Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesDarkside

Backrooms: Bastidores da realidade?

Entenda a relação entre Casa de Folhas e essas creepypastas

20/05/2024

Ao longo dos anos, a internet se mostrou um lugar particularmente fértil para a criação e divulgação de histórias assustadoras. Nada ilustra melhor isso do que as creepypastas, conteúdos de terror postados on-line sobre os mais variados temas. 

LEIA TAMBÉM: CASA DE FOLHAS + 11 OBRAS DE LITERATURA EXPERIMENTAL

Seja por meio de postagens em fóruns ou vídeos compartilhados no YouTube, as creepypastas se transformaram em um fenômeno entre os fãs de terror. Seu impacto foi tanto que muitas histórias brincaram com os limites entre a realidade e a ficção, saindo da internet para se tornar assunto da vida real. Basta lembrar de nomes como o Slenderman e a MOMO, por exemplo.

momo

Algumas creepypastas tornaram-se tão marcantes que também foram transportadas para a cultura pop, inspirando filmes, jogos, episódios de televisão e livros. O movimento inverso também se aplica, já que muitas dessas histórias foram inspiradas — direta ou indiretamente — por outros trabalhos. De certa forma, isto escancara o eterno ciclo de influências entre diversas obras que compartilham temas e inspirações. 

Um bom exemplo disso é a creepypasta Backrooms, que parece beber da fonte de Casa de Folhas, romance experimental de Mark Z. Danielewski publicado originalmente em 2000. Recém-chegada na DarkSide® Books, a assustadora obra gira em torno de uma casa misteriosa cujos cômodos desafiam suas dimensões físicas. Entre eles há um grande corredor escuro que vai revelando ser cada vez maior e mais labiríntico, mudando os caminhos e se estendendo infinitamente. 

LEIA TAMBÉM: RELAÇÃO DE CASA DE FOLHAS E FILMES FOUND FOOTAGE

Desde a sua publicação, muitos dos conceitos e ideias utilizadas em Casa de Folhas tornaram-se onipresentes no terror. Isso significa que mesmo sem ter conhecimento do livro muitos produtores de filmes found footage, videogames e creepypastas foram influenciados pela obra de Danielewski. Entre todos esses, um dos que melhor captura a atmosfera do livro é justamente o fenômeno Backrooms. Se você ainda não conhece esse conceito para lá de bizarro, vem que a Caveira te conta tudo que você precisa saber. 

casa de folhas

Backrooms e espaços liminares 

Tudo começou em 2019 quando um usuário anônimo do 4chan abriu uma discussão no tópico de assuntos paranormais pedindo para que outros usuários compartilhassem imagens inquietantes que passassem a sensação de que algo estava errado. Uma das respostas foi a foto de um escritório deprimente e abandonado, com carpete desbotado, paredes amarelas e iluminação fluorescente.

Em seguida, outro usuário respondeu à discussão, entregando a primeira descrição do que foi nomeado como backrooms. De acordo com a postagem, os backrooms são compostos por milhões de quilômetros quadrados de salas labirínticas, vazias e segmentadas aleatoriamente que apenas podem ser acessadas atravessando a superfície da realidade. Esse local labiríntico é marcado pelo fedor de tapete úmido, um papel de parede monotemático e um zumbido constante de lâmpadas fluorescentes, além da constante ameaça de que algo está à espreita. Conceitualmente, os backrooms seriam como um mundo paralelo ao nosso, algo como os bastidores da realidade.

Grande parte do terror causado vem da estética conhecida como espaços liminares. Esses lugares de transição, que representam o limiar ou limbo entre duas coisas, podem causar estranheza e desconforto justamente quando são espaços conhecidos despidos de seus contextos originais. Ou seja, no caso dos backrooms, locais que deveriam estar ativos e cheios de vida, mas que se encontram anormalmente vazios ou abandonados.  

backrooms

A popularidade dos backrooms

Dias depois da primeira postagem, os usuários passaram a compartilhar mais histórias sobre os backrooms, levando a discussão para outros fóruns e plataformas, como o Twitter e o TikTok. À medida que a popularidade da creepypasta foi crescendo, fãs e criadores formaram uma grande comunidade on-line que expandiu o conceito original, adicionando níveis e entidades ao sinistro lugar, assim como formas de sobreviver e voltar à realidade. 

