Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Crime SceneCuriosidades

Bígamos golpistas que deram o que falar

Veja outros casos de bigamia como o de Casei com um Psicopata

09/10/2023

Mary Turner Thomson estava vivendo sua vida tranquila com Will Jordan, um homem charmosíssimo com quem havia se casado quatro anos antes, e dedicava-se à criação dos filhos. Até aí, tudo bem. Mas como sabemos que nada de bom vem depois da sentença anterior, um dia Mary recebeu um telefonema e seu mundinho caiu. Do outro lado, uma mulher se identificou como “a outra sra. Jordan”. A partir daí, foi só ladeira abaixo, e Mary descobriu que havia casado com um psicopata.

LEIA TAMBÉM: LANÇAMENTO: CASEI COM UM PSICOPATA, POR MARY TURNER THOMSON

A trama de Casei com um Psicopata pode até parecer absurda, até você se dar conta de que a autora do livro, lançado no Brasil aqui pela DarkSide® Books, é a própria Mary Turner Thompson. E ela não foi a única, não. O que mais tem por aí é bígamo golpista, como você pode conferir na listinha abaixo.

O Don Juan de Brasília

O sujeito ficou conhecido assim para preservar a identidade das vítimas, uma promotora de Justiça e uma universitária que não faziam ideia de que o companheiro vivia uma vida dupla. Após tomar um golpe de R$ 500 mil, a promotora procurou a polícia para relatar que estava casada havia cinco anos com o homem. Na paralela, ele mantinha união estável por mais de dois anos com outra mulher, universitária. O modus operandi era o mesmo: inventou ser analista financeiro e fingia viagens para justificar as ausências. Ele acabou sendo preso, na época com 27 anos.

O bígamo do Guinness Book

Considerado o bígamo mais famoso do mundo, Giovanni Vigliotto conseguiu a proeza de se casar com 105 mulheres ao mesmo tempo, entre 1949 e 1981. Cento e cinco. Todos, claro, utilizando identidades falsas (o nome real do sujeito era Frederick Jipp). Assim, as uniões foram registradas em 27 estados norte-americanos e em 14 países.

Giovanni Vigliotti

Apesar de descrito como “romântico” e “cortês”, Giovanni pedia as mulheres em casamento, dava-lhes um golpe e desaparecia levando tudo o que elas tinham. Ele convencia as mulheres a se mudarem com ele e simplesmente ia embora sozinho, levando o caminhão de mudança, dinheiro, tudo o que encontrava pela frente. Ao se desfazer dos pertences da anterior, ele já visava a próxima vítima. Ao ser condenado a 34 anos de prisão, o golpista meteu essa:

“Se o resto dos homens nos Estados Unidos não trata as mulheres dessa maneira, sinto muito pelas mulheres deste país. Não é de admirar que tantas delas estivessem ansiosas para se casar comigo”, disse ele, que morreu na prisão em 1991, aos 61 anos.

LEIA TAMBÉM: 5 SINAIS DE ALERTA POUCO CONHECIDOS DE UM RELACIONAMENTO ABUSIVO

Desmascarado pelo balde de gelo

Lembra da onda do desafio do balde de gelo? Pois Andrew O’Clee rodou nessa. Sua primeira mulher, Michelle, descobriu que ele tinha outra família depois de assistir a um vídeo do marido fazendo o tal desafio de balde de gelo. Na legenda estava escrito “Tio Andrew e tia Philippa”, e ela foi atrás de desmascarar o então companheiro. Após encontrar as fotos do casamento do seu marido (aquele que não foi com ela), Michelle foi à polícia. O’Clee foi condenado a oito meses de prisão. O juiz Christopher Parker, responsável pelo caso, disse ao réu: “Bigamia é uma ofensa à instituição do casamento, uma instituição baseada na confiança. Este foi um ato simplesmente egoísta”.

andrew o'clee
© Senior Mac Photography

O bígamo de São Paulo

Essa foi contada pela jornalista Ruth de Aquino, em sua coluna no jornal O Globo, e teria acontecido com uma amiga. A história foi protagonizada por Raquel, Gustavo e Dora. Raquel, a tal amiga, tinha 62 anos, influente, inteligente e independente. Casou-se com Gustavo, um empresário do setor imobiliário, de 71 anos. Gustavo, por sua vez, se casou com uma escritora, Dora, de 58 anos. Raquel e Gustavo viveram um namoro de 30 anos, que amigos chamavam de casamento. Durante a pandemia, Raquel descobriu que Gustavo mentia compulsivamente para duas mulheres, vivendo realidades paralelas e praticando abusos. O fim dessa história, como Ruth mesma frisou, foi inesperado. Raquel e Dora se conheceram, trocaram confidências e se tornaram amigas. 

O golpista do Tinder

Shimon Hayut é um israelense que se passava por Simon Leviev, um milionário russo do ramo dos diamantes, para enganar mulheres no aplicativo de relacionamento Tinder. Usando perfis falsos, presentes caros e viagens luxuosas, ele conquistava a confiança das vítimas e depois pedia dinheiro emprestado para supostas emergências. Estima-se que os prejuízos financeiros causados por ele às suas vítimas ultrapassem os 10 milhões de reais. A história ficou famosa graças ao documentário O Golpista do Tinder, disponível na Netflix, que mostra em detalhes os casos de três dessas vítimas — embora acredite-se que o número total seja de dezenas de mulheres prejudicadas.

golpista do tinder
Reprodução

LEIA TAMBÉM: CRUEL: CONHEÇA 6 PADRÕES DO ÍNDICE DA MALDADE

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Casei com um Psicopata + Brinde Exclusivo
R$ 84,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Cruel: Índice da Maldade + Brinde Exclusivo
R$ 129,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Damas Mortais + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesListasMacabra

13 Filmes de body horror para os fãs da coleção Medicina Macabra

O corpo humano pode ser extremamente aterrorizante. Não é à toa que o cinema de...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidades

Jane Toppan: Conheça o caso dessa lady killer

Conhecida como “a primeira serial killer dos Estados Unidos”, Jane Toppan se valia...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Deadly Blessing: Wes Craven, pesadelos e Sharon Stone

Alguns mestres supremos do terror se tornaram tão fortemente associados a algumas de...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

Blumhouse fará um novo A Bruxa de Blair com a Lionsgate

Jason Blum vai reviver A Bruxa de Blair — e se você não captou o que significa essa...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Lançamento: Lady Killers Profile: Jane Toppan, por Harold Schechter

Em 1891, Jane Toppan jurou cuidar e proteger em sua profissão como enfermeira...

Por DarkSide