Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


DarkloveListas

5 Filmes e séries com a mesma temática de Cores Vivas

Marginalização, preconceito e críticas sociais são assuntos abordados nestes longas e também na história publicada pela DarkSide®

Por Milena Souza

Patrice Lawrence, autora publicada pela DarkSide® Books no selo DarkLove, trouxe uma narrativa forte e alarmante em Cores Vivas. Nela acompanhamos a história de Marlon que, após um encontro com Sonya — a garota dos seus sonhos —, acaba se tornando o primeiro suspeito de uma tragédia. Sem saber o porquê de estar sendo incriminado, Marlon se compromete a quebrar uma promessa com sua família para descobrir o que realmente aconteceu e proteger as pessoas que ama. 

LEITA TAMBÉM: CORES VIVAS: PATRICE LAWRENCE FALA SOBRE O LANÇAMENTO EM ENTREVISTA

Na busca por justiça, Marlon acaba cometendo alguns erros, mas que o levam a descobrir que sua voz pode representar muitos que foram silenciados. A narrativa pode ser ficcional, mas se torna realista a partir do momento em que a autora aborda a marginalização e o preconceito, assuntos tão importantes e que devem ser discutidos diariamente. Assim como ele, outros personagens passaram por situações semelhantes (ou até piores), e saíram em busca de um mundo multicolorido. Reunimos a seguir, cinco filmes e séries que abordam temas similares à obra de Patrice:

1. Olhos que Condenam

Minissérie da Netflix baseada em um caso real, no qual cinco meninos negros são acusados de estuprar violentamente uma mulher branca. Essas crianças são então induzidas pela polícia a confessar um crime que não cometeram, de forma irresponsável e avulsa de seus direitos — sem a presença dos pais e em troca de uma falsa liberdade. O caso conhecido como “Os Cinco do Central Park” revela um retrato claro de racismo, opressão e marginalização dos acusados, fazendo com que a sociedade continue sustentando o estereótipo do negro bandido e violento. 

2. O Ódio que Você Semeia

Todos os filmes e séries citados nesse texto são importantes, mas se for para recomendar um onde visualizamos uma personagem se desconstruindo e usando sua voz contra uma sociedade que quer silenciá-la, seria “O Ódio que Você Semeia”. No longa, Starr presencia o assassinato de Khalil, e não é a primeira vez que ela testemunha um policial tirar a vida de um amigo. A protagonista se sente desamparada com a situação, mas sabe que pode ser a porta-voz de pessoas que precisam de uma inspiração para finalmente lutarem pelo que é certo

LEIA TAMBÉM: A REPRESENTATIVIDADE NA LITERATURA

3. All American

Inspirada na vida do jogador de futebol Spencer Paysinger, a série mostra quando este é convidado a deixar o bairro carente de Los Angeles em que morava e estudar em Beverly Hills. Para ter mais visibilidade e se tornar um grande jogador, ele aceita a proposta. Mesmo este sendo o pano de fundo do enredo, a série também aborda a vida de Spencer em seu antigo bairro, rodeado de gangues e drogas, e sua luta para tentar mudar a realidade dessa comunidade. 

4. Infiltrados na Klan

A história é a seguinte: um policial negro entra para a Ku Klux Klan a fim de acabar com o grupo terrorista. O filme tem uma pegada cômica e sarcástica que faz a história ficar bastante dinâmica e é interessante ver como o protagonista consegue se infiltrar e montar uma equipe para extrair o máximo de informações possíveis, sem ser descoberto. Mas, mesmo contribuindo e lutando para acabar com um grupo extremista e completamente racista, o personagem, por ser negro, é incriminado injustamente por algo que não fez.

5. Queen & Slim

O filme segue um casal que está em seu primeiro encontro, quando é parado por um policial sem uma justificativa plausível. Após uma discussão entre ambos, o protagonista Slim acaba recebendo voz de prisão e sua companheira, Queen, se exalta ao tentar entender o porquê ele está sendo preso. O conflito entre eles acaba resultando na morte do policial. O casal então precisa fugir e acabam conhecidos como ‘Bonnie & Clyde negros’. O longa — que tem estreia marcada para 5 de março no Brasil — aborda também como este caso mal interpretado desencadeia uma onda de protestos contra a polícia americana. 

Todas essas narrativas seguem direções muito parecidas, em que pessoas negras aparecem lutando por justiça contra uma sociedade que insiste em oprimi-los. Seja em livros, filmes ou na vida real, vemos muitas vezes as pessoas escolhendo não enxergar esta realidade e evitando falar sobre o assunto, o que agrava ainda mais a situação. Por isso, histórias como estas existem — ficcionais ou baseadas em fatos verídicos — para evidenciar a necessidade de conscientização da sociedade como um todo. Se gera discussão, gera reflexão. E a importância de falarmos sobre estes assuntos, lutar contra todos os tipos de opressão, faz com que a nossa voz seja ouvida e que o espaço para o injusto deixe de existir

Milena Souza – Enevoadaa
Milena é blogueira literária e atualmente estuda Jornalismo.
Seu gêneros favoritos são fantasia e terror psicológico, mas sempre fica atenta nas obras que abordam representatividade para o seu principal com conteúdo em seu Instagram @enevoadaa.

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

1 Comentário

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Cores Vivas + Brinde Exclusivo
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil
R$ 54,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneQue diabo de filme é esse?

Nó na Garganta, 1997

O medo transforma as pessoas. Quando vivemos em um ambiente rodeado pelo caos, por...

Por DarkSide
Cine Book ClubPerfil

Carrie Fisher: “Fique com medo mas faça mesmo assim”

Carrie Fisher é uma das grandes personalidades surgidas na 2ª metade do século XX, e...

Por DarkSide
Graphic NovelLançamento

Como a produção desenfreada de lixo afeta a saúde do planeta

Parece mágica: você coloca tudo aquilo o que não quer mais em um recipiente, leva o...

Por DarkSide
Graphic NovelLançamento

David Small: “O leitor é o sonhador do livro”

Quem lê as mais de 400 páginas de Escuridão nem imagina que a graphic novel levou...

Por DarkSide
FilmesListasMedo Clássico

10 curiosidades sobre Bela Lugosi que todo fã de terror deveria conhecer

Bela Lugosi definiu a forma como os vampiros são interpretados no cinema muito antes...

Por DarkSide