Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


FilmesFirestar Videolocadora

I Madman: Quando a imaginação se torna loucura

Renda-se à insanidade deste slasher sobrenatural

05/07/2024

A menos que estejamos muito errados, devotos verdadeiros do horror costumam apreciar bastante duas coisas: eventos sobrenaturais e derramamento de sangue. Pois bem, é sobre isso que falaremos nos parágrafos seguintes.

LEIA TAMBÉM: THE DARK: UM TOBE HOOPER PERDIDO NA ESCURIDÃO

I, Madman é um filme americano classificado como Slasher Sobrenatural. Chegou ao mundo em 1989, dirigido por Tibor Takács e rebatizado por aqui, muito genericamente, como Histórias de Terror. Apesar da falha grotesca, horrenda, infame na nomenclatura BR, nós nos aventuramos em encontrar e desenterrar esse bom filme. 

Indo direto ao ponto, I, Madman tem como premissa os efeitos de um livro (e de um escritor) amaldiçoado sobre seus leitores, no melhor molde de O Rei de Amarelo.

I madman

Começamos nosso passeio com alguma inocência, com uma boa música de fundo e uma tomada aérea descendo sobre a Los Angeles noturna. Aterrizamos e entramos em um dos muitos prédios da cidade, e observamos um sujeito esquisito e de pouca conversa deixando esse hotel. Assim que ele sai, um dos condôminos se queixa sobre ruídos de animais, e pede que os responsáveis pelo hotel deem uma olhada no quarto do sujeito.

I madman

Quem se encarrega é o gerente, e ele encontra um quarto transformado em laboratório anatômico. Vidros com fetos em conserva, vísceras em outros potes, fezes e comida de animais espalhados na mais pura falta de higiene. E existe algo bem mais perturbador morando ali, em uma caixa com buracos de ventilação. Uma coisa que rosna e também é capaz de falar (e de fazer outras coisas). Vamos guardar um pouco de mistério aqui, para não estragar o seu susto.

Dessa cena somos transportados para o apartamento de uma jovem. Ela lê um livro sobre monstros enquanto encara uma noite solitária sob a tempestade que embosca Los Angeles. Um homem toca piano na vizinhança, dono de um comércio de restauração de instrumentos. A moça do apartamento é Virginia Clayton, ela é bibliotecária, aspirante a atriz e namorada de um policial chamado Richard.

i madman

Depois de terminar a leitura sobre monstros malignos, Virginia quer ler outros livros do autor Malcolm Brand, e só existe mais um: o livro chamado I, Madman. Ela não percebe, mas talvez já esteja muito mais próxima das histórias desse livro do que imagina. De fato, o livro que ela tanto deseja ler aparece na porta de sua casa (Virginia atribui o envio à sua colega de trabalho na biblioteca, Mona).

i madman

A trama do livro I, Madman segue a escalada da loucura de um homem adoecido de amor, que decide fatiar pedaços do próprio rosto e o de suas vítimas a fim de aplacar seu complexo de rejeição e conquistar sua musa. Nessas partes, o filme mergulha em um gore bastante convincente e gráfico, algo que eleva o filme do noir ao horror em questão de segundos. Nessas sequências, também existe um tempero de giallo italiano bastante pronunciado.

i madman

Conforme Virginia avança no livro, sua realidade começa a se confundir com a ficção, e ela passa a recriar cenas, personagens e lugares enquanto vive sua rotina diária. Para aumentar ainda mais o mistério, Virginia descobre que o livro que foi deixado na porta de sua casa chegou por uma pessoa desconhecida, e não por sua colega. 

Agora, a cada capítulo que ela termina no livro, uma nova vítima é descoberta nas redondezas de sua casa. Pessoas que Virginia conhece na vida real (uma delas é o homem que toca piano na loja ao lado de seu prédio). Depois da morte desse homem, o encarregado para investigar o crime é Richard, e ele convence Virginia, sua namorada e única testemunha do crime, a depor na polícia. Virginia conta tudo o que sabe, e o que imagina saber sobre o livro, o que atrai dúvidas sobre sua credibilidade.

i madman

Sem a ajuda da polícia, Virginia decide agir por contra própria, e faz uma visita ao homem que editou e publicou os livros de seu autor preferido, Malcolm Brand. O editor conta que Malcolm era um homem louco de verdade, esquizofrênico, e que mutilou a si mesmo no processo de escrita dos livros (ele acreditava estar sendo amaldiçoado pelo mal que fez aos seus próprios personagens).

i madman

Convencida que os livros são prelúdios do que o assassino fará na realidade, Virginia tenta se antecipar ao próximo crime, mas tudo o que consegue é ver outro amigo sendo assassinado pelo homem de rosto retalhado. Depois desse crime, Richard decide dar algum crédito a Virginia e ler o livro. Só então ele acredita que, sim, existe muita semelhança com o que está acontecendo na vida real. Para tornar tudo mais intenso, no livro a personagem que Virginia acaba sendo a última vítima do homem retalhado, e nesse ponto existe uma chance: montar uma armadilha elaborada pela polícia e conseguir capturar o assassino antes que ele faça sua última vítima.

i madman

Bem, o assassino acaba se mostrando não tão previsível, o que não quer dizer que ele tenha desistido do seu crime mais memorável. Se ele conseguirá retalhar Virginia ou será capturado, ou se ele realmente não passa de uma imaginação poderosa, eu não posso dizer aqui, mas você descobrirá assistindo esse filme. O que posso dizer é que I, Madman foge do lugar comum e propõe um filme muito bom, com pouquíssima gordura na trama, bons personagens e uma metalinguagem na medida certa. Mais uma escavação de sucesso da equipe de arqueólogos da Firestar. 

E vamos deixar uma amostra para você ter certeza!

Partiu encarar a loucura de frente? É só apertar o play! (E se você encontrar alguma semelhança desse filme com a capa do disco Diary Of a Madman, de 1981 de Ozzy Osbourne, isso será muito mais que uma mera coincidência).

LEIA TAMBÉM: PIN: UM TRAUMA FEITO DE LOUCURA E PLÁSTICO

Sobre Cesar Bravo

amplificador cesar bravoCesar Bravo é escritor, criador de conteúdo e editor. Pela DarkSide® Books, publicou Ultra Carnem, VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, DVD: Devoção Verdadeira a D., 1618 e Amplificador.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

O Rei de Amarelo + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Ultra Carnem
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CuriosidadesFilmes

Você sabia que Viagem Maldita foi inspirado num caso real?

Não existe nada mais aterrorizante do que um filme de terror baseado em uma história...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Dark Night of the Scarecrow: Frank De Felitta como você nunca imaginou

Vocês já pararam para se perguntar de onde vem nosso fascínio pelos filmes antigos?...

Por Cesar Bravo
DarksideMúsica

Celebre os Heróis do Blues, Jazz & Country com essa playlist

Além de um ilustrador brilhante, Robert Crumb era um apaixonado pela música dos anos...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidades

Crianças podem ser consideradas psicopatas?

O ser humano é mau até que prove o contrário ou ele nasce bom e a sociedade o...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidadesProfissionais da Morte

4 Profissões da morte que você não imaginava que existiam

Você já pensou em trabalhar diretamente com a morte? Quando pensamos em...

Por DarkSide