Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesListas

Conheça as bandeiras do movimento LGBTQIAP+

Em junho é comemorado no mundo todo o Mês do Orgulho

12/06/2024

O arco-íris você já deve conhecer bem. A bandeira mais popular associada aos movimentos de diversidade sexual possui seis cores e é usada pela comunidade desde a década de 1970. Porém, nas últimas décadas o movimento cresceu e se diversificou, abraçando toda a pluralidade de afetos e identidade de gênero. Isso literalmente levantou novas bandeiras que representam a luta por inclusão, aceitação e, claro, o orgulho de sermos nós mesmos.

LEIA TAMBÉM: DESMISTIFICANDO A SOPA DE LETRINHAS LGBTQIA+

Conheça todas as cores das bandeiras do movimento LGBTQIAP+ muito além do arco-íris.

Nova bandeira do orgulho LGBTQIA+

A nova bandeira é uma releitura da clássica bandeira do arco-íris e vem sendo usada desde 2021. Foi ela que cobriu a fachada do Masp, em São Paulo, durante a Parada LGBT+ no último dia 2 de junho. 

bandeira LGBTQIAP

Sobre as cores do arco-íris foram inseridas linhas nas cores preta e marrom, representando pessoas negras e não brancas, formando um triângulo. A elas se juntam as cores azul, rosa e branca, da bandeira transexual. Já o triângulo amarelo com o círculo roxo remete às pessoas intersexo. 

Bandeira lésbica

A bandeira que representa a comunidade lésbica já teve várias versões, e a bandeira “sunset”, com suas cinco listras que vão do laranja ao roxo, tem sido bastante adotada. Os tons de laranja significam a independência e a não conformidade de gênero. Já o branco representa os relacionamentos únicos, enquanto os tons de roxo simbolizam o sexo, o amor e a serenidade.

bandeira lésbica

Bandeira não binária

Criada em 2014 para representar pessoas não binárias — ou seja, aquelas que não se identificam nem com o gênero masculino, nem com o feminino — ela traz o amarelo, que simboliza a neutralidade de gênero, saindo do binarismo entre o rosa e o azul, geralmente usados para representar o feminino e o masculino. O branco remete às pessoas que se identificam com vários gêneros. O roxo simboliza a fluidez entre os gêneros, já o preto representa os que não têm gênero.

bandeira não binária

Bandeira transexual

Com o aumento da visibilidade transexual, esta bandeira tem sido muito utilizada. Criada em 1999 por uma mulher trans norte-americana, a ativista Monica Helms, traz faixas em azul e rosa, que remetem aos gêneros masculino e feminino, cortadas pelo branco que simboliza o não binarismo.

bandeira trans

Bandeira bissexual

Como o B da sigla LGBTQIAP+ não é de Beyoncé, bissexuais também têm sua bandeira desde 1998, nas cores rosa, roxo e azul. Aqui, o rosa representa a atração sexual e/ou romântica por pessoas do mesmo gênero. O azul simboliza a atração sexual/romântica por pessoas do gênero oposto. A faixa central traz o roxo, cor que resulta da junção do azul com o rosa, simbolizando a atração pelos dois gêneros.

bandeira bissexual

LEIA TAMBÉM: AMIGOS DE DOROTHY: COMO O MÁGICO DE OZ ESTÁ RELACIONADO AO PÚBLICO LGBTQIA+

Bandeira de gênero fluido

Pessoas que se identificam com o gênero fluido são pessoas não binárias, que transitam pelos vários gêneros possíveis, e as cores da bandeira representam essa fluidez. Rosa para o feminino, branco para a ausência de gênero, roxo para a combinação entre feminino e masculino, azul para o masculino e o preto, que simboliza outras identificações de gênero que fujam do padrão masculino e feminino.

bandeira genero fluido

Bandeira queer 

O termo engloba as minorias sexuais e de gênero que não são heterossexuais ou cisgêneros. A bandeira tem o lilás como símbolo da androginia, o branco como a identidade de gênero e o verde representa as pessoas não binárias.

bandeira queer

Bandeira intersexo

Criada em 2013 pelo australiano Morgan Carpenter, a bandeira amarela com um círculo roxo no meio representa a luta das pessoas intersexo por emancipação corporal. Segundo o criador, “o círculo ininterrupto e sem ornamentos, simboliza totalidade e completude, e nossas potencialidades. Ainda lutamos pela autonomia corporal e integridade genital, e isso simboliza o direito de ser quem somos e como queremos ser”.

