Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


DarksidePerfil

Thomas Olde Heuvelt, um adorador de tudo o que é sinistro e macabro

Escritor holandês premiado mistura bruxaria e tecnologia no livro HEX, publicado pela DarkSide® Books.

16/04/2020

Thomas Olde Heuvelt, nasceu em 16 de abril de 1983, em Nijmegen, Holanda. Jovem escritor, ele vive em uma pacata cidade cercada por uma densa e sombria floresta. Os caminhos que ele precisa percorrer diariamente entre as folhas, moinhos e lagos o inspiraram a criar uma história macabra que, com sua originalidade e solidez, conseguiu tocar os corações assombrados dos mestres Stephen King, Joe Hill e George R.R. Martin.

Sempre apaixonado por livros, Heuvelt optou por estudar literatura inglesa e americana, curso que realizou na Radboud Universiteit Nijmegen e na Universidade de Ottawa, no Canadá, onde morou por meio ano. Em muitas entrevistas, o escritor já comentou que os heróis literários de sua infância foram Roald Dahl e Stephen King, que influenciaram a sua admiração pela ficção sombria e pelo terror. Mais tarde, ele descobriu também as obras de uma ampla gama de escritores contemporâneos, como Jonathan Safran Foer, Carlos Ruiz Zafón, Neil Gaiman e Yann Martel. Seu primeiro livro, De Onvoorziene (em holandês), foi escrito quando ele tinha apenas dezesseis anos, e publicado com uma pequena tiragem em 2002. 

Em 2004, lançou a obra chamada PhantasAmnesia (em holandês), sua primeira pincelada no gênero do horror. Posteriormente, escreveu o conto The Boy Who Cast No Shadow, texto responsável por garantir múltiplos prêmios e indicações a Heuvelt, como o Paul Harland de melhor obra holandesa de ficção fantástica (2009 e 2012), e o Science Fiction & Fantasy Translation Awards, em 2012. A história também foi nomeada para o Prêmio Hugo de Melhor Noveleta em 2013. No ano seguinte, ele foi indicado ao World Fantasy Award com a obra The Ink Readers of Doi Saket (em holandês) e acabou vencendo o Hugo Fantasy Award em 2015 com o seu The Day the World Turned Upside Down.

No Brasil, Thomas Olde Heuvelt chegou pela DarkSide® Books com o seu romance de estreia, HEX, que foi traduzido para nove idiomas e publicado em catorze países, entre os quais EUA, França, China e Austrália. HEX se passa em uma cidadezinha chamada Black Spring, onde a assustadora bruxa Katherine aparece aleatoriamente para aterrorizar a vida dos moradores. Mas não pense que este é mais um livro clássico sobre bruxas, pois o terror aqui é contemporâneo. Mesmo com a atmosfera medieval da cidade, os cidadãos dela criaram um aplicativo e um site para registrar e divulgar as aparições da bruxa, algo perfeitamente plausível para os dias de hoje.  

HEX chamou tanta atenção quando publicado que até o mestre do terror, Stephen King, twittou sobre o livro chamando-o de “algo brilhantemente original”. Em entrevista ao blog Boca do Inferno, Heuvelt contou onde encontrou inspiração para a sua história macabra: “Principalmente com as histórias As Bruxas, de Roald Dahl, e A Bruxa de Blair. O primeiro me traumatizou quando criança, o segundo mexeu comigo quando adolescente. Desde então, eu quis escrever minha própria história de bruxa má.”

Com costuras em seus olhos e correntes nos braços, Katherine aparece nos lugares mais improváveis quando bem entende, sussurrando a morte para quem chega perto o suficiente para ouvir. Assim como a Morte Vermelha, de Edgar Allan Poe, ela enfeitiçou a alma da cidade de forma que escapar não é uma opção: quem se afasta demais tem a mente invadida por pensamentos suicidas, e muitos não retornam para contar a história.

Apesar de se considerar um adorador de histórias sinistras e macabras, quando o assunto é a crença no sobrenatural, Thomas confessou em entrevista à VEJA não acreditar em tudo o que ouve por aí. Para ele, histórias de fantasmas e de possessões demoníacas parecem distantes demais de sua realidade, pois nunca compartilhou da mesma experiência (até hoje) e geralmente são originadas a partir de relatos indiretos. Ainda assim, o escritor acredita que o medo do desconhecido pode influenciar muito as pessoas. HEX, inclusive, levanta a questão de que a maldade humana muitas vezes pode ser instigada a partir desse medo.

LEIA TAMBÉM: 5 LIVROS DA DARKSIDE® PARA AMPLIAR O SEU ENTENDIMENTO SOBRE BRUXAS

Thomas esteve no Brasil em 2018, na booktour promovida pela DarkSide, levando a maldição de Katherine por diversos estados do país. Você é fã de histórias sobrenaturais ou sobre bruxas? Então HEX é uma ótima opção de leitura.  

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Wytches
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Hex
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Francis + Brinde Exclusivo
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
NovidadesSéries

O que esperar da terceira temporada de Chucky

A sede de sangue de Chucky segue forte e ele continuará aterrorizando os fãs por mais...

Por DarkSide
EntrevistaGraphic Novel

Thiago Souto conta ao DarkBlog os caminhos de seu Labirinto

Da nostalgia da infância aos desafios do amadurecimento, Labirinto é um verdadeiro...

Por DarkSide
Graphic NovelListas

8 Histórias em quadrinhos nacionais que você precisa conhecer

Quadrinhos são uma fonte rica de informação, entretenimento e de estímulos para a...

Por DarkSide
FilmesResenha

Caveira Viu: O Menu

A alta gastronomia possivelmente nunca esteve tão em alta como nos dias de hoje....

Por DarkSide
CuriosidadesGraphic Novel

Por que ler quadrinhos faz bem ao cérebro?

Houve um tempo em que histórias em quadrinhos eram desprezadas no meio literário....

Por DarkSide