Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

DarkloveListas

Darklove: 7 Anos em 7 temas

Linha editorial dedicada a exaltar a força feminina na literatura comemora 7 anos e conta com uma seleção de obras pensada para corações valentes

A coleção DarkLove surgiu com o compromisso de publicar mais histórias transformadoras escritas por mulheres. A linha editorial apresenta escritoras talentosas e histórias repletas de sensibilidade e atitude para os leitores, refletindo o mundo plural em que vivemos.

Assim como a força feminina possui camadas infinitas e tantas nuances, os livros da coleção DarkLove são carregados das mais diversas sensações, trazendo histórias que provocam reflexões e revoluções no leitor ao discutir questões íntimas e sociais.

LEIA TAMBÉM: DARKLOVE – A FORÇA DE PERSONAGENS FEMININAS ESCRITAS POR MULHERES INSPIRADORAS

Para esta semana especial de aniversário da marca, preparamos uma seleção de sete títulos que trazem discussões extremamente necessárias aos dias de hoje.

A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões

A releitura feita por Louise O’Neill do conto sombrio de Hans Christian Andersen e publicada no selo Darklove é o exemplo perfeito de como a fantasia pode nos ensinar sobre nosso próprio mundo através de seus universos multifacetados. Em A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões, conhecemos a sereia Gaia, que luta contra as imposições de uma sociedade subaquática sexista e patriarcal em que comportamentos opressivos e abusivos contra as mulheres são naturalizados. Sua jornada transformadora provoca uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade moderna, os padrões de beleza impostos e a liberdade feminina.

A Pequena Sereia

Cores Vivas

Patrice Lawrence confronta o leitor com a realidade ao apresentar uma família que não vive na área nobre na cidade, mas em proximidade com o submundo violento das ruas de Londres, onde o crime e o tráfico são presenças constantes. Em uma narrativa verossímil e poderosa, a autora conta a história de Marlon, um jovem negro que se torna o principal suspeito de uma tragédia e não faz ideia do porquê. Trazendo à tona uma discussão profunda e sensível sobre violência policial, racismo e marginalização, Cores Vivas é uma história sobre como uma voz pode representar muitos dos que foram silenciados e que ressalta a importância da luta por um mundo multicolorido.  

Cores Vivas

O Diário de Nisha

Para escrever O Diário de Nisha, Veera Hiranandani se inspirou na trajetória de sua própria família. Neste livro, acompanhamos a história da pequena Nisha, que vive no epicentro da Partição da Índia, um momento histórico permeado por tensões religiosas e conflitos. Isso tudo porque em 1947 ocorreu o fim do domínio do Império Britânico na Índia, resultando em dois países independentes, a própria Índia e o Paquistão. A ruptura movimentou mais de catorze milhões de pessoas pelas fronteiras e matou pelo menos um milhão durante a travessia. A história de Nisha pode ser ficcional, mas reflete a realidade turbulenta das migrações forçadas e abre os olhos para os problemas severos que os refugiados da Síria, Afeganistão, Sudão do Sul e tantos outros países vivem atualmente.

O Diário de Nisha

O Último Adeus

Uma história comovente sobre o processo do luto, O Último Adeus nos apresenta a Lex, uma garota de dezoito anos que, a pedido de seu terapeuta, começa a escrever em um diário para expressar seus sentimentos reprimidos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. Com uma força narrativa impressionante, Cynthia Hand mergulha no cotidiano conturbado de uma jovem que acabou de perder alguém que ama e explora todos os sentimentos de culpa, dor e solidão que brotam neste período de apatia profunda. O Último Adeus é uma história honesta de superação sobre o que vem depois da morte para quem fica e precisa seguir em frente.

