Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesListasMacabra

11 Celebridades que já foram associadas a cultos

Neil Young, Jane Fonda e Val Kilmer estão entre os nomes

25/07/2023

Celebridades costumam lançar modas, mas às vezes elas também seguem… cultos. Aproveitando o lançamento de Cultos: A Linguagem Secreta do Fanatismo, listei algumas celebridades que embarcaram em religiões, cultos e seitas — e nem sempre encontraram a luz.

Elvis Presley

Os ex-membros da Self-Realization Fellowship (algo como “Irmandade da Autorrealização”) a descrevem como um culto de ioga. Culto, sim, porque seus líderes exigiam que seus seguidores mais ferrenhos desistissem de tudo para se tornarem deuses por meio do alongamento (!!!). Quem quase embarcou nessa nos anos 19960 foi Elvis Presley. Segundo Priscila Presley, ex-mulher do cantor, ele queria fundar uma comuna para o grupo, mas acabou desistindo do compromisso. 

elvis presley

Michelle Pfeiffer

Quando Michelle Pfeiffer se mudou para Hollywood, nos anos 1980, se envolveu em um culto de “breatharians”, que acreditava tratar-se de personal trainers inofensivos, interessados na vida saudável. Mas, segundo as crenças do grupo, pessoas mais avançadas espiritualmente poderiam viver sem comida ou água. E foi assim que a estrela de Scarface teve seu tempo e seu dinheiro controlados pelo grupo. A ficha só caiu quando seu então marido, o ator e diretor Peter Horton, estava pesquisando sobre um outro culto para um trabalho. “Oh, ei, estou em um culto, talvez eu deva sair dessa”, disse.

michelle pfeiffer

Tim Maia

Em meados dos anos 1970, Tim Maia teve uma relação breve, mas profunda, com a Cultura Racional. Após ler o livro Universo em Desencanto e fazer uso de mescalina, o cantor se converteu à seita, modificou suas letras e rompeu com a gravadora para lançar o álbum Tim Maia Racional, um de seus trabalhos mais aclamados. Durante esse período, seguiu as regras impostas pelo movimento e adotou práticas mais saudáveis em busca de elevação espiritual. No entanto, em 1975, não encontrando os resultados esperados, abandonou a seita, quebrou seus discos e retomou seu tresloucado estilo de vida anterior.

Tim Maia

Mel Gibson

Mel Gibson é tão católico, mas tão fervorosamente católico que nem mesmo a Igreja Católica parece suficiente para ele. O astro de Coração Selvagem criou sua própria igreja, que a Arquidiocese Católica Romana de Los Angeles jamais reconheceu. A igreja particular é um tanto secreta, mas o que sabemos é que muito provavelmente segue o Velho Testamento, negando até a autoridade do Papa.

Mel Gibson

Jane Fonda

Todo mundo erra, até mesmo a Jane Fonda. Na juventude, a atriz norte-americana, hoje com 85 anos, se disse fã de Jim Jones. Esse nome te diz alguma coisa? É o “reverendo” que provocou o suicídio coletivo de mais de 900 pessoas, incluindo crianças, em Jonestown, na Guiana, tema de inúmeros livros, séries e documentários — incluindo Jim Jones: Massacre em Jonestown, publicado pela Caveira. Puxado.

Jane Fonda

LEIA TAMBÉM: JIM JONES: DE RESPEITADO LÍDER RELIGIOSO A PROFETA DO APOCALIPSE

Dennis Wilson

O músico dos Beach Boys, uma das bandas mais populares dos Estados Unidos nos anos 1960, sofreu o que podemos chamar de arapuca da Família de Charles Manson. Algumas as integrantes mais atraentes da seita mortal intencionalmente pediram carona para o baterista. Assim, Wilson e Manson se tornaram próximos: tão próximos que o beach boy, que chamava o líder da seita de “o mago”, encorajou a carreira musical de Manson e chegou a hospedar 17 mulheres da Família em sua casa. Esse fato está em Manson: A Biografia.

