Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


ListasMúsicaSéries

10 Músicas antigas ressuscitadas por séries

Dê o play nessa lista nostálgica

10/02/2023

Além de mobilizar fãs nas redes sociais, algumas séries têm o superpoder de catapultar de volta às paradas hits de muitos anos atrás. A onda de nostalgia já havia passado por séries musicais, produções da Netflix e agora parece ter se consolidado como um artifício extra de engajamento.

LEIA TAMBÉM: 6 MÚSICAS E VIDEOCLIPES INSPIRADOS EM O MÁGICO DE OZ

Esse movimento obviamente não se iniciou hoje e nem é exclusivo das séries. Filmes como Uma Linda Mulher (1990) ressuscitaram o hit “Oh, pretty woman”, de Roy Orbison, lançado em 1964. Quentin Tarantino é um exemplo de cineasta que adora inserir algumas velharias nas trilhas dos seus filmes, o que até já rendeu coletâneas específicas para essas músicas. 

Um caso recente que resgatou muita nostalgia foi a série Glee. Por ser um musical, era de se esperar que as canções fossem inseridas na narrativa com bastante frequência. Mesclando sucessos contemporâneos e fazendo versões atualizadas dos hits do passado, o seriado resgatou clássicos do Journey, Celine Dion, Bonnie Tyler, entre muitos outros.

Hoje, o fenômeno de resgatar essas músicas pode ser percebido com métricas precisas graças ao aumento da busca e de plays nos principais serviços de streaming musical, como o Spotify e o Deezer. Em alguns casos, o crescimento chega à casa dos milhares percentuais em questão de poucos dias.

Que tal ressuscitar esses clássicos com a gente? Fica ligado nessa playlist matadora que a Caveira montou:

1. “Long, Long Time”, de Linda Ronstadt (The Last of Us)

Bastou um episódio poderoso, com uma ligação dos personagens à música e com uma letra que fazia todo o sentido para a situação para que as pessoas buscassem a canção “Long, Long Time”, de Linda Ronstadt. Após o terceiro episódio da primeira temporada, a composição dos anos 1970 teve um aumento de 4.900% nas buscas, em comparação à semana anterior. Pelo visto não foi apenas o Cordyceps que contagiou a galera.

2. “Goo goo muck”, do The Cramps (Wandinha)

Depois da famosa dança de Wandinha na série, a canção “Goo goo muck”, do The Cramps, teve um aumento de mais de 5.000% plays somente nos Estados Unidos. Embora a versão famosa seja dos anos 1980, ela é na verdade uma regravação da canção de 1962 de Ronnie Cook and the Gaylads. E essa não foi a única música que ficou famosa graças à nossa musa trevosa.

3. “Bloody Mary”, de Lady Gaga (Wandinha)

Um dos fatores que tornou a dança de Wandinha tão popular foi a sua viralização no TikTok. Só que lá os fãs utilizaram outra canção para embalar os passos: “Bloody Mary”, do álbum Born This Way da Lady Gaga, lançado em 2011. A música foi parar no top 100 da Billboard mais de uma década após seu lançamento e a própria Gaga arriscou a coreografia da personagem.

4. “Running up that hill”, de Kate Bush (Stranger Things)

Quase 8.000%! Esse foi o aumento de plays em “Running up that hill”, canção lançada por Kate Bush em 1985. A música apareceu na quarta temporada de Stranger Things como a salvação de Max contra os ataques de Vecna

5. “Master of puppets”, do Metallica (Stranger Things)

Outra música que foi ressuscitada graças à quarta temporada de Stranger Things foi “Master of puppets”, do Metallica. Na série, Eddie toca a canção de 1986 da banda para atrair os sinistros morcegos do Mundo Invertido.

LEIA TAMBÉM: POR DENTRO DO HELLFIRE CLUB DE STRANGER THINGS

6. “Should I stay or should I go”, do The Clash (Stranger Things)

Mas não é de hoje que Stranger Things aposta na nostalgia musical para unir os fãs. Na primeira temporada, a música “Should I stay or should I go”, lançada em 1982 pelo The Clash, foi um componente importantíssimo para a comunicação com Will quando ele estava preso no Mundo Invertido.

