Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesFilmes

8 Cenas que provam que Indiana Jones também é filme de terror

Nada como um gore tamanho família dos anos 1980

30/06/2023

A franquia Indiana Jones é um marco dos anos 1980. Aquele mix gostoso de aventura, ação e história que só poderia ter saído de uma parceria digna de George Lucas e Steven Spielberg no ápice da criatividade. A fórmula se consagrou nas sessões da tarde, unindo crianças e adultos na torcida pelo nosso querido Indy.

LEIA TAMBÉM: 6 FILMES E SÉRIES QUE CELEBRAM A AMIZADE NOS ANOS 1980

Porém, se você assistiu aos filmes quando ainda era criança é bem provável que tenha ficado um tanto impressionado com algumas sequências — principalmente no segundo filme. Boas doses de violência, sangue, comidas indigestas e sacrifícios humanos deram um tom bem mais Dark para a franquia (por mais que a nossa nostalgia tente maquiar isso).

Não, nenhum filme de Indiana Jones pode se encaixar na categoria de terror, isso é fato. Mas Spielberg nunca negou a sua inclinação para o gênero que lhe alçou ao estrelato, Tubarão. Não é à toa que algumas cenas da trilogia original flertam tanto com o sobrenatural e com o gore. Isso num filme considerado “família”. Mas tudo bem, eram os anos 1980.

Talvez essas cenas tenham sido o seu primeiro contato com o terror na infância. Talvez tenham te traumatizado. Talvez a sua memória seletiva te faça lembrar de Indiana Jones como algo mais leve. Mas estou aqui pra lembrar que tinha umas coisas bem horripilantes acontecendo na trilogia original:

1. A morte de Satipo (Os Caçadores da Arca Perdida)

Logo no início do primeiro filme, a franquia Indiana Jones já mostra que não é um filme tão familiar assim. Quando Indy está tentando pegar um artefato milenar no Peru, seu guia Satipo tenta passar a perna nele e levar a relíquia consigo. Em meio a armadilhas mortais, aranhas (por que não?) e uma trilha aterrorizante de John Williams, nos deparamos com a cabeça do traidor pregada à parede. É tudo muito rápido, mas já dá aquela pitada no gore para preparar os estômagos da audiência.

morte satipo indiana jones
Lucasfilm

2. O banquete indigesto (Indiana Jones e o Templo da Perdição)

O filme de toda a franquia que mais flerta com o terror certamente é o segundo, Indiana Jones e o Templo da Perdição, e os próximos exemplos vão confirmar isso. Mas quem aqui não teve a infância marcada (e desgraçada) por aquele banquete? Comer cobra pode parecer algo um tanto indigesto, agora imagine cortar a serpente servida à mesa para descobrir que ela tem várias surpresas rastejando para fora dela e para dentro do trato digestivo dos colegas. 

Espaguete de cobra não faz muito o seu estilo? Não tem problema, aquele banquete tinha muitas outras iguarias igualmente nojentas: escaravelhos gigantes saboreados como trufas, cérebros de macaco servidos nas próprias cabeças dos animais e, para quem não vê problema em jantar algo mais levinho, uma sopa de olhos, é claro! Servidos?

Indiana Jones Banquete
Lucasfilm

3. De peito aberto (Indiana Jones e o Templo da Perdição)

Quando você viu “Indiana Jones” e “terror” lado a lado, provavelmente pensou nesta cena. Em uma cerimônia de sacrifício do culto que Indy precisa enfrentar no segundo filme, somos surpreendidos com o vilão Mola Ram simplesmente enfiando a mão no peito do homem que será sacrificado e arrancando o seu coração, que pulsa na sua mão enquanto seu dono milagrosamente permanece vivo. Mas não por muito tempo, porque ele logo é lançado a uma espécie de poço fervente que muito provavelmente é o próprio inferno, onde seu corpo arde em chamas — tal qual o seu coração que tinha ficado lá na mão do líder. Tudo nesta cena evoca um terror visceral que parece ter saído de alguma história de Clive Barker. Será que o pessoal do Disney+ sabia disso quando incluiu o filme no seu catálogo?

