Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Cine Book ClubCuriosidades

7 Curiosidades sobre o filme O que terá acontecido a Baby Jane?

Livro de Henry Farrell, que deu origem ao clássico do cinema, possui edição brasileira publicada pela DarkSide

O filme O que terá acontecido a Baby Jane? foi um sucesso tanto dentro como fora das telas. A produção adaptada do livro de Henry Farrell – e publicado no Brasil pela Darkside® Books – praticamente possui uma mitologia própria, com o retorno de duas grandes atrizes ao estrelato: Bette Davis e Joan Crawford.

O que tornou Baby Jane tão comentado na época foi justamente a união de duas atrizes que mantinham uma famosa rivalidade fora das telas. Mesmo com tanta especulação, que rendeu a recente minissérie de TV Feud: Bette e Joan, o filme se tornou um clássico e conseguiu cinco indicações ao Oscar daquele ano, vencendo por Melhor Figurino para um filme em Preto e Branco.

LEIA TAMBÉM: O que terá acontecido a Baby Jane? pôs fim a conflito entre atrizes de Hollywood

Neste dia 27 de setembro, o autor do livro, Henry Farrell, completaria 99 anos (ele faleceu em 2006). Com tantas histórias e especulações quanto aos bastidores da produção, contamos neste post algumas das principais curiosidades sobre o filme O que terá acontecido a Baby Jane?:

1. O filme originalmente seria filmado em cores

Cena do filme O que terá acontecido a Baby Jane?
Imagem do filme O que terá acontecido a Baby Jane?

Na década de 1960 filmes em cores não eram mais novidade e eram a escolha natural para a maioria das produções, incluindo Baby Jane. No entanto, a atriz Bette Davis contou em seu livro de memórias This N’ That que ela foi contra esta decisão. Para ela, as cores apenas fariam uma história triste parecer bonitinha. Uma das indicações ao Oscar foi justamente pela fotografia em preto e branco de O que terá acontecido a Baby Jane? – o filme recebeu o Oscar de Melhor Figurino naquele ano.

2. Bette Davis tinha uma máquina da Coca-Cola no set

Sim! Davis mandou levarem aos estúdios uma máquina de Coca-Cola. Mas isso não significa que ela era patrocinada ou muito fã do refrigerante. A extravagância foi pura provocação pra cima da colega Joan Crawford, que tinha sido casada com o diretor da Pepsi e, após a morte do marido, passou a integrar o conselho da empresa. Aliás, por causa deste envolvimento com a marca, Joan sempre deu um jeito de inserir a bebida em seus filmes, incluindo Baby Jane

3. A maquiagem de Baby Jane foi concebida por Bette Davis

Em seu livro, Bette Davis também falou que ela teve muito controle sobre como a maquiagem de Jane deveria ser. A atriz imaginou a personagem como alguém que nunca lavava o rosto, apenas aplicava outra camada de maquiagem. A escolha causou desconfiança no diretor Robert Aldrich e na equipe de maquiadores, que temiam nunca encontrarem outro trabalho após o filme. A ideia era que Jane se parecesse com as mulheres que eram vistas em Hollywood Boulevard: que já tinham sido atrizes, mas que estavam desempregadas – quase como as próprias Bette e Joan.

Atriz do filme O que terá acontecido a Baby Jane?
Bette Davis

O autor Henry Farrell na verdade tinha se inspirado justamente nestas mulheres para conceber a personagem. Quando o escritor visitou o set ele falou para Davis que ela se parecia exatamente com o que ele tinha imaginado para Jane. Ponto para o instinto da atriz!

4. O filme “se pagou” em apenas 11 dias

Uma produção de terror estrelada por duas atrizes decadentes era algo que causava muita apreensão aos produtores e ao estúdio Warner Bros. Porém, felizmente a produção foi um sucesso desde o lançamento, recuperando o investimento com apenas 11 dias em cartaz. Posteriormente, o lucro tinha sido de US$ 9 milhões. Adaptando aos dias de hoje, isso significaria um lucro acima dos US$ 73 milhões.

LEIA TAMBÉM: Você sabe o que é o Terror de Hagsploitation?