7. “Please don’t go”, de KC & The Sunshine Band (Dahmer: Um Canibal Americano)

A trilha sonora da série de Ryan Murphy, Dahmer: Um Canibal Americano, não seria a mesma sem esse clássico de 1979, lançado por KC & The Sunshine Band. Além de ser incansavelmente tocada na série, “Please don’t go” também está no trailer da série.

8. “What’s Up”, do 4 Non Blondes (Sense8)

Os personagens de Sense8 também estavam conectados pelo ótimo gosto musical. No quarto episódio da primeira temporada (não coincidentemente intitulado “What’s going on?”), vários personagens chegam a momentos críticos e a canção que embala a conexão deles é o clássico absoluto dos anos 1990 “What’s Up”, da banda 4 Non Blondes. A série apresentou a música de 1992 às novas gerações e trouxe uma nostalgia gostosa para quem se lembra daquela época.

9. “Don’t Stop Believin’”, de Journey (Glee)

Sim, já falamos de Glee e de como a série trouxe músicas antigas de volta às playlists da galera mais jovem. Mas precisamos destacar como o show de Ryan Murphy ressuscitou especificamente “Don’t Stop Believin’”, lançada em 1981 pelo Journey. Foi a primeira música interpretada pelo grupo fictício New Directions, a que eles cantaram nas eliminatórias e a canção que tocava em todo santo comercial do canal Fox naquela época.

10. “Bella ciao” (La Casa de Papel)

Embora tenha ganhado uma versão para a série La Casa de Papel, interpretada por Manu Pilas, “Bella Ciao” é uma canção de autoria desconhecida e cuja letra até já caiu em domínio público. A música data do século XIX e era cantada em protesto por trabalhadores rurais no norte da Itália. Décadas depois, ela virou um hino de resistência contra o fascismo italiano. Em 2018 ela voltou às paradas, às baladas e até à Copa do Mundo graças ao sucesso da série.

Já aproveita e dá o play na playlist especial que fizemos no Spotify da DarkSide®:

E você? Conheceu alguma música antiga graças a alguma série de TV? Conta pra gente nos comentários que a Caveira vai adorar aumentar essa playlist!

LEIA TAMBÉM: 6 TRILHAS SONORAS DE FLORENCE + THE MACHINE PARA FILMES E SÉRIES

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

3 Comentários

  • Talita

    10 de fevereiro de 2023 às 19:20

    Esqueceram de outra música do Journey, Separate Ways (Worlds Apart) no Stranger Things, Steve Perry chegou a agradecer a grande procura pela música.

  • Diogo

    13 de fevereiro de 2023 às 16:45

    Uma outra música que, certamente, deveria estar na lista é Holly Holy do Neil Diamond; apareceu nessa série subestimada “Missa da Meia Noite”. Uma das mais tocantes histórias de vampiro que já vi.

  • Georgia

    13 de fevereiro de 2023 às 16:50

    Don’t Stop Believin foi “ressucitado” também na última cena do último episódio da Família Soprano. Difícil ouvir esta música e não lembrar da cena…

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Stranger Fans + Brinde Exclusivo
R$ 99,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
MEU AMIGO DAHMER
R$ 84,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesMúsica

15 Músicas para sentir a magia de Wicked

Nenhuma viagem para Oz está completa sem a playlist perfeita para embalar a jornada....

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Tremors: Vermes gigantes, pólvora e Kevin Bacon

Como cinéfilos devotados e praticamente moradores da Firestar & DarkBlog, sabemos...

Por Cesar Bravo
FilmesMúsicaNovidades

Beatlesverso: Sam Mendes irá fazer 4 filmes do Fab Four

Lembra quando a Marvel fez vários filmes de origem de seus super-heróis para depois...

Por DarkSide
DarklovePerfil

Loputyn: Uma aventura pelo mundo encantador da ilustração

Com traços mágicos e profundos, a arte de Loputyn nos conduz por uma dança...

Por DarkSide
DarkSide BooksNovidades

DarkSide lança canal no WhatsApp

A Caveira baixou a tia do Zap e incorporou o tio do Pavê só pra te chamar para um...

Por DarkSide