Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


DarklovePerfil

Susanna Kaysen: 5 curiosidades sobre a autora de Garota, Interrompida

De encontro com as intempéries da psique humana

26/03/2024

O ser humano, por natureza, tende a buscar identificação com a história de outras pessoas. Queremos pertencer, mesmo que muitas vezes inconscientemente. As trajetórias que se apresentam pelo nosso caminho acabam trazendo essa proximidade, um senso de “parece que estão falando de mim”, principalmente na não ficção.

LEIA TAMBÉM: LANÇAMENTO: GAROTA, INTERROMPIDA POR SUSANNA KAYSEN

Mas nem todo autor escreve e compartilha sua experiência pensando que ela é também a história de outra pessoa. É o caso da escritora americana Susanna Kaysen, autora do aclamado Garota, Interrompida, que chega à DarkSide® Books logo após completar três décadas da sua primeira edição.

Susanna trouxe ao mundo, pela primeira vez em 1993, a obra que marcou gerações e que segue impactando leitores ao redor do mundo. Porém, apesar do grande sucesso da autobiografia, e adaptação hollywoodiana do livro em 1999 estrelado por Winona Ryder, a norte-americana contou em entrevista ao The Cut não ter escrito a história de outras pessoas, mas sim a própria história.

garota interrompida

A identificação do público chegou a assustar a autora, que compreendeu a aproximação dos leitores pelo fato de ter deixado diversas lacunas não preenchidas sobre a própria vida, em Garota, Interrompida. Esses espaços em branco deixam oportunidades para que as pessoas preencham com suas próprias histórias, o que ao ponto de vista de Kaysen foi confuso, mas também gratificante.

Lançamento do selo DarkLove, a Caveira traz para você algumas curiosidades sobre a autora de uma das narrativas mais profundas sobre a psique humana.

1. Vinte e cinco anos separam a experiência da escrita de Susanna

Após ter sido convencida à internação voluntária no hospital psiquiátrico de Massachusetts, no final dos anos 1960, Susanna acreditou que estava indo passar alguns dias para se recuperar de um episódio em que tentou interromper a própria vida. A realidade se transformou no diagnóstico de transtorno de personalidade borderline, e Susanne viveu cerca de 18 meses internada na instituição.

susanna kaysen

Para ela, todo esse tempo pareceu ser “um grande longo dia”, sem conseguir distinguir a diferença entre eles, por precisar seguir uma rotina que se repetia dia após dia. Ao receber alta do hospital, Susanna começou a escrever sobre sua experiência, e gostou do que estava escrevendo, o que a levou a seguir pelo caminho da não ficção. Mas foi apenas após 25 anos da experiência com a internação que a escritora finalizou e publicou o que viveu durante alguns meses dos seus 18 anos.

2. Garota, Interrompida e o paralelo com a obra de Vermeer

A obra, intitulada Garota Interrompida em sua Música, de Johannes Vermeer, deu inspiração a Susanna para o título do livro. O quadro, que está no museu Frick de Nova York, representa para a autora exatamente o que ela viveu durante sua internação: a interrupção da juventude, de um momento importante onde ela deveria estar indo para o mundo, mas na verdade precisou fazer o movimento inverso, de ir para dentro de si, mesmo tão jovem.

garota interrompida em sua música

3. Títulos que ecoam a arte

Não foi somente Garota, Interrompida que recebeu o título com inspiração em alguma referência artística de Susanna. Outra obra de não ficção de Kaysen é A Câmera que Minha Mãe me Deu, um livro que relata um problema médico crônico e intratável em sua vagina, enfrentado pela autora.

O nome da obra, que nada tem a ver com a relação de Kaysen com sua mãe, foi na verdade retirado de um diálogo do filme Buñuel, Viridiana. No diálogo, um bando de personagens bêbados está sentado em uma mesa de banquete e alguém fala “Vamos tirar uma foto”. Uma das mulheres se levanta e pergunta onde está a câmera, e na sequência ela fala “eu vou tirar com a câmera que minha mãe me deu”, tirando a sua saia. Kaysen confessa que na verdade ela fala “eu vou tirar com a câmera que meu pai me deu”, mas ela acabou lembrando errado e assim virou o título do polêmico livro.

viridiana

4. O pai de Susanna foi assessor do presidente John F. Kennedy

O economista e ex-professor de Harvard e do MIT foi também assessor de segurança nacional do presidente John F. Kennedy. Um dos trechos mais famosos do filme estrelado por Winona Ryder mostra o psiquiatra de Susanna declarando ser um amigo próximo de seu pai. Portanto, a escritora afirma que muitas das informações sobre sua família foram deixadas em branco no livro.

5. Livro x filme: as diferenças entre obras

Susanna relata que o filme estrelado por Winona em pouco se parece com a obra que escreveu. “Eu escrevi um livro, não um filme. Não havia uma história nele, eu não sabia como fariam a adaptação, afinal eu tive problemas para publicar, então nunca esperava que fosse fazer o sucesso que fez”.

A autora conta ainda que foi a persistência de Winona que o fez ser levado para as telonas, já que a atriz foi tocada pela obra e queria muito interpretar o papel de Susanna. “Se não fosse pela obsessão e fascínio de Winona, o livro não teria virado filme”, relata. Com grandes nomes atuando, como Angelina Jolie, Whoopi Goldberg, Brittany Murphy, entre outros, Kaysen já sabia que não gostaria da adaptação. Ela conta que o papel de Lisa foi exagerado e histérico, mas que as pessoas gostam disto. “Definitivamente foi feito de uma forma diferente, algumas partes eu nem reconheci. Mas foi a produção do filme que me deu a liberdade para poder escrever o que eu quiser”, conta. 

Garota Interrompida
Columbia Pictures/Divulgação

LEIA TAMBÉM: 7 FILMES QUE ABORDAM A SAÚDE MENTAL

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Garota, Interrompida + Brinde Exclusivo
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
O Último Adeus + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Donnie Darko + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneCuriosidades

Jane Toppan: Conheça o caso dessa lady killer

Conhecida como “a primeira serial killer dos Estados Unidos”, Jane Toppan se valia...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Deadly Blessing: Wes Craven, pesadelos e Sharon Stone

Alguns mestres supremos do terror se tornaram tão fortemente associados a algumas de...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

Blumhouse fará um novo A Bruxa de Blair com a Lionsgate

Jason Blum vai reviver A Bruxa de Blair — e se você não captou o que significa essa...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Lançamento: Lady Killers Profile: Jane Toppan, por Harold Schechter

Em 1891, Jane Toppan jurou cuidar e proteger em sua profissão como enfermeira...

Por DarkSide
Crime SceneNovidades

O.J. Simpson morre aos 76 anos

Aos 76 anos de idade, O.J. Simpson faleceu em decorrência de um câncer nessa...

Por DarkSide