O Último Adeus

LEITA TAMBÉM: 5 PROTAGONISTAS INSPIRADORAS DA MARCA DARKLOVE

A Guerra que Salvou a Minha Vida

Escrito por Kimberly Brubaker Bradley e ambientado durante a Segunda Guerra Mundial, A Guerra que Salvou a Minha Vida é uma história delicada sobre recomeços e superações. Ada nasceu com um “pé torto” e foi obrigada pela mãe a permanecer trancada no apartamento, cuidando da casa e do irmão sozinha. Vítima de maus-tratos diários, Ada vivia uma realidade angustiante e cresceu sob a sombra do desprezo da mãe, internalizando uma mensagem tóxica de que não valia nada, jamais seria boa ou inteligente o bastante, e acreditando que era melhor ficar escondida de todos para não envergonhar a família. Ao conhecer Susan, que a acolhe em seu lar no ápice da guerra, quando os bombardeiros assolam Londres e exigem que uma migração em massa de crianças seja feita, ela descobre novas maneiras de amar e ser amada enquanto cura as feridas de uma vida de abusos e humilhações.

A Menina Submersa

Um verdadeiro conto de fadas, uma jornada que desafia os limites da imaginação, uma viagem através do labirinto de uma crescente doença mental. A Menina Submersa é um romance repleto de camadas, mistério, beleza e horror, e um livro dentro de um livro. Imp, a narradora, é uma pintora de vinte e poucos anos que mora sozinha e sofre de esquizofrenia, um transtorno mental complexo caracterizado pela perda do contato com a realidade. Neste livro da linha Darklove, Caitlín R. Kiernan convida o leitor para uma experiência intensa, diferente e surreal de leitura, e inicia uma reflexão importantíssima sobre transtornos psiquiátricos e saúde mental.

Em Algum Lugar nas Estrelas

Clare Vanderpool escreveu um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Em Algum Lugar nas Estrelas conta a história de Jack e Early, que, no fim da Segunda Guerra Mundial, se conhecem em um internato e embarcam em uma aventura para encontrar o lendário Urso Apalache. Early decifra casas decimais do número Pi como ninguém, mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo. Seu comportamento é um dos muitos indícios da síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo que só seria descoberta muito tempo depois. É com muita ternura que a autora explora a amizade entre uma pessoa não autista e um aspie, propagando o conhecimento sobre essa condição neurológica ainda muito estereotipada, contribuindo para a aceitação mais ampla da diversidade humana e combatendo o preconceito e a discriminação.

15 Comentários

  • Ana Clara Carvalho Guimarães Rosa

    2 de março de 2020 às 12:44

    O livro “A Guerra que Salvou minha vida” foi um livro que me marcou demais. Me fez compreender que podemos tirar forças de dentro de nós e que não devemos desistir dos nossos objetivos por nenhum obstáculo. É um livro de extrema sensibilidade e, além disso, a capa é linda e a edição é MARAVILHOSA

    • DarkSide

      4 de março de 2020 às 12:29

      A história de superação de Ada nos cativa 💀♥️

  • Érika

    2 de março de 2020 às 13:01

    Amo o selo Darklove e quero aumentar minha coleção. No momento possuo os livros “O Diário de Nisha”, ” Dance of thieves” e “A noiva fantasma”.

    • DarkSide

      4 de março de 2020 às 12:28

      Escolheu começar por ótimas leituras 💀♥️

  • Denise sousa

    2 de março de 2020 às 16:36

    Nossa super amei
    Tenho todos esses títulos embora ainda não tenha lido todos mas estou quase lá
    Terminando a guerra que me ensinou a viver
    E em seguida diário de aisha e o diário de miriam
    Super recomendo
    Toda mulher tem que ler
    Eles mudaram minha visão a respeito de ser mulher lindo lindo lindo ameiiii II

    • DarkSide

      4 de março de 2020 às 12:28

      A Caveira fica até sem jeito com tanto amor 💀♥️ 7 anos unidos por histórias inspiradoras!

