Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Cine Book ClubEventos

Mostra Sonora homenageia o compositor John Williams e traz grandes clássicos do cinema

27 filmes serão exibidos no evento

John Williams é um dos maiores compositores de trilhas sonoras do cinema e, com certeza, os DarkSiders já conhecem algumas delas. Dentre as mais de 100 criações, estão as inesquecíveis trilhas de Star Wars e Tubarão, que lhe renderam 7 indicações ao Oscar (e duas estatuetas). Williams foi indicado um total de 52 vezes ao Oscar (venceu 6 vezes), sendo a 2ª pessoa com mais indicações até hoje (Walt Disney é o detentor da marca – até o momento –, com 59 indicações).

Créditos: MTV

LEIA TAMBÉM: O SOM PERFEITO: 5 TRILHAS MACABRAS DE FILMES DE TERROR

E todo esse legado está sendo homenageado pela Sonora: John Williams, uma mostra do Centro Cultural Banco do Brasil que conta com a exibição de 27 longas-metragens. A curadoria foi feita por Rafael Bezerra, que comenta: “Quem já não assobiou o tema da saga ‘Guerras nas Estrelas’? Quem não sabe de cor pelo menos uma composição de Williams? Pois ele deu a sonoridade de filmes que marcaram uma geração, que possuem fãs até hoje. Tem uma incrível parceria de sucesso com o diretor Steven Spielberg, além de ter trabalhado com diferentes diretores como Alfred Hitchcock, Clint Eastwood, Oliver Stone, Robert Altman, Brian de Palma dentre outros”. 

O evento já passou por São Paulo e desembarca no CCBB Rio de Janeiro para uma temporada de 3 a 29 de novembro, seguindo para o CCBB Brasília em fevereiro de 2022. Os ingressos são gratuitos e devem ser reservados no site ou aplicativo Eventim.

LEIA TAMBÉM: 5 CURIOSIDADES MACABRAS SOBRE O FILME TUBARÃO

Créditos: CCBB

Além das sessões presenciais, a mostra Sonora: John Williams também contará com atrações online: sessões de Superman: O Filme (6/11, 17h30) e Esqueceram de mim (21/11, 17h); um debate, no dia 25/11, às 19h, com o jornalista Max Valarezo e o crítico de cinema Filipe Furtado, mediado pelo curador da mostra; e um curso (pelo Zoom) sobre trilha no cinema e a obra de John Williams, no dia 11 de novembro, às 19h, conduzido por Tomaz Alves Souza, compositor de trilha de filmes como Era uma vez eu, Verônica e Bacurau (este em parceria com Matheus Alves). Os filmes, o debate e as inscrições para o curso serão no site Eventim. O debate e o curso terão tradução para LIBRAS

Acesse o site oficial para conferir a programação completa.

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Star Wars: Dark Edition + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Tubarão + Brindes Exclusivos
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Psicose - Limited Edition + Brinde Exclusivo
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Graphic NovelListasMedo Clássico

Da obsessão à inspiração: As principais influências de H.P. Lovecraft

Passado quase um século desde a publicação de suas obras, hoje é difícil imaginar...

Por DarkSide
Dark House

As sinistras colaborações de Michael McDowell e Tim Burton

Michael McDowell tinha uma ideia muito bem definida quanto ao seu legado: nunca...

Por DarkSide
Darklove

Kerri Maniscalco: Novos livros chegarão ao Brasil

Os DarkSiders pediram e a Caveira ouviu: As bruxas de Kerri Maniscalco chegam na...

Por DarkSide
Coven MagicaeMagicae

Respeita a bruxa que habita teu ser

Você já se perguntou o que eu estou fazendo aqui? É tanta coisa que a gente vive,...

Por Devaneio da Bruxa
Graphic NovelListas

Uma Dobra no Tempo: 5 curiosidades sobre a autora Madeleine L’Engle

Madeleine L’Engle foi uma mulher à frente do seu tempo e suas obras atravessaram...

Por DarkSide