Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


FilmesListas

Resumo de todos os filmes de Jogos Mortais

Relembre todas as armadilhas dessa franquia matadora

26/09/2023

“Olá, eu quero jogar um jogo.” Quem aqui nunca sentiu a espinha gelar ao ouvir essa frase proferida em um vídeo com a imagem do horripilante boneco Billy? Desde 2004 a franquia Jogos Mortais vem chocando audiências em todo o mundo com armadilhas cada vez mais criativas e tramas cada vez mais sangrentas.

LEIA TAMBÉM: 10 FILMES DE TERROR QUE SE PASSAM EM UM CENÁRIO

Com um filme de estreia poderoso dirigido por James Wan a partir de um curta-metragem, Jogos Mortais logo mostrou que era muito mais do que um filme de horror porn e carnificina gratuita, entregando uma história de fundo bem elaborada e um plot twist que até hoje é um dos mais lembrados da história do cinema. 

Desde então, a franquia vem dividindo opiniões. Ao mesmo tempo em que as armadilhas foram se tornando mais elaboradas, a fórmula se tornou um tanto repetitiva, menos densa e com um apelo cada vez mais forte para a violência gratuita.

jogos mortais

A série até passou por um hiato após Jogos Mortais: O Final, até porque ele supostamente encerraria a história — com direito a um plot twist que serviu como uma ótima última peça em um elaborado quebra-cabeça —, mas retornou em 2017 com Jogos Mortais: Jigsaw e a franquia ressuscitou como todo bom assassino de slasher.

Para relembrar todas as armadilhas doentias e todos os plot twists de explodir cabeças (as suas ou as das vítimas), separei um resumo de todos os filmes de Jogos Mortais.

ATENÇÃO: O POST ESTÁ CHEIO DE SPOILERS DE JOGOS MORTAIS

1. Jogos Mortais (2004)

Tudo começa (e continua) com dois caras trancados em um banheiro: um tem que matar o outro para manter sua família viva. Já tem um cara aparentemente morto no chão. Paralelamente, policiais tentam rastrear o assassino a partir do depoimento da única sobrevivente do Jigsaw, que a gente acaba nem prestando muita atenção. Rolam pernas serradas e o Danny Glover interpretando um policial. O plot twist é que o cara morto no chão do banheiro era o próprio Jigsaw (Tobin Bell), o que desgraça a cabeça de todo mundo. Porém, o mistério sobre o assassino — Quem é? Onde vive? Do que se alimenta? — permanece, o que dá um bom combustível para os próximos.

jogos mortais
© Lions Gate Films/Divulgação

2. Jogos Mortais 2 (2005)

Mais gente, mais história. Passado o teste do primeiro filme, os produtores resolveram se jogar no que há de mais legal em produções de terror para adolescentes: uma morte atrás da outra. Se a partir de certo ponto você passou a ter dificuldade em diferenciar cada produção, esse é o filme “da casa”, onde várias pessoas devem matar umas às outras para sobreviver. Lembra da vítima que sobreviveu ao primeiro filme? Então, ela está lá de novo, mas só no final do filme a gente descobre por quê. O policial dessa vez é interpretado por Donnie Wahlberg — também conhecido como o irmão do Mark Wahlberg e membro do New Kids on the Block. O filme ainda reserva incineração e aquela piscina de seringas. Também dá a entender que o assassino morre no final do filme, mas a essas alturas a gente já está mais esperto.

Jogos Mortais 2
Lionsgate/Reprodução

3. Jogos Mortais 3 (2006)

Aqui todo mundo se ligou que a Amanda (Shawnee Smith), que sobreviveu a duas armadilhas, era aprendiz do Jigsaw. Desta vez um casal é posto à prova: o homem tem que perdoar todo mundo responsável pela morte do filho e absolvição do (ir)responsável pelo atropelamento. Enquanto isso, a mulher dele tem que fazer uma cirurgia cerebral para salvar o Jigsaw, que está quase morrendo. O único porém é que ela tem um colar com cinco cargas de escopeta ligados ao monitor cardíaco do Jigsaw, ou seja, se ele morre, ela morre. No fim das contas, os envolvidos com a morte do filho dele morrem, a médica morre, a Amanda morre e o Jigsaw morre também. Talvez eles estivessem pensando em passar a régua na franquia aqui.

