Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


FilmesFirestar Videolocadora

Evilspeak: Quando o mal deixa de ser uma escolha

Uma pérola amaldiçoada de Eric Weston

22/09/2023

E Satã disse aos homens de Deus…
O que você faria amanhã se me permitisse morrer hoje?
Que vocação você seguiria se meu nome desaparecesse?

Khalil Gibran 

Filmes que flertam com transgressões religiosas severas eram bem mais comuns algumas décadas atrás, e com um preâmbulo do calibre que acabamos de testemunhar, tudo o que esperamos é alguma profanação. E é exatamente o que teremos! Sendo bem sincero, os momentos finais dessa pérola hostil dirigida por Eric Weston e batizada nas telas dos cinemas em 1981 (no Brasil, O Mensageiro de Satanás) são um verdadeiro massacre.

LEIA TAMBÉM: POR QUE TERROR E RELIGIÃO COSTUMAM ANDAR JUNTOS?

Das frases enigmáticas que abrem a tela, somos transportados a uma costa, uma região litorânea na qual clérigos, soldados e algumas pessoas comuns disputam os trechos de areia seca. Não demora a descobrirmos que um padre chamado Lorenzo Esteban está, junto aos seus seguidores, sendo excomungado e desertado da Espanha, para essa terra selvagem. É um início bastante impressionante, seja pela cena em si ou pela adoração enfática do religioso banido, que não tarda a professar uma missa satânica em seu novo lar (com direito a coro histérico e sacrifício humano).

evilspeak

Desse ponto do passado distante avançamos no tempo, para uma partida desinteressante de futebol em um regimento preparatório do exército, a Academia Militar West Andover. Nessa partida conhecemos o anfitrião que irá nos levar aos confins do inferno. O nome do anti-craque do jogo: Coopersmith (ou “Cooperdick”, traduzido como “Cooperdiota”, como seus colegas malas-sem-alça preferem chamá-lo).

evilspeak

Sendo justo, o fato de Coopersmith ser um idiota é uma opinião bastante comum entre os colegas e os superiores da West Andover, que parecem mesmo empenhados em tirar o rapaz do caminho do seu regimento (Coopersmith é um perna de pau, e está levando o time a perder algumas partidas no campeonato dos milicos). Para afastá-lo ao menos temporariamente, eles o mandam limpar os porões da igreja, que está cheio de surpresas cheirando a enxofre.

Ainda sobre Coopersmith, é uma verdade que certas pessoas, embora nos solidarizaremos com elas, têm uma função primordial no mundo que é se meterem onde não são chamadas e fazer besteiras. Esse parece ser o caso com nosso amigo, que, em vez de limpar o porão, decide atravessar uma parede com um pé-de-cabra e explorar uma cripta secreta (e adivinhem: a parede estava selada por algum motivo). 

LEIA TAMBÉM: SLEEPAWAY CAMP: ADOLESCENTES, ASSASSINATOS E TABUS

Como quem procura acha, Coopersmith segue o caminho atrás das paredes até mergulhar diretamente na cozinha do Cramulhão, e também em sua biblioteca.

Dessa sequência em diante percebemos que o filme não irá nos poupar de visões bastante incômodas e ressonantes (me digam depois de assistirem, sim?). No desenrolar dos atos, nosso queridão perseguido acaba se apossando de um livro decorado com um pentagrama, um livro de feitiços do Outro Lado.

evilspeak

Existe um evidente escárnio sobre a escola militar e seus alunos. E o mesmo sentimento de provocação também evidencia o “masculinismo” exacerbado dessa turma. Como poderíamos esperar, Coopersmith é um nerd, uma espécie de gênio-bunda-mole introvertido que agora conta com uma pequena ajuda do Pata Vermelha e seus colaboradores do porão para se livrar do bullying. Aleatoriamente, Coopersmith inclusive redige um contrato de pacto, o qual solicita sua assinatura no Livro da Morte. Coopersmith não assina imediatamente, mas segue escrevendo algumas profecias enquanto trabalha em seus projetos no PC-386 dos militares, aparentemente em estado de possessão.

Inicialmente as novas “relações comerciais” de Coopersmith não resolvem sua vida, mas obviamente essa realidade está prestes a mudar. Assim como a realidade de outras pessoas que têm acesso a ele ou ao livro maldito inspirado pelo Cascudo.

evilspeak

A incursão do oculto até a tecnologia dos computadores é bem interessante, um recurso que também vimos no filme 976-EVIL e tornaremos a ver em outros grandes filmes e livros. Mas nesse aqui a coisa vai mais longe, um verdadeiro mergulho nos abismos. Através dessa ligação tecno-infernal, Coopersmith obtém todas as respostas para suas preces, e depois de ser irreversivelmente testado e perseguido e torturado pelos colegas, acaba entregando voluntariamente sua alma aos principados caídos.

(A todo momento enquanto assistia Evilspeak me lembrei da banda Ghost e de suas letras e performances infestadas de esoterismo e inversões religiosas com estéticas dos anos 1970. Fiquem com mais esse bônus durante a leitura.)

evilspeak

Evilspeak é um filme soturno, estranho, de certa forma perigoso para as pessoas mais religiosas ou sensíveis. Em Evilspeak, desde o primeiro ato, tudo conspira em direção ao mal. E no final, quem arrasta Coopersmith para as garras do inferno não é o demônio, mas os humanos que o perseguiram sem trégua e sem nenhum motivo aparente que não fosse a diversão pelo sofrimento alheio.

O gore na primeira metade do filme é discreto, pontual e eficiente, fazendo seu papel com maestria. Ao final, a produção se torna um inferno de gritos, decapitações, possessões e sangue. É um desfecho arrebatador, impiedoso, nos melhores moldes de Carrie e sua vingança justificada (porém, a violência de Evilspeak consegue ser bem maior).

evilspeak

Apesar de todas as máscaras e tentativas de atenuar esse filme, ele é pesadíssimo em algumas sequências, e por esse motivo nos o pinçamos dos lodos da eternidade da Firestar para trazê-lo à sua apreciação no Darkblog.

Com tudo isso explicado, é só assinar aqui fazer uma oração e apertar o play. 

(E desligue qualquer dispositivo que acesse a rede que estiver por perto, sim?)

E segue o trailer!

LEIA TAMBÉM: STRANGE INVADERS: LUZ, CÂMERAS, ETS

Sobre Cesar Bravo

amplificador cesar bravoCesar Bravo é escritor, criador de conteúdo e editor. Pela DarkSide® Books, publicou Ultra Carnem, VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, DVD: Devoção Verdadeira a D., 1618 e Amplificador.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Ultra Carnem
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Dicionário dos Demônios + Brinde Exclusivo
R$ 129,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CuriosidadesFilmes

Você sabia que Viagem Maldita foi inspirado num caso real?

Não existe nada mais aterrorizante do que um filme de terror baseado em uma história...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Dark Night of the Scarecrow: Frank De Felitta como você nunca imaginou

Vocês já pararam para se perguntar de onde vem nosso fascínio pelos filmes antigos?...

Por Cesar Bravo
DarksideMúsica

Celebre os Heróis do Blues, Jazz & Country com essa playlist

Além de um ilustrador brilhante, Robert Crumb era um apaixonado pela música dos anos...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidades

Crianças podem ser consideradas psicopatas?

O ser humano é mau até que prove o contrário ou ele nasce bom e a sociedade o...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidadesProfissionais da Morte

4 Profissões da morte que você não imaginava que existiam

Você já pensou em trabalhar diretamente com a morte? Quando pensamos em...

Por DarkSide