5. Bette Davis foi indicada ao Oscar, mas quem recebeu o prêmio foi Joan Crawford

Esta é uma das curiosidades mais comentadas na mitologia de O que terá acontecido a Baby Jane? e que também foi retratada na série Feud. Bette Davis foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz naquele ano e Joan Crawford não. A vitória de Davis significaria um recorde para a atriz, que já havia recebido duas estatuetas (naquela época ainda não existia Meryl Streep). Para evitar que isso acontecesse, Joan fez campanha contra a colega e disse à atriz Anne Bancroft – uma estrela em ascensão na época que também concorria naquela categoria – que se ela não pudesse ir receber o prêmio, ela receberia em seu lugar. E foi exatamente isso que aconteceu. Anne foi a vencedora e Joan Crawford recebeu o prêmio em seu lugar para provocar Davis. A ironia é que Anne Bancroft, apesar de ter sido indicada outras quatro vezes, nunca mais ganhou um Oscar.

6. As cenas de Jane dirigindo o carro foram feitas fora do set

Cena do filme O que terá acontecido a Baby Jane?
Cena do filme O que terá acontecido a Baby Jane?

O orçamento de Baby Jane era tão limitado que a produção não tinha dinheiro para montar no set a estrutura habitual para cenas dirigindo o carro. Como solução, Bette Davis dirigiu pelas ruas de Hollywood com um cameraman que ficava ou no banco de trás ou sobre o para-choque dianteiro. Isso causou muitos olhares apavorados das pessoas que estavam nas ruas.

7. Os quadros de Grandes Olhos podem ser vistos no filme

Cena do filme Grandes Olhos
Amy Adams no filme Grandes Olhos

Joan Crawford era uma ávida colecionadora das pinturas de olhos tristes da artista Margaret Keane e tentava incluir as obras em seus filmes. Em O que terá acontecido a Baby Jane? as pinturas podem ser vistas nas paredes da casa da vizinha Sra. Bates. A história da artista recentemente virou o filme Grandes Olhos também, dirigido por Tim Burton e estrelado por Amy Adams.

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

4 Comentários

  • izaque

    30 de setembro de 2019 às 20:26

    amo terror psicologico

  • Arykiko12

    20 de janeiro de 2020 às 16:11

    Deste muito novo sempre amei filme cult. Amo Joan Crawford deste que assisti pela primeira vez o clássico “Mamãezinha querida” ..

  • Ana

    19 de dezembro de 2020 às 15:02

    Filme clássico do cinema cult estrelado por duas “feras” da sétima arte. Nas minhas garimpagens em busca de filmes bons para assistir, sempre conto com as excelentes atuações de Davis. Uma dica para os cinéfilos de plantão: o filme ‘A carta’ e ‘All Eve’.

  • Gui

    2 de fevereiro de 2021 às 12:42

    você assistiu “Mamãezinha Querida” que é um amontado de mentiras difamando a Joan e virou fã dela por ser retratada como um louca que torturava os filhos? credo… além de que clássico onde? o filme é uma bomba que foi super mau recebida pela critica e pelo público e destruiu a carreira da Faye Dunaway, amigo, eu acho que vou “assistiu errado”.

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

O Colecionador
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
DarksideLançamento

Sabor Amargo, de James Hannaham, chega à DarkSide®

Um homem sem as duas mãos dirige desesperado, tentando fugir de um lugar que não...

Por DarkSide
CuriosidadesFilmes

Invocação do Mal 3: Conheça o Caso Arne Cheyenne Johnson

O casal de demonologistas mais queridos dos darksiders deve voltar em breve aos...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidades

De Andy Warhol a Jay-Z: O teste de Rorschach na cultura pop

Por Cláudio Gabriel Em 1984, cerca de 63 anos após a criação do método original, o...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidadesGraphic Novel

O que o Green River Killer, Ted Bundy e Hannibal Lecter têm em comum?

Para capturar um serial killer às vezes é preciso entrar na mente de um deles. Foi...

Por DarkSide
FilmesMedo Clássico

Como o Horror de Coração das Trevas influenciou Apocalypse Now

No final do século XIX, após um longo período de exploração belga no Congo, o...

Por DarkSide