Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Cine Book Club

Reboot de Candyman tem novos nomes do elenco revelados

A história do assassino com a mão de gancho retorna aos cinemas no próximo ano com um elenco de peso, produção e roteiro de Jordan Peele e Win Rosenfeld

Os atores Nathan Stewart-Jarrett (Misfits) e Colman Domingo (Fear the Walking Dead) estão prontos para chamar Candyman cinco vezes diante do espelho. Os dois se juntaram a Yahya Abdul-Mateen II e Teyonah Parris para o próximo filme de Jordan Peele, uma sequência espiritual de O Mistério de Candyman (1992), que iniciou a fotografia principal nesta semana em Chicago, de acordo com o Deadline. A Universal Pictures distribuirá Candyman e o lançamento nos EUA acontece em 12 de junho de 2020.

O longa será filmado inteiramente em Chicago e uma das locações inclui o bairro onde a lenda começou: o agora North Side, onde os projetos habitacionais Cabrini-Green já existiram. O filme de 1992, dirigido por Bernard Rose, conta a história personagem-título, estrelado por Tony Todd. Considerado um dos maiores clássicos do terror, o filme revela uma jovem estudante que investigava lendas urbanas e pichações em prédios do subúrbio, mas acaba descobrindo a história do assassino com a mão de gancho. De acordo com a lenda, todos que chamarem seu nome cinco vezes diante do espelho seriam perseguidos e mortos. O Mistério de Candyman fez sucesso e se tornou popular entre os amantes do gênero, gerando duas seqüências: Candyman 2 – A Vingança (1995) e Candyman: Dia dos Mortos (1999)

LEIA TAMBÉM: Saiba mais sobre os filmes de terror em cartaz na Mostra Horror Noire

Neste reboot, Peele, vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original com Corra!, em 2018, produz e escreve o roteiro ao lado de Win Rosenfeld, de Infiltrado na Klan. A direção do novo longa de Candyman fica com Nia DaCosta (Little Woods). Pela DarkSide Books, a história de Candyman, que saiu da mente de Clive Barker, ganhou uma edição doce e sangrenta para os fãs de um bom slasher movie.

Com novos nomes no elenco, Peele reforça a representatividade negra nos filmes de terror. Na época da estreia de Nós (2019), o diretor afirmou durante um evento em Nova York que não tem interesse em escalar atores brancos para seus filmes, levando em consideração que a grande maioria das produções de Hollywood sempre foi branca. “Não que eu não goste de caras brancos. Mas eu já vi muitos filmes assim antes”, disse. Mostrando o peso de seu nome dentro de Hollywood, o diretor ainda garantiu que consegue contratar pessoas negras para seus filmes: “Eu me sinto numa posição de privilégio por poder dizer à Universal que quero fazer um filme de terror que custa US$ 20 milhões e tem uma família negra como protagonistas. E os investidores falarem sim.”

Candyman: Jordan Peele produz e assina roteiro do reboot
O diretor Jordan Peele e os atores Lupita Nyong’o e Yahaa
Abdul-Mateen II, do elenco de Nós (2019)

Peele e o ator Tony Todd  também foram entrevistados para o documentário Horror Noire: A History of Black Horror, do streaming audiovisual Shudder. A produção é baseada no livro Horror Noire, da Dra Robin R. Means Coleman, da DarkSide Books, com tradução de Jim Anotsu, que apresenta uma pesquisa extensa e profunda sobre a importância dos atores e cineastas negros no avanço da representatividade no terror, além de apresentar muitos filmes do gênero e analisar cada um deles.

Stewart-Jarrett é conhecido pelas séries de TV Misfits e Utopia. Em 2018, ele estrelou na Broadway no revival de Angels in America. Já Domingo interpretou Victor Strand em Fear the Walking Dead. Ele também aparece na Euphoria, da HBO. Abdul-Mateen II, confirmado no elenco do reboot de Candyman, pode ser visto no próximo Watchmen, da HBO. Ele também apareceu em Black Mirror, The Get Down, Aquaman e Nós, ao lado de Lupita Nyong’o. Outro nome que está no elenco é o da atriz Teyonah Parris, do filme Cara Gente Branca (2014), de Justin Simien, que inspirou a série da Netflix. Ela também está em Chiraq, de Spike Lee, e apareceu em Se a Rua Beale Falasse (2018), de Barry Jenkins, ao lado de Domingo.

MOSTRA HORROR NOIRE, EM SÃO PAULO

O documentário Horror Noire, inspirado no livro de Coleman, e inédito no Brasil, conta com depoimentos de grandes nomes do horror internacional, que discutem a presença e a representatividade negra nos filmes de terror ao longo da história do cinema. A Mostra Horror Noire que estreou no Centro Cultural São Paulo (CCSP) no dia 08 de agosto exibirá o documentário nesta quinta-feira, dia 15, às 16h gratuitamente, além de outros grandes clássicos do gênero, em uma parceria com a DarkSide Books (confira a programação completa da mostra). Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados com 1 hora de antecedência diretamente na bilheteria no local, de acordo com o site do CCSP.

LER MAIS

Indicados para você!

Candyman DRK.X
R$ 49,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EntrevistaMedo Clássico

Lula Palomanes fala sobre caricaturizar mestres da literatura brasileira em Medo Imortal

Lula Palomanes é desenhista autodidata e, com o passar dos anos, se firmou como...

Por DarkSide
FotografiaGraphic Novel

Designer e fotógrafa encarna o mundo em miniatura de Aurora nas Sombras

Um grupo de pequenos seres é obrigado a sair do lugar aconchegante onde mora e iniciar...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Killer Clown: conheça os filmes inspirados no sinistro palhaço Pogo

De IT: Uma Obra Prima do Medo (1990) até Coringa (2019), o palhaço Pogo, alter-ego...

Por DarkSide
DarksideSéries

Bom Dia, Verônica vai virar série da Netflix

O suspense que atormentou os leitores da DarkSide e teve seus verdadeiros autores...

Por DarkSide
DarksideLançamento

Objetos Sobrenaturais: Como identificar uma assombração

E se a sua casa tivesse uma visita permanente invisível aos olhos humanos? Os objetos...

Por DarkSide