jogos mortais 3
Lionsgate/ Reprodução

4. Jogos Mortais 4 (2007)

Pra que fazer três dinheiros se você pode fazer quatro dinheiros? Jogos Mortais 4 começa com uma sessão de autópsia no Jigsaw e adivinha o que eles encontram no corpo dele? Uma fita! Sim, mais um jogo em andamento. Dois agentes do FBI finalmente se tocam de que mais alguém deve estar ajudando nos assassinatos. Paralelamente, mais um policial é posto à prova e mais uma galera morre de forma bizarra. No final do jogo, o policial New Kids On the Block morre com um super cubo de gelo quebrando na cabeça dele. O legal aqui é que o final desse filme se passa ao mesmo tempo do final do anterior. Genial! Nesse aqui a gente também descobre que o Jigsaw já teve uma vida antes de se tornar esse assassino criativamente cruel: a chave dele virou quando a parceira perdeu o bebê e ele foi diagnosticado com câncer. Ainda tem um policial que sobreviveu a um jogo e que, pelo andar da carruagem, é quem vai dar continuidade aos assassinatos.

jogos mortais 4
Lionsgate/Reprodução

LEIA TAMBÉM: TELEFONEMAS MORTAIS

5. Jogos Mortais 5 (2008)

No quinto filme a gente descobre que esse policial “do mal” estava ali o tempo inteiro, mas os roteiristas esconderam isso da gente (safados). Foi ele quem arrastou o cara no primeiro filme, armou a casa no segundo e por aí vai… Só que agora a gente tem um policial “do bem” do FBI que está pra descobrir isso e acabar com os planos dele. Aliás, o policial do bem é interpretado pelo Scott Patterson, também conhecido como o Luke de Gilmore Girls. Para surpresa de zero pessoas, quem se dá mal é o policial Luke. Além disso, nas armadilhas daquela galera que só foi escalada para morrer rola bomba, choque elétrico e mãos decepadas. Não sei vocês, mas a essas alturas a franquia já tinha virado comédia há algum tempo.

jogos mortais 5
Lionsgate/Reprodução

6. Jogos Mortais 6 (2009) 

Se você gosta de plot twist, precisa chegar até aqui. O jogo dessa vez é com o dono da empresa que negou plano de saúde pro Jigsaw fazer seu tratamento contra o câncer. Na maior parte do filme é esse cara que tem que escolher quem vive e quem morre. Lembra que em um dos filmes tem uma roleta-russa com o tal “carrossel da morte”? É esse aqui. Só que no fim, outras pessoas têm a possibilidade de decidir pela vida dele… e ele morre. Na história que interessa mesmo, a gente descobre que existiam uns ciuminhos entre os pupilos do Jigsaw. Mas a coisa fica interessante mesmo quando a ex-mulher dele, Jill, pega aquele policial “do mal” e o submete a um jogo. De repente muita coisa começa a fazer sentido, todo mundo acha que vai rolar um “infelizes para sempre” quando a Jill diz “game over”. Lógico que não está over. 

jogos mortais 6

7. Jogos Mortais: O Final (2010)

O suposto final da saga é um filme absolutamente satisfatório pra quem chegou até aqui. Somos apresentados a um grupo de apoio para os sobreviventes dos jogos do Jigsaw, que conta com a participação de um “guru” que escreveu até um livro sobre sobreviver aos jogos chamado Bobby Dagen (Sean Patrick Flannery). Lembra dele em algum jogo? Não, né? Deve ser porque Bobby nunca sobreviveu a jogo nenhum. Para sua sorte, ou melhor, azar, ele tem a chance de se confessar quando é capturado para um jogo em que ele precisa salvar uma galera, incluindo a própria esposa. 

jogos mortais o capítulo final
Lionsgate/Reprodução

Mas o mais legal é a história principal do filme, que tinha ficado pendurada no jogo da Jill com o policial malvado. Ele escapa, vai atrás dela, arma um jogo pra ela, e adivinha? Mata a Jill. Mas a melhor parte vem agora: depois de matar a Jill ele é capturado por pessoas com as temidas máscaras de porcos. E adivinha quem é um dos caras usando a máscara de porco? O médico láááá do primeiro filme, que a gente vai descobrir estava ajudando o Jigsaw ESSE TEMPO INTEIRO! E quer saber por que eu digo que esse filme é tão bem amarrado? Sabe onde ele joga o policial malvadão pro jogo? No banheiro do primeiro filme! Mindblowing! E lembra que o cara serrava o próprio pé pra escapar? Então, o médico tira a serra dali e deixa o policial malvadão pra morrer. E esse, sim, era pra ser o fim.

