Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


FilmesFirestar Videolocadora

Grim Prairie Tales: Um clássico desconhecido das antologias de horror

Uma raridade com Brad Dourif e James Earl Jones

10/05/2024

Uma classe de filme que sempre recebeu um lugar de honra na Firestar Videolocadora foram as antologias de horror. Creepshow, Twilight Zone, Master of Horror, Tales From the Crypt, a lista é longa, interminável, e vez ou outra esconde algumas ótimas surpresas nos rodapés.

grim praire tales

O filme desencavado de hoje é um desses casos, Grim Prairie Tales, uma produção independente de 1990 com quatro histórias, dirigido por Wayne Coe e estrelada pelo outrora — e ainda eterno — boneco assassino Brad Dourif e James Earl Jones. Por aqui, esse horror western raro de ser encontrado em boa qualidade recebeu o título de Noite de Histórias e de Terror.

LEIA TAMBÉM: THE BONEYARD: A ETERNA MAGIA DOS NECROTÉRIOS

Começamos o filme com Farley Deeds (Dourif) atravessando pradarias a cavalo, enquanto tenta chegar a um encontro romântico com sua esposa. Farley acaba precisando pernoitar na pradaria, está armado, mas é refém de sua própria insegurança. A paisagem tem seu próprio linguajar, seus próprios moradores misteriosos. O primeiro desses a se apresentar é um forasteiro, ele se aproxima sem ameaças, apesar de sua aparência intimidadora. Oh, sim, tem um detalhe: o forasteiro carrega um homem morto em seus cavalos.

grim praire tales

O forasteiro intimidador se chama Morrison (e é interpretado pelo monstro sagrado James Earl Jones), e parece ter o gosto pelas histórias ao redor da fogueira. O filme tem um começo bem simples, mas graças aos atores e a elementos de suspense perfeitamente distribuídos, sentimos vontade de seguir em frente, de ouvir mais do que Morrison tem a dizer.

grim praire tales

A primeira história que Morrison traz para a fogueira é sobre o encontro do homem branco com tradições e maldições indígenas (não apontem o dedo pra esse redator, afinal de contas, é um filme de 1990, onde o socialmente aceito era falar índios mesmo). O conto tem como cenário um cemitério desses povos nativo-americanos. Na história, um cavaleiro velho e rabugento chamado Lee se atreve a atravessar um cemitério indígena, reclamando das tradições daquele povo que a ele parecem pura estupidez. No cemitério, o homem encontra um nativo deitado, já bastante idoso, parece estar esperando pela morte. E o velho talvez não estivesse vivo quando mordeu a orelha do velho e proclamou a vingança de sua tribo. Entorpecido por aquela mordida, o velho Lee é aprisionado vivo embaixo da terra.

Farley Deeds gosta da primeira história de Morrison, mas não dá credibilidade total a ela, desafiando o caçador de recompensas a contar mais uma, e o provocando a assustá-lo de verdade.

LEIA TAMBÉM: CRITTERS: A FOME QUE CAIU DO ESPAÇO

Nessa segunda narrativa, um vendedor tem um encontro com uma mulher grávida e vulnerável em uma paisagem deserta e se propõe a ajudá-la. O vendedor em questão é interpretado por Marc McClure, que fez suas pontas como repórter em Superman e encarnou o irmão mais velho de Marty Mcfly em Back to The Future. O caso nessa história é que a mulher chamada Jenny não é tão inofensiva e frágil quanto parece, e ela guarda um segredo demoníaco (se você assistiu American Gods, adaptação do original de Neil Gaiman no Prime Video, irá se lembrar da rainha Bilquis que tinha uma estranha forma de manter seus homens por perto).

grim praire tales

Deeds se revolta com essa história demoníaca de Morrison e, então, a fim de retomar alguma normalidade, ele mesmo decide contar uma história menos fantasiosa, sem elementos sobrenaturais, mas (segundo ele) igualmente interessante. Para isso, Deeds conta a história de uma família de camponeses que busca reconstruir sua vida longe dos tumultos da cidade e é impelida a participar de um linchamento coletivo. Essa história traz o medalhão Willian Atherton (Ghostbusters e Die Hard) como o pai de família Paul, que não consegue dizer não para o racismo. É uma história poderosa sobre como as pessoas são de verdade quando estão distantes do ambiente familiar e a forma estranha que o perdão encontra para se manifestar.

grim praire tales

Morrison se comove com a história de Deeds, acredita que ela daria um ótimo final para a rodada, mas Deeds insiste para que ele conte mais uma. Morrison então promete a história mais impressionante de todas.

A história de Morrison é sobre pistoleiros, e a competição de quem teria o gatilho mais rápido de um pequeno povoado, através de duelos que só terminam com a morte. A história traz o pistoleiro vencedor sendo assombrado pelo fantasma de seu último rival, em uma espécie de psicose pós-guerra.  

grim praire tales

Nessa bela surpresa de filme, as quatro histórias são muito boas, os atores são excelentes, e é um pecado que essa antologia seja tão pouco conhecida. Contar histórias ao redor da fogueira pode parecer uma ideia simples, mas ela precisa da precisão de um cronômetro para funcionar bem. Com atores de peso, criatividade e uma viagem ao velho oeste assombrado, Grim Prairie Tales é um tesouro, e como tal, difícil de ser encontrado em boa definição. Mas vamos deixar o trailer aqui pra você se animarem na caçada! Vale muito a pena.

Trailer aqui:

LEIA TAMBÉM: PRINCE OF DARKNESS: JOHN CARPENTER, ALICE COOPER E O ANTICRISTO SUBATÔMICO

Sobre Cesar Bravo

amplificador cesar bravoCesar Bravo é escritor, criador de conteúdo e editor. Pela DarkSide® Books, publicou Ultra Carnem, VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, DVD: Devoção Verdadeira a D., 1618 e Amplificador.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Creepshow
R$ 54,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Antologia Dark + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Amplificador + Brinde Exclusivo
R$ 69,850
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneCuriosidadesProfissionais da Morte

O que é teoria e o que é fato sobre a morte da princesa Diana

Tragédias que ganham os noticiários mundiais costumam vir carregadas de teorias...

Por DarkSide
Crime ScenePerfilProfissionais da Morte

Você sabe o que faz uma limpadora de traumas? Conheça Sandra Pankhurst

Você sabe o que faz um limpador de traumas? Não, não estamos falando de nenhum tipo...

Por DarkSide
Crime SceneEntrevista

Predador Americano: autora levou seis anos e gastou 30 mil dólares para investigar Israel Keyes

Como jornalista e fã do ofício, adoro ler livros escritos pelos meus colegas. ...

Por Liv Brandão
CuriosidadesDarklove

Lendas Japonesas: Quem são kitsune e tanuki?

O folclore japonês é povoado por criaturas mágicas que há muito nos fascinam por...

Por DarkSide
FilmesNovidades

The Substance: O elogiado filme que mistura O Médico e o Monstro e Showgirls

“Visionário feminista sobre terror corporal”, “filme cruel e...

Por DarkSide