  • Maria Eduarda

    2 de março de 2020 às 19:14

    Adoro os dois livros da série Rastro de Sangue, moram no meu coração!!😍😍😍💀💀☠

    • DarkSide

      4 de março de 2020 às 12:27

      Caveirinha adora a Audrey Rose 💀

  • Ana Paula

    4 de março de 2020 às 11:35

    Em algum lugar nas estrelas foi um livro que mexeu muito comigo ,assim como a menina submersa que é um livro incrível e mostra como é estar dentro de uma pessoa que tem esquizofrenia mas o livro que mais me impressionou foi a pequena sereia com aquele final inesperado e forte.
    Agora estou lendo crônicas de amor e odio e já garanti dinastia de ladrões também. E o primeiro livro Kiss of deception já mostro o quão corajosa a Arabela foi por desafiar o pai e todo o sistema fugindo do casamento. Nossa incrível.
    E já li as crônicas de Morringhan antes de começar a de amor e odio. 💀💀💀💀💀♥️♥️♥️♥️♥️

    • DarkSide

      4 de março de 2020 às 12:26

      A Caveira fica até sem jeito com tanto amor 💀♥️

  • LILLY GRANDIS

    11 de março de 2020 às 16:46

    O Diário de Nisha foi um livro que eu devorei em três dias… Que história! Como chorei nos acontecimentos finais… Um livro surpreendente, que mexe com as emoções e faz nosso coração implodir com os pensamentos e anotações daquela menininha de apenas 12 anos. Amei!
    Agora estou lendo A Noiva Fantasma, Confissões de um Necrotério, e tenho A Menina Submersa que vou ler quando após a Noiva Fantasma… Com certeza vou colecionar os outros ao longo do ano. Conheci a DARKSIDE através da Lana Burns e estou completamente apaixonada . Que Editora Maravilhosa… Os livro são um luxo!! Todos feito com o máximo capricho, o detalhe da fita de cetim é impagável, amei isso, as decorações, as laterais coloridas… tudo é apaixonante. Não tem como pegar um livro da DARKSIDE nas mãos e não desejar tê-lo na estante. Obrigada DARKSIDE por nos proporcionar a oportunidade de obter livros de assuntos assombrosos, instigantes e ultrassensíveis que amamos ler.

    • DarkSide

      15 de março de 2020 às 11:52

      A Caveira fica até emocionada com todo esse carinho <3

  • Nathalia

    8 de junho de 2020 às 00:07

    Por lançar ótimos títulos, em edições primorosas, a Darkside tornou-se minha editora preferida! 😍 Já li praticamente todos os livros sob o selo Darklove (meus favoritos são “Golem e o Gênio” e “A Noiva Fantasma”). 💕
    Há pretensão de publicação do livro “The Night Tiger”, da autora Yangsze Choo?

    • DarkSide

      8 de junho de 2020 às 11:16

      Caveirinha agradece o carinho. Em breve teremos mais lançamentos de Yangsze Choo sim 💕

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MacabraPerfil

Rhoda Broughton: Uma vitoriana macabra que desafiou sua época

Sabemos que na Era Vitoriana mulheres escritoras ainda eram vistas com certa...

Por DarkSide
FilmesListasSéries

10 Personagens que desconstroem a imagem virtuosa do herói

Quando somos pequenos conhecemos conceitos de bem e mal de forma bem definida e...

Por DarkSide
DarkloveLivros

Série Wayfarers: a ficção científica com representatividade

Por Camila Cerdeira Eu acredito que cresci gostando de ficção científica. Meu pai me...

Por DarkSide
SériesVários

O que sabemos até agora sobre a 4ª temporada de Stranger Things

Aviso: Este post contém spoilers da 3ª temporada de Stranger Things O DarkBlog...

Por DarkSide
EntrevistaPrêmio Machado

Bruno Ribeiro: “Porco de Raça é um Esaú e Jacó da deep web”

O sentimento de ser o deslocado do grupo de colegas do colégio foi o gatilho que levou...

Por DarkSide