Desde o seu aparecimento em 2019, os backrooms não pararam de crescer. No fórum Reddit, por exemplo, o tema concentra mais de 150 mil membros que discutem o espaço e contribuem com mapas, memes e até mesmo maquetes das variadas salas. Partindo de uma única imagem, as conversas incluem novos níveis que podem estar acima, abaixo ou ao lado, incluindo túneis e um hotel abandonado. 

backrooms game

É claro que essa expansão não deixou de causar discordâncias e divisões entre os fãs, de forma que diferentes teorias foram criadas para explicar a origem dos backrooms. Enquanto alguns afirmam ser uma realidade alternativa, há aqueles que dizem ser o inferno ou um grande sonho coletivo, já que muita gente alega ter estado por lá. 

Adaptações em outras mídias

Com o passar do tempo, os backrooms foram transformados em outras mídias e adaptados para videogames, páginas de ficção colaborativa e até mesmo uma série de curtas de terror. O criador da série Ruptura, Dan Erickson, disse que os backrooms foram uma de suas principais inspirações para desenvolver a série.

Em 2022, o YouTuber Kane Parsons, conhecido como Kane Pixels, postou em seu canal um curta-metragem no estilo found footage em que um cineasta acidentalmente entra nos backrooms nos anos 1990 e passa a ser perseguido por um monstro. Com milhões de visualizações, o vídeo foi um fenômeno e recebeu elogios dos fãs e críticos. Logo Parsons expandiu a ideia para uma série de dezesseis curtas que introduziram novos aspectos na história e ambientação. O sucesso foi tão grande que o YouTuber não apenas foi creditado pela popularização dos backrooms na internet, incentivando a produção de conteúdo sobre o assunto, como também está cotado para dirigir uma adaptação cinematográfica de seus próprios vídeos.

Em 2023, a A24 anunciou que estava trabalhando em um filme sobre os backrooms baseado nos curtas de Parsons. Além disso, James Wan foi anunciado como produtor do projeto, que deve contar com roteiro de Roberto Patino. Será que em breve teremos a chance de conferir os backrooms nas telonas do cinema? Basta aguardar.

A boa notícia é que enquanto esperamos por mais informações sobre o filme, você pode conferir o conceito embrionário dos backrooms em Casa de Folhas, obra-prima do horror e da literatura experimental que depois de décadas de espera está disponível em português na Loja Oficial Dark em uma edição limitada e colorida, aprovada diretamente pelo próprio autor. 

LEIA TAMBÉM: COMO CASA DE FOLHAS REDEFINIU O TERROR MODERNO

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Colapso + Brinde Exclusivo
R$ 79,850
5% de Descontono boleto
COMPRAR
1618 + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesNovidades

Tudo que sabemos sobre MaXXXine

E quem diria que um terror indie sem distribuição chegaria ao terceiro filme com...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Jogos Mortais XI tem novidades de roteiro e lançamento adiado

Marcus Dunstan, roteirista de Jogos Mortais XI, finalmente atualizou os fãs sobre o...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Pin: Um Trauma feito de loucura e plástico

Alguns filmes sempre foram raros no Brasil, outros acabaram sendo subestimados e...

Por Cesar Bravo
CuriosidadesDarkloveEntrevista

Rachel Rabbit White pelas palavras de Nico Walker (e dela própria)

O que os livros Carrossel dos Desejos e Cherry: Inocência Perdida têm em comum? Numa...

Por DarkSide
GamesMacabraNovidades

Conheça o jogo de tabuleiro de Condado Maldito

Se você é fã da série de graphic novels Condado Maldito e gosta de jogos de...

Por DarkSide