Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


FilmesListas

Conheça as principais referências a filmes de terror em Pânico

Você conseguiu pegar todas?

10/03/2023

A franquia Pânico criou um novo capítulo para as produções de terror slasher nos anos 1990, abrindo as portas para produções como Eu sei O que Vocês Fizeram no Verão Passado, Lenda Urbana e Premonição. Tudo isso graças à sagacidade do roteiro do primeiro filme da franquia, lá em 1996.

LEIA TAMBÉM: OLÁ, SIDNEY: RELEMBRE A FRANQUIA PÂNICO

O que tornou Pânico um filme tão diferente dos slashers que tomaram conta dos cinemas nos anos 1970 e 1980 foi justamente a sua autoconsciência. O longa sempre soube que tipo de filme era e abraçou a fórmula tão conhecida dos fãs, subvertendo alguns elementos e prestando as devidas homenagens às produções que vieram antes dele.

O Pânico original conta até com um personagem que facilita essa comparação para o público: o cinéfilo Randy (Jamie Kennedy). Além de identificar os crimes de Woodsboro como uma fórmula de filme de terror, ele até jogou na cara dos amigos as regras fundamentais para sobreviver a um deles — azar o deles que não levaram seus conselhos a sério.

Mas as homenagens vão muito além das participações de Randy, e a Caveira pode provar! Identificamos as principais referências a filmes de terror em Pânico e trouxemos aqui para os DarkSiders. Você conseguiu achar todas?

1. Quando um Estranho Chama (1979)

A icônica cena de abertura, com a personagem de Drew Barrymore atendendo à sinistra ligação de Ghostface já começa com uma homenagem a esse filme de 1979. Em Quando um Estranho Chama, uma babá é atormentada por uma misteriosa ligação… até que ela descobre que a chamada veio de dentro de casa. Ok, essa também é uma lenda urbana, mas a homenagem está feita.

2. Halloween: A Noite do Terror (1978)

Ok, Pânico não foi o primeiro e nem o último filme a render homenagens ao clássico de John Carpenter, que ditou muitas das regras para os slashers. Halloween não apenas serve de ambientação para um dos discursos de Randy, mas é mencionado várias vezes na produção. 

E com razão! Halloween foi um marco tão importante no cinema de terror que merece ser revisitado e estudado sempre que possível. Em Halloween: O Legado de Michael Myers os DarkSiders encontram uma obra completa, com segredos de bastidores, entrevistas e materiais exclusivos sobre a franquia.

3. A Hora do Pesadelo (1984)

Na conversa ao telefone com Casey, logo no início do filme, Ghostface engata uma conversa sobre filmes de terror e pergunta a ela sobre “aquele filme em que o cara tem facas no lugar dos dedos?”, uma óbvia referência a Freddy Krueger de A Hora do Pesadelo. Ao que Casey responde: “Sim, o primeiro, mas o resto foi uma porcaria”. Em apenas uma frase o filme conseguiu garantir uma homenagem e um shade à franquia.

4. Carrie, a Estranha (1976)

Lembra quando a gente achava que Billy tinha morrido e ele revela o seu truque de maquiagem fazendo uma referência cinematográfica? “Xarope de milho. A mesma coisa que usaram para o sangue de porco em Carrie, a Estranha.”

5. Psicose (1960)

Mais uma referência de Billy: “Todos nós damos uma enlouquecida às vezes — Anthony Perkins, em Psicose”. Mas a referência não para por aqui. O nome do Ghostface original é William Loomis, o que muita gente acreditou ser uma homenagem ao Dr. Sam Loomis de Halloween

Porém, o próprio psiquiatra que estudou Michael Myers vem de uma homenagem a um personagem de Psicose: o homônimo Sam Loomis, que era namorado de Marion Crane no início do filme. Ou seja, Pânico conseguiu nos entregar uma referência de outra referência. “Referenciaception” que chama?

psicose

6. Sexta-feira 13 (1980)

Também na ligação com Casey, Ghostface já faz sua pegadinha e mostra que um assassino como ele não está para novatos: “Quem é o assassino em Sexta-feira 13?”. Trata-se de uma pegadinha, afinal no primeiro filme não era bem o Jason o assassino…

LEIA TAMBÉM: 13 CURIOSIDADES SANGRENTAS SOBRE A FRANQUIA SEXTA-FEIRA 13

7. O Exorcista (1973)

Podemos concordar que a linguagem do “amor” de Billy é bem estranha, né? Em determinado momento ele diz a Sidney: “Estava em casa vendo televisão. Estava passando O Exorcista. Me fez pensar em você”. Nada mais romântico que um monte de vômito verde, né?

o exorcista
© 1973 – Warner Bros. Entertainment/Divulgação

8. Grito de Horror (1981)

Tem algumas referências que são tão sutis que a gente entende se você não pegar logo de cara, como aquela em que uma cliente na videolocadora pergunta: “Qual aquele filme de lobisomem com mães ETs?”. Apesar de Randy ter errado a resposta, vale o registro do easter egg.