8. Jogos Mortais: Jigsaw (2017)

Era pra ser porque a franquia ainda poderia ser espremida para arrecadar mais uns trocados. Dez anos depois da morte de Jigsaw, dois detetives investigam uma série de assassinatos que tem tudo pra ser do cara que gosta de assustar as pessoas com uma marionete num triciclo. Mas ele morreu, não? Enquanto isso, nove coitados estão envolvidos em um jogo numa fazenda de porcos. Para um filme que pretendia trazer respostas, Jogos Mortais: Jigsaw parece provocar mais perguntas, como: é uma sequência? Uma prequela? Um reboot? E, principalmente, quem pediu por esse filme? Lá pelo terceiro ato a história até consegue justificar sua relação com a franquia, mas não sua existência. E o plot twist nem é tudo aquilo. 

jogos mortais jigsaw
Lionsgate/Divulgação

9. Espiral: O Legado de Jogos Mortais (2021)

A primeira coisa que você precisa saber sobre esse filme é que um dos motivos para a existência dele é que o Chris Rock queria fazer um filme de Jogos Mortais, o que explica muita coisa. Rock interpreta um detetive que está investigando uma série de assassinatos inspirados em Jigsaw que tem como alvo alguns policiais meio suspeitos — todos ligados de alguma maneira a um caso do passado do protagonista. Tem ainda o Samuel L. Jackson como pai do Chris Rock (por que não?). O filme parecia empurrar Jogos Mortais para um novo caminho, mais slasher do que horror porn, mas morreu por aí mesmo. O que não é uma pena.

legado jogos mortais
Lionsgate/Reprodução

10. Jogos Mortais X (2023)

Como é bom ter a família reunida de novo. Jigsaw, Amanda, o policial malvado… Depois de duas desviadas de percurso, Jogos Mortais parece voltar aos eixos. E voltar mesmo, porque a história aqui não se propõe a avançar a linha do tempo, mas sim rebobinar para algum momento entre o primeiro e o segundo filme, quando Jigsaw viaja ao México em busca de um tratamento para sua doença. Só que ele se depara com um esquema fraudulento para roubar dinheiro dos pacientes sem qualquer perspectiva de cura. Já sabe o que ele vai fazer né? Possivelmente o seu jogo mais pessoal até aqui.

jogos mortais x
Lionsgate/Reprodução

LEIA TAMBÉM: 7 CURIOSIDADES SOBRE A FRANQUIA JOGOS MORTAIS

Sobre Luciana Kühl

Avatar photoJornalista e Head de Conteúdo da DarkSide®. Blogueira desde a época do Templates by Marina, cinéfila que cresceu em meio às produções da Disney e hoje se rendeu ao lado Dark dos filmes. Louca dos gatos, bruxa solitária, revisora macabra e DarkSider de coração gelado.

4 Comentários

  • Fernanda

    29 de setembro de 2023 às 10:10

    Embora tenha descambado e ficado supertrash em algum momento (a médica que protagoniza o terceiro filme oferece uma das atuações mais caricatas do cinema), Jogos Mortais ainda é uma das minhas franquias prediletas. Este post me fez querer rever todos os filmes de novo!

  • Eduardo

    3 de outubro de 2023 às 11:37

    Excelente resumo, concordo com a Fernanda “este post me fez querer rever todos os filmes de novo! “. Eu gosto muito da franquia e obvio queria mais filmes, uma serie de tv e menos torture porn. Adorei o seu humor Luciana, parabéns !

  • Barbara

    4 de outubro de 2023 às 19:21

    Essa semana mexendo nas minha redes sociais chegou até mim um post com a ordem cronológica dos filmes. E hoje recebo um e-mail com esta reportagem.
    Que demais!
    Já estou revendo todos!

  • Henrique

    4 de outubro de 2023 às 19:23

    Darkzinhaaaaa. Acabei de maratonar toda a franquia pra ver esse último no cinema. Agora com esse post eu já tô querendo um livro sobre isso. Hahaha Lança pra nós ❤️

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Cruel: Índice da Maldade + Brinde Exclusivo
R$ 129,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Tom Savini: Vida Monstruosa + Brindes Exclusivos
R$ 129,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Brain Dead: Seu cérebro nunca será desligado

Depois de tudo o que foi feito pelo horror nos anos 1980, nosso gênero mais amado (e...

Por Cesar Bravo
Graphic NovelNovidades

Spa, de Erik Svetoft, é finalista do Prêmio Eisner

Tem história publicada pela DarkSide® Books entre os finalistas do Prêmio Eisner...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Alpha: terceiro filme de Julia Ducournau vem aí

A cineasta francesa Julia Ducournau se estabeleceu como uma verdadeira visionária do...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

Quais são os 7 chakras e o que eles significam

Você provavelmente já ouviu algum comentário sobre “desalinhar os chakras” e...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

O que é a linguagem secreta das flores da Era Vitoriana?

Quanta emoção uma flor pode carregar? Não é de hoje que elas acompanham nossos...

Por DarkSide