bastidores deste processo e disponibiliza o making of no site do projeto.

O DarkBlog conversou com Renan Viana, que deu mais detalhes sobre o seu processo criativo e comentou algumas publicações da Caveira:

Detalhes de uma das produções de Renan Viana
Detalhes de uma das produções de Renan Viana

DarkSide: Qual o processo de criação para as fotos? Você pensa em uma temática e desenvolve os cenários ou é algo que surge da inspiração do dia a dia?

Renan Viana: As ideias vêm do cotidiano ou de algum acontecimento que me chamou a atenção. Primeiro escolho as miniaturas, depois faço o planejamento de customização ou criação de objetos e figuras. Em seguida, vem o processo de escolha do local ou definição de cenário, montagem de luz, seleção de objetivas e, por último, o tratamento das imagens.

D: Você cria as suas miniaturas personalizadas e notamos que tem uma foto que reproduz a série Stranger Things. Você é fã do Mundo Invertido? Qual foi a maior dificuldade em reproduzir essa cena da última temporada da série?

RV: Gosto muito de Stranger Things, acho que é um universo com muitos elementos e personagens especiais para trabalhar. Já estava com a cena na cabeça desde a primeira temporada e aproveitei o gancho de lançamento da nova fase para reproduzir um dos cartazes de divulgação. A maior dificuldade sempre é personalizar as figuras, para que lembrem os personagens originais.

A primeira imagem faz referência à série Stranger Things
A primeira imagem faz referência à série Stranger Things

D: No livro Pequenas Realidades da DarkSide®, a protagonista Dorothy tem um aparelho que encolhe objetos. Se você pudesse realmente encolher as pessoas e monumentos para as suas fotos, quem ou o quê você encolheria? Que situação reproduziria?

RV: Poder encolher qualquer coisa é um grande poder. Sempre me imagino nas cenas e como seria ser tão pequeno nas fotos que crio. Nas vantagens e desvantagens de estar encolhido, acho que me encolheria e experimentaria ver a vida do ângulo que as minhas imagens reproduzem.

D: A protagonista do livro tem verdadeira obsessão por miniaturas e montar o cenário perfeito da Casa Branca é como um passatempo para ela. Para você é um trabalho, mas têm dias em que se sente obcecado para reproduzir a foto perfeita de uma miniatura? Comente um pouco sobre essa sensação.

RV: O Encolhi as Pessoas é o meu hobby favorito, creio que deixaria de me interessar a partir do momento que virasse obsessão. Gosto da imperfeição das coisas.

D: Se você pudesse reproduzir uma história da DarkSide® Books em miniatura, qual seria?

RV: Iria de clássico e encolheria Drácula – First Edition.

Conheça mais sobre o trabalho de Renan Viana no site: https://encolhiaspessoas.com.br/

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Pequenas Realidades + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Graphic NovelLançamento

Mamãe Está com Câncer, por Brian Fies

Estamos todos expostos à mesma realidade. Muitos já vivenciaram ou tiveram contato...

Por DarkSide
DarksideEntrevista

Tainá Müller: “Entendi que eu teria que criar a minha Verônica”

A primeira obra de ficção policial nacional a ser adaptada para uma série da Netflix...

Por DarkSide
CaveirinhaLançamento

Conheça a nova obra do selo Caveirinha Nós, os ETs

Nós, os ETs nasceu em plena pandemia, quando o planeta Terra parou e fomos...

Por DarkSide
CaveirinhaLançamento

O Balde Vazio de Wesley Rodrigues chega ao selo Caveirinha

“Uma obra repleta de personalidade. É preciso habilidade de observação e muita...

Por DarkSide
CaveirinhaLançamento

Anna e o Balão, por Ferréz e Fernando Vilela

Anna esperava por aquele dia com ansiedade. Guardava as moedas que ganhava da mãe para...

Por DarkSide