9. Baile de Formatura (1980)

Se tem algo que a gente aprendeu com Pânico é: sempre ouça o cinéfilo entendido em slashers. Ainda na cena da videolocadora, Randy solta essa: “Se eles tivessem assistido Baile de Formatura economizariam tempo. Existe uma fórmula para isso. Uma fórmula bem simples: todo mundo é um suspeito!”. Verdade, Randy.

10. A Bruma Assassina (1980) + O Trem do Terror (1980)

Claro que a nossa scream queen favorita ganharia uma referência para chamar de sua e puxar algumas de suas produções horripilantes. “A Bruma Assassina, O Trem do Terror, Baile de FormaturaComo Jamie Lee Curtis está em todos esses filmes?”, questiona Sidney, que esteve em cinco filmes da franquia Pânico

11. O Massacre da Serra Elétrica (1974)

Quando Billy chega à festa na casa de Stu e quer ter uma conversa com Sidney, Randy solta mais um easter egg sutil, porém certeiro: “O que o Leatherface está fazendo aqui?”. Mais uma vez, ele estava mais perto da verdade do que imaginava.

Vortex/Divulgação

12. A Vingança de Jennifer (1978)

Quando Tatum fica presa na garagem e confronta Ghostface, pensando ser Randy, ela pergunta se a cena seria uma referência ao filme I Spit on Your Garage, fazendo uma referência à garagem e ao nome em inglês de A Vingança de Jennifer, que é I Spit on Your Grave. Em português a referência não se traduz muito bem, mas pelo que acontece a seguir já sabemos que não haverá uma vingança de Tatum.

13. Assassino Invisível (1976)

Outra referência que não pegou muito bem em português graças à tradução do título do filme. Quando Sidney está com Dewey e Tatum em um ensolarado dia em Woodsboro, a nossa final girl diz: “Olha pra esse lugar. É a cidade que temia o pôr do sol”. Em inglês, The Town That Dreaded Sundown” é o nome do filme Assassino Invisível, que tem um serial killer que só matava à noite.

14. Tara Maldita (1956)

Em determinado momento, Sidney diz que tem medo de se tornar a “Tara Maldita” ou algo do tipo, em referência a Rhoda Penmark, a menina de oito anos que apesar da aparência adorável, era suspeita de ser uma assassina sem coração. O filme é uma adaptação do livro Menina Má, publicado pela Caveira.

15. O Silêncio dos Inocentes (1991)

Billy compara os problemas de Sidney com os de Clarice Starling, a agente interpretada por Jodie Foster em O Silêncio dos Inocentes, principalmente em relação à perda da mãe. Bom, ironicamente ele também se mostra ser um verdadeiro sociopata que manipula a protagonista do filme, que nem Hannibal Lecter.

16. O Mistério de Candyman (1992)

Quando Sidney quer saber como Billy está, após ter sido acusado de assassinato, Stu responde com uma referência que você vai querer repetir na frente do espelho: “Ah, você quer dizer depois que você o marcou como o Candyman? Não, o coração dele está partido”. Diz a lenda que se você repetir Ghostface três vezes na frente do espelho nada vai acontecer.

17. Frankenstein (1931)

Um dos primeiros filmes de terror de grande projeção, principalmente quando estamos falando especificamente de filmes de monstros, o Frankenstein de James Whale pode ser visto no pequeno televisor da videolocadora, antes de Randy promover sua enxurrada de referências. O clássico de Mary Shelley permanece imortal e uma forte influência no cinema de terror.

frankenstein

Conseguiu pescar mais alguma referência a filmes de terror nesse ou em outros filmes da franquia Pânico? Conta pra gente nos comentários!

LEIA TAMBÉM: 6 MÁSCARAS DE FILMES DE TERROR E SUAS INSPIRAÇÕES REAIS

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Menina Má
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Candyman
R$ 49,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
LançamentoWish

Lançamento: A Montanha das Feras, por Juliet Marillier

Whistling Tor é uma colina amaldiçoada que abriga a fortaleza em ruínas de Anluan....

Por DarkSide
LançamentoWish

Lançamento: Princesas Quase Esquecidas

As princesas e seus contos de fadas fazem parte do imaginário popular em diversas...

Por DarkSide
LançamentoWish

Lançamento: Histórias Secretas dos Irmãos Grimm

Cabeças decepadas, crianças assassinas, elfos mutilados e madrastas que querem...

Por DarkSide
CuriosidadesE.L.A.S

Você sabe o que é prosopagnosia?

Já imaginou passar por pessoas conhecidas, até mesmo familiares e amigos de longa...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Por que a trilogia de Ti West é uma homenagem ao cinema de horror

Martin Scorsese pode até não ser fã de filmes de super-heróis, mas sabe reconhecer...

Por DarkSide