indiana jones templo da perdição
Lucasfilm

LEIA TAMBÉM: O LADO DARK DE STEVEN SPIELBERG

4. Espeto morrido (Indiana Jones e o Templo da Perdição)

Eu não brinco quando digo que esse é o exemplar mais gore e absurdo (no ótimo sentido) da franquia. Logo no início O Templo da Perdição já mostra a que veio: Indy está em uma vibe meio James Bond, negociando com gângsters em Xangai, quando é envenenado. Em uma tentativa meio alucinada de escapar, ele pega o espeto de carnes em chamas da bandeja de um garçom e lança contra um de seus algozes. Provavelmente a pior queimação no estômago da história do cinema.

indiana jones espeto
Lucasfilm

5. Esmagado até a morte (Indiana Jones e o Templo da Perdição)

Em mais uma de suas escapadas eletrizantes (novamente no segundo filme), o herói da franquia precisa enfrentar o capanga do culto. O confronto acaba indo parar em uma esteira que tem em seu fim um rolo compressor para quebrar pedras. Não preciso nem dizer quem acabou sendo esmagado no fim das contas, né? Pra não deixar nenhuma dúvida, a gente consegue ter um vislumbre do sangue do guarda no próprio rolo compressor. Tucker e Dale estariam orgulhosos desta morte.

Indiana Jones rolo
Lucasfilm

6. Puro suco de zumbi (Indiana Jones e o Templo da Perdição)

Já que a gente está falando do culto maligno do segundo filme, lembra daquela cena em que Indiana Jones foi forçado a beber sangue zumbi diretamente de uma cabeça decapitada e apodrecida para que fosse convertido? E depois disso o nosso herói oitentista realmente começa a agir estranho, como se não tivesse alma nenhuma, mais ou menos como na concepção mais primitiva do que eram os zumbis. Sim, podemos dizer que por um breve momento Indiana Jones foi um zumbi (não por acaso, isso ocorre no mesmo filme em que cérebros são saboreados como gelatina).

Indiana Jones zumbi

7. Nazistas derretendo (Os Caçadores da Arca Perdida)

Em uma espécie de ritual ao fim do primeiro filme, os nazistas abrem a tal arca perdida, só que em vez de tesouros ou alguma espécie de poder sobre a humanidade, eles são surpreendidos por entidades fantasmagóricas no melhor estilo Poltergeist. Como se isso não fosse aterrorizante o suficiente, os vilões começam a derreter pela ação dos espíritos e outros têm suas cabeças explodidas em uma das cenas mais gore para um filme considerado “para toda a família”.

indiana jones nazista derretendo
Lucasfilm

8. O graal mortal (Indiana Jones e a Última Cruzada)

Ainda sobraram alguns truques gore na manga de Spielberg para o terceiro filme. Quem aqui não ficou completamente desgraçado das ideias quando Donovan escolheu o objeto que ele acha que seria o Santo Graal e bebeu dele? Errou! Lógico que aquele cálice dourado ofuscante não era o artefato que eles buscavam, e o vilão aprende isso da pior maneira possível: envelhecendo e apodrecendo violentamente em questão de segundos! Com direito aos gritos apavorados (e apavorantes) de Elsa. Lembre-se disso na próxima vez que achar que está velho demais.

indiana jones donovan
Lucasfilm

LEIA TAMBÉM: O QUE É A MALDIÇÃO DE POLTERGEIST?

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Tubarão + Brindes Exclusivos
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Poltergeist + Brinde Exclusivo
R$ 84,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CuriosidadesFilmes

Você sabia que Viagem Maldita foi inspirado num caso real?

Não existe nada mais aterrorizante do que um filme de terror baseado em uma história...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Dark Night of the Scarecrow: Frank De Felitta como você nunca imaginou

Vocês já pararam para se perguntar de onde vem nosso fascínio pelos filmes antigos?...

Por Cesar Bravo
DarksideMúsica

Celebre os Heróis do Blues, Jazz & Country com essa playlist

Além de um ilustrador brilhante, Robert Crumb era um apaixonado pela música dos anos...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidades

Crianças podem ser consideradas psicopatas?

O ser humano é mau até que prove o contrário ou ele nasce bom e a sociedade o...

Por DarkSide
Crime SceneCuriosidadesProfissionais da Morte

4 Profissões da morte que você não imaginava que existiam

Você já pensou em trabalhar diretamente com a morte? Quando pensamos em...

Por DarkSide