Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Crime SceneDocumentários

Professor de atuação que abusou de Drake Bell era amigo de John Wayne Gacy

Brian Peck tinha uma pintura do serial killer na sala de casa

22/03/2024

Brian Peck, ex-treinador de atuação e diálogo da Nickelodeon que abusou sexualmente do ator Drake Bell, de Drake & Josh, então com 15 anos, também tinha uma conexão sinistra com o serial killer John Wayne Gacy, o infame Killer Clown.

LEIA TAMBÉM: KILLER CLOWN PROFILE: A HISTÓRIA SINISTRA DE JOHN WAYNE GACY

A série Quiet on Set: The Dark Side of Kids TV, da Discovery, traz chocantes revelações sobre a relação entre os dois criminosos. Um dos entrevistados é Kyle Sullivan, da série All That. “Todo mundo amava Brian”, diz o ator. “Ele era carismático, inteligente e estava por perto o tempo todo. Todos os pais também o amavam. Todos confiavam em Brian”, acrescentou.

Sullivan, que tinha apenas 14 anos na época, narra um churrasco para o elenco e equipe da série na casa de Peck. Segundo ele, foi quando percebeu algo peculiar.

quiet on set

“A casa dele era um pouco errada”, diz Sullivan. “Ele tinha uma sala dedicada apenas a brinquedos antigos e histórias em quadrinhos. E ele converteu sua garagem em um santuário de Planeta dos Macacos. Notei uma pintura na sala que me chamou a atenção porque não tinha nada a ver com Planeta dos Macacos. Era um palhaço de aniversário segurando balões.

E o ator não parou por aí. “Brian ficou muito animado quando perguntei a ele sobre isso”, diz o ator. “Ele virou a tela e, no verso dela, estava escrito: ‘Para Brian, espero que você goste da pintura. Muitas felicidades, seu amigo, John Wayne Gacy.‘”

Gacy ficou conhecido como o Palhaço Assassino porque se vestia assim para estuprar e assassinar pelo menos 33 meninos e jovens nos anos 1970. A história completa sobre a investigação do assassino está no livro Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino, publicado pelo selo Crime Scene®.

killer clown profile

Sullivan diz que Peck não via nada de errado em ter um autorretrato de um serial killer na parede da sala. Pelo contrário. Na ocasião, mostrou orgulhosamente a pintura para os outros pais e filhos que participavam do convescote.

“Brian realmente desenvolveu uma amizade com John através de correspondências”, diz Sullivan. “Ele guardava uma pilha de cartas e fotos de John Wayne Gacy na mesa de cabeceira, ao lado da cama. Ele pegou e começou a mostrá-las para mim.”

Sullivan admite ter feito vista grossa à perturbadora conexão de Peck com o serial killer. “Seu instinto é dar a alguém que você conhece há tanto tempo o benefício da dúvida, mesmo diante de um sinal tão ruim”, diz ele. “Foi um daqueles fracassos clássicos da psicologia de grupo. Este homem em quem confiávamos para supervisionar crianças não era confiável.

brian peck

“Quando descobrimos essa revelação durante o processo de produção do documentário, ficamos chocadas”, disseram as diretoras, Mary Robertson e Emma Schwartz. “Isso levantou muitas questões sobre a dinâmica do poder dentro e fora do set, e quais perigos estavam escondidos. Explorar essas dinâmicas e revelar os segredos por trás de como a cultura é feita está no centro do que estamos tentando fazer com Quiet on Set

Peck foi preso meses depois do tal churrasco, em agosto de 2003, por onze acusações de abuso sexual infantil, especificamente relacionadas a um ator mirim que teve sua identidade preservada, afinal, tratava-se de um menor de idade. Em Quiet on Set, Drake Bell revela que ele foi a vítima.

Peck, que não negou as acusações, foi condenado a apenas dezesseis meses de prisão e fichado como criminoso sexual em outubro de 2004. Mais tarde, ele voltou a trabalhar com um elenco jovem em três episódios da sitcom The Suite Life of Zack & Cody, que foi ao ar em 2006 e 2007, no Disney Channel, que contou com Cole Sprouse e Ashley Tisdale.

suite life of zack and cody

Rich Correll, o diretor dos episódios, e Beth Correll, a primeira assistente de direção, disseram em comunicado aos produtores de Quiet on Set que “não tiveram participação ou envolvimento na escalação” de Peck para o programa da Disney. Eles também disseram que quando perguntaram a Peck sobre o caso, ele “simplesmente respondeu que ‘o problema havia sido resolvido’”.

LEIA TAMBÉM: KILLER CLOWN: CONHEÇA OS FILMES INSPIRADOS NO SINISTRO PALHAÇO POGO

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneCuriosidades

Jane Toppan: Conheça o caso dessa lady killer

Conhecida como “a primeira serial killer dos Estados Unidos”, Jane Toppan se valia...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Deadly Blessing: Wes Craven, pesadelos e Sharon Stone

Alguns mestres supremos do terror se tornaram tão fortemente associados a algumas de...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

Blumhouse fará um novo A Bruxa de Blair com a Lionsgate

Jason Blum vai reviver A Bruxa de Blair — e se você não captou o que significa essa...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Lançamento: Lady Killers Profile: Jane Toppan, por Harold Schechter

Em 1891, Jane Toppan jurou cuidar e proteger em sua profissão como enfermeira...

Por DarkSide
Crime SceneNovidades

O.J. Simpson morre aos 76 anos

Aos 76 anos de idade, O.J. Simpson faleceu em decorrência de um câncer nessa...

Por DarkSide