Dannis Wilson

Neil Young

Antes de ser fiel seguidor da alta-fidelidade sonora, Neil Young também se aproximou da Família Manson. Apresentado ao “guru” por Dennis Wilson, frequentou o rancho que sediava a seita e, reza a lenda, namorou uma das integrantes do grupo. Neil Young chegou a comparar Charles Manson a Bob Dylan e tentou conseguir um contrato com uma gravadora para o então amigo, que veio a ser responsabilizado pela morte da atriz Sharon Tate e do bebê que ela esperava, e de outras cinco pessoas.

neil young

LEIA TAMBÉM: “DESDE PEQUENO CHARLES MANSON ERA MAU E PERIGOSO”, DIZ JEFF GUINN, AUTOR DA BIOGRAFIA SOBRE O ASSASSINO

Val Kilmer

Recentemente visto em Top Gun: Maverick ao lado do cientologista Tom Cruise, Val Kilmer é um “cientista cristão”. Ou seja, o ator é daqueles que não acreditam na medicina, preferindo orar em vez de tratar as doenças. Quando diagnosticado com câncer na garganta, em 2015, precisou ser convencido pela família a receber tratamento. Quando finalmente se convenceu, seu estado era grave o suficiente para exigir uma traqueostomia e um tubo por onde ele recebe alimentação. E nem assim ele se tocou do que fez: para ele, é o tratamento, e não o câncer, que está lhe causando sofrimento.

Val kilmer

Joaquin Phoenix

O ator que interpretou o Coringa e seus irmãos — incluindo River — foram criados dentro da seita Children of God. A família mudou o sobrenome para Phoenix quando finalmente deixou o grupo, quando o ator tinha apenas 4 anos. Ao longo dos anos, o grupo foi acusado de abusar física e sexualmente de crianças, além de visar pessoas vulneráveis.

À Playboy, Joaquin explicou: “Acho que meus pais acharam que haviam encontrado uma comunidade para compartilhar seus ideais. Os cultos raramente se anunciam como tais. Geralmente é alguém dizendo: ‘Nós somos pessoas que pensam da mesma forma. Esta é uma comunidade’, mas acho que no momento em que meus pais perceberam que havia algo mais nisso, eles saíram”. 

Joaquin Phoenix

Glenn Close

Aos 7 anos, a atriz se mudou com a família para a Suíça para se juntar ao Moral Re-Armament (MRA), do qual fez parte até a faculdade, aos 22 anos. O culto foi fundado na década de 1930 pelo reverendo Frank Buchman, conhecido por crer que o mundo evitaria as guerras se as pessoas experimentassem um despertar moral e espiritual.

Ao The Hollywood Reporter, a atriz oito vezes indicada ao Oscar® contou mais detalhes: “Durante anos, não confiei nos meus instintos porque minhas crenças foram todas ditadas para mim. Você basicamente não tinha permissão para fazer nada, ou se sentia culpado por qualquer desejo não natural”.

glenn close

R. Kelly

Todo mundo provavelmente sabe das condenações de R. Kelly que, em vez de entrar para uma seita, praticamente liderou uma. As acusações contra o cantor de “I Believe I Can Fly” incluem crimes sexuais, tráfico humano, pornografia infantil, formação de quadrilha e obstrução de justiça. Tudo para aumentar e manter um harém de mulheres jovens, que passaram anos denunciando suas práticas pouco ortodoxas. Os métodos pelos quais ele conduziu seu “culto sexual” — recrutamento, isolamento, vigilância e ameaças — são muito semelhantes aos de outros líderes de cultos menos reconhecidos pelo Grammy e pelas paradas de sucesso.

R. Kelly

LEIA TAMBÉM: 10 CURIOSIDADES ESTRANHAS SOBRE A CIENTOLOGIA

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Manson: A Biografia
R$ 89,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
GamesMacabraNovidades

Conheça o jogo de tabuleiro de Condado Maldito

Se você é fã da série de graphic novels Condado Maldito e gosta de jogos de...

Por DarkSide
CuriosidadesFilmesWish

10 Curiosidades sobre o filme A Lagoa Azul

Se você cresceu entre os anos 1980 e 1990 provavelmente já passou alguma tarde...

Por DarkSide
CuriosidadesListas

Conheça as bandeiras do movimento LGBTQIAP+

O arco-íris você já deve conhecer bem. A bandeira mais popular associada aos...

Por DarkSide
DarkloveLançamento

Lançamento: Afrofutulírica, por Eve L. Ewing

Afrofutulírica, de Eve L. Ewing, é uma jornada pelos caminhos que nos transformam em...

Por DarkSide
DarkloveLançamento

Lançamento: Menina Deusa: Um Mito Moderno, por Nikita Gill

Menina Deusa, da renomada autora Nikita Gill (Contos de Fadas & Poemas Vorazes para...

Por DarkSide