Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Fábulas DarkListasMúsica

6 Músicas e videoclipes inspirados em O Mágico de Oz

Os tijolos amarelos da estrada que leva a Oz se fazem presentes em melodias cantadas até os dias de hoje.

A história de O Mágico de Oz se mantém presente no coração das pessoas através de décadas graças a sua forte influência na cultura pop. Disseminado com ainda mais força graças ao filme clássico de 1939 protagonizado por Judy Garland, até hoje as pessoas estão bem familiarizadas com a jovem Dorothy, seus sapatinhos de rubi e seus amigos Espantalho, Homem de Lata e Leão.

LEIA TAMBÉM: DOROTHY ESTÁ EM CASA: O MÁGICO DE OZ AGORA É DARKSIDE®

Esta influência se estendeu ao mundo da música, inclusive levantando teorias bem elaboradas quanto à relação do filme com o álbum The Dark Side of the Moon, do Pink Floyd. Conhecida como Dark Side of the Rainbow, a teoria aponta sincronismos entre as canções do álbum e o ritmo do filme. Porém, os membros da banda negaram qualquer tipo de intenção de conectar as duas obras.

Pode não ter existido influência de O Mágico de Oz no álbum do Pink Floyd, mas a história serviu para inspirar outras músicas e videoclipes cantados até os dias de hoje. Veja alguns deles a seguir:

3 Músicas inspiradas em O Mágico de Oz

Referências à estrada de tijolinhos amarelos, às personagens do livro e à própria terra do clássico se fazem presente nestas composições:

Elton John: Goodbye Yellow Brick Road

“De volta à velha coruja uivante na floresta / Caçando o sapo de dorso espinhado / Oh, eu finalmente decidi que o meu futuro está / Além da estrada de tijolos amarelos”

Scissor Sisters: Return to Oz

“Ele disse ‘isso é o retorno a Oz? / A grama está morta / O ouro está marrom / E o céu tem garras / Há um homem de corda / Andando para lá e para cá / O que um dia foi a Cidade Esmeralda / Agora é uma cidade de cristal”

America: Tin Man

“Não, Oz nunca deu nada ao Homem e Lata / Que ele já não possuísse”

3 Videoclipes que são uma viagem à terra de Oz

As letras podem nem mencionar Dorothy, seus amigos ou a fantasiosa terra de Oz. Mas a referência é forte nestes videoclipes:

De La Soul: Oooh (feat. Redman) 

Nesta versão hip-hop de O Mágico de Oz, Dorothy e seus amigos não querem voltar para casa, um cérebro, um coração e coragem. O pedido deles para o Mágico é simplesmente poder entrar na festa.

Taylor Swift: ME! (feat. Brendon Urie of Panic! At The Disco)

Ok, este clipe está cheio de referências e muitas delas só os swifties irão pegar. Mas o paralelepípedo colorido e a cidade ao redor são claramente inspirados na Estrada de Tijolos Amarelos e na Cidade Esmeralda de O Mágico de Oz.

Blues Traveler: Run-Around 

Festa estranha, com gente esquisita e algumas pessoas fantasiadas como os personagens incomparáveis que exploram a terra de Oz.

LEIA TAMBÉM: ALICE E DOROTHY: HEROÍNAS QUE SIMBOLIZAM O AMADURECIMENTO FEMININO

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
DarkloveLivros

Série Wayfarers: a ficção científica com representatividade

Por Camila Cerdeira Eu acredito que cresci gostando de ficção científica. Meu pai me...

Por DarkSide
SériesVários

O que sabemos até agora sobre a 4ª temporada de Stranger Things

Aviso: Este post contém spoilers da 3ª temporada de Stranger Things O DarkBlog...

Por DarkSide
EntrevistaPrêmio Machado

Bruno Ribeiro: “Porco de Raça é um Esaú e Jacó da deep web”

O sentimento de ser o deslocado do grupo de colegas do colégio foi o gatilho que levou...

Por DarkSide
CuriosidadesDarkside

Steampunk: Conheça o gênero de Parthenon Místico

Em Parthenon Místico, o autor Enéias Tavares apresenta ao leitor um Brasil bem...

Por DarkSide
DocumentáriosFilmesListasSéries

12 Produções atuais para entender racismo estrutural

O racismo estrutural significa a formalização de um conjunto de práticas...

Por DarkSide