Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesFilmesMacabra

O que é a maldição de Poltergeist?

Conheça histórias macabras dos bastidores do filme

25/04/2023

Não é raro encontrarmos histórias tenebrosas sobre os bastidores de filmes de horror famosos. Seja por acidentes no set de filmagens, acontecimentos inexplicáveis durante a produção ou até mesmo mortes inesperadas, filmes como O Exorcista, O Corvo, A Profecia, O Bebê de Rosemary e inúmeros outros carregam a fama de serem amaldiçoados. 

LEIA TAMBÉM: 10 FILMES DE TERROR AMALDIÇOADOS NA VIDA REAL

Sabemos que muitas vezes essa “maldição” é apenas uma série de acontecimentos infelizes e trágicos, não existindo nada de sobrenatural por detrás deles. Inclusive, muitos possuem explicações lógicas e realistas (que na sua grande maioria são ainda mais assustadoras do que qualquer maldição). Mas, ainda assim, não conseguimos deixar de lado essas histórias e acontecimentos que se unem para formar a “maldição” de determinado filme. Talvez seja porque esses filmes acabam conseguindo nos assustar tanto dentro quanto fora da tela, com a possibilidade de o Mal estar inserido na vida real. Talvez seja porque essas maldições rendem verdadeiros filmes de horror à parte.

Um dos filmes que carrega uma das maiores famas de amaldiçoado com certeza é Poltergeist: O Fenômeno. Considerado um dos grandes clássicos do cinema de horror, o filme dirigido por Tobe Hooper (O Massacre da Serra Elétrica) e produzido por Steven Spielberg (Tubarão, E.T.: O Extraterrestre, Contatos Imediatos de Terceiro Grau), conta a história dos Freeling, um típica família norte-americana de classe média cujo sonho da vida no subúrbio é transformado em um grande pesadelo quando ela passa a ser atormentada por eventos paranormais. Tudo piora quando a caçula da família, a adorável Carol Anne, é raptada por espíritos e levada até outra dimensão

poltergeist carol anne

Poltergeist é daqueles filmes conhecidos até mesmo por pessoas que não gostam de horror. A icônica fala de Carol Anne (“Eles estão aqui!”), a televisão chiando, o palhaço macabro… todos esses momentos entraram para a consciência do público, assim como a infame maldição que supostamente acompanha os filmes da franquia.

Para comemorar que Poltergeist está aqui na Darkside® Books, em um romance escrito por James Kahn (Os Goonies) que adapta o clássico de 1982, hoje a Caveira vai deixar o medo de lado e te contar mais sobre os argumentos que sustentam a famosa maldição de Poltergeist

poltergeist

Mortes no elenco

Um dos maiores combustíveis para a especulação sobre uma suposta maldição envolvendo os filmes de Poltergeist vem das trágicas mortes de cinco membros do elenco. Duas delas em especial foram tão súbitas e chocantes que muitas pessoas passaram a questionar se existia ou não algo sinistro envolvendo a franquia. 

A primeira delas foi o assassinato da atriz Dominique Dunne em 4 de novembro de 1982. Dunne interpretou Dana, a filha mais velha dos Freeling, no primeiro Poltergeist. Infelizmente, apenas quatro meses após o filme ter sido lançado, a jovem atriz de apenas 22 anos foi vítima de um feminicídio, sendo assassinada pelo ex-namorado que não aceitava o término da relação. Devido aos ferimentos, Dunne entrou em coma e teve sua morte cerebral declarada, falecendo quatro dias depois.

Em 14 de setembro de 1985, a franquia sofreu mais uma perda. Julian Beck, o assustador Reverendo Kane, antagonista de Poltergeist II: O Outro Lado, faleceu aos 60 anos devido a um câncer no estômago. Poltergeist II foi o último filme do ator, que morreu oito meses antes da produção ser lançada em maio de 1986. No entanto, esse não foi o único falecimento envolvendo o segundo filme.

poltergeist 2

Em 3 de junho de 1987, o ator Will Sampson, que dava vida ao personagem Taylor, um poderoso xamã que ajuda a proteger Carol Anne, veio a óbito devido a uma falência renal após uma tentativa de transplante de coração-pulmão. Existem relatos de que uma noite após as filmagens, Sampson teria realizado um exorcismo no set devido ao fato de estarem sendo usados esqueletos de verdade na produção, o que estaria ocasionando eventos estranhos.

will sampson

Chocando a todos e entristecendo os fãs, em fevereiro de 1988 a pequena Heather O’Rourke, que interpretava Carol Anne, faleceu subitamente aos 12 anos de idade. A atriz tinha apenas seis anos quando participou do primeiro Poltergeist e cativou os espectadores com seu olhar angelical. Infelizmente, em 1987 O’Rourke foi diagnosticada erroneamente como tendo Doença de Crohn. No ano seguinte, a jovem atriz voltou a adoecer, e dias depois sofreu uma parada cardíaca. Ela foi levada de helicóptero até um hospital infantil, mas infelizmente faleceu durante a cirurgia que tentava corrigir uma obstrução intestinal.

Posteriormente, foi diagnosticado que O’Rourke possuía estenose pilórica, uma anormalidade intestinal congênita. A pequena atriz morreu quatro meses antes do lançamento de Poltergeist III: O Capítulo Final. Devido a pressões por parte do estúdio, o diretor, Gary Sherman, foi forçado a voltar ao set para refilmar o final do filme, utilizando uma dublê de corpo para substituir a atriz mirim.

poltergeist

Em 2009, a suposta maldição voltou a atacar. O ator Lou Perryman, que contou com uma pequena participação no primeiro Poltergeist como Pugsley, foi brutalmente assassinado em sua casa aos 67 anos por um homem que havia acabado de sair da prisão e que não possuía nenhuma conexão com o ator. 

Coisas estranhas no set (e fora dele)

Por mais que as trágicas mortes de membros do elenco tenham sido o principal motivo para a popularização dessa suposta maldição, outros eventos peculiares e estranhos rondam a história da franquia até hoje.

Uma das histórias mais bizarras é a de que foram usados esqueletos de verdade durante as filmagens da infame cena da piscina no primeiro filme e em algumas outras cenas da sequência de 1986. Não ajudou muito o fato da atriz JoBeth Williams, que interpretou a matriarca Diane Freeling nos dois primeiros longas, ter insistido no fato de que em uma tentativa de economizar dinheiro foram usados esqueletos de verdade, que na época eram mais baratos que esqueletos de plástico (isso é verdade).

poltergeist

Contudo, apesar de ter se tornado uma história recorrente da franquia, isso nunca foi 100% verificado, servindo apenas para alimentar a ideia de uma maldição envolvendo os filmes. Williams também alegava que chegava em casa após as gravações e todo dia encontrava os quadros e fotos de sua parede mexidos e alterados.

Mas engana-se quem acha que acaba por aí! Oliver Robbins, que interpretava Robbie, o filho do meio dos Freeling, quase foi estrangulado pelo assustador palhaço de brinquedo