bandeira intersexo

Bandeira pansexual

Aqui, o rosa simboliza o feminino e o azul representa o masculino. Já o amarelo se refere às pessoas não binárias, contemplando aqueles que sentem atração por pessoas, independentemente do gênero com a qual se identificam.

bandeira pansexual

Bandeira polissexual

A bandeia polissexual simboliza aqueles que sentem atração por pessoas de vários gêneros. É mais abrangente que a bissexualidade, mas menos do que a pansexualidade. As pessoas polisexuais têm atração por vários gêneros, mas não todos. A cor rosa representa a atração pelo feminino; a azul, pelo masculino; já a verde se refere aos gêneros que fogem do binarismo.

bandeira polissexual

Bandeira do poliamor

A bandeira do poliamor representa as pessoas com diversos parceiros, em relacionamentos não monogâmicos. O azul simboliza a abertura e honestidade necessárias a este tipo de acordo, enquanto o vermelho representa o amor. Já o preto representa aqueles que sofrem preconceito e precisam esconder seus relacionamentos.

bandeira do poliamor

Bandeira agênero

Pessoas agênero são aquelas que não se identificam com nenhum gênero. A sua bandeira, nas cores preto, cinza e branco, representa a neutralidade da ausência de gênero. Já o verde representa as pessoas não binárias.

bandeira agênero

Bandeira assexual

A bandeira assexual — ou seja, aqueles que não sentem desejo sexual — tem a cor preta simbolizando a assexualidade, o branco representando as pessoas aliadas e o roxo, que se refere a toda a comunidade. 

bandeira assexual

Bandeira racial LGBTQIAP+

Aqui, a bandeira do arco-íris ganhou as cores marrom e preta para representar as pessoas não brancas que fazem parte da comunidade LGBTQIAP+. Esta bandeira foi criada em 2017 para marcar a pauta racial dentro do movimento.

bandeira racial

Bandeira da arromanticidade

É a bandeira que representa quem não sente atração romântica. O preto e o cinza representam os arromânticos, enquanto o branco simboliza os relacionamentos platônicos. O verde claro remete ao espectro arromântico e o verde mais escuro simboliza a não atração romântica.

bandeira arromanticidade

Bandeira urso

Os ursos (ou bears, no inglês) são um importante grupo dentro da comunidade gay, formado por homens (cisgêneros ou transexuais) homossexuais ou bissexuais. Tratam-se de homens grandes e fortes, com pelos pelo corpo e rosto. A marca da pegada é autoexplicativa, né?

bandeira urso

Bandeira aliada 

Representa as pessoas heterossexuais aliadas da causa — que antigamente eram chamadas de “simpatizantes”. Foi criada em 1973 por familiares e amigos de pessoas LGBTQIAP+ que apoiavam a comunidade em sua luta por direitos civis e contra a homofobia. O fundo listrado em preto e branco representa a heterossexualidade, enquanto o triângulo colorido simboliza o orgulho da comunidade.

bandeira aliados

LEIA TAMBÉM: 9 OBRAS E AUTORES DO MOVIMENTO LGBTQIAP+

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Orlando: uma Biografia + Brindes Exclusivos
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
O Inferno que nos Persegue + Brinde Exclusivo
R$ 99,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CuriosidadesFilmes

Você sabia que Viagem Maldita foi inspirado num caso real?

Não existe nada mais aterrorizante do que um filme de terror baseado em uma história...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Dark Night of the Scarecrow: Frank De Felitta como você nunca imaginou

Vocês já pararam para se perguntar de onde vem nosso fascínio pelos filmes antigos?...

Por Cesar Bravo
DarksideMúsica

Celebre os Heróis do Blues, Jazz & Country com essa playlist

Além de um ilustrador brilhante, Robert Crumb era um apaixonado pela música dos anos...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidades

Crianças podem ser consideradas psicopatas?

O ser humano é mau até que prove o contrário ou ele nasce bom e a sociedade o...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidadesProfissionais da Morte

4 Profissões da morte que você não imaginava que existiam

Você já pensou em trabalhar diretamente com a morte? Quando pensamos em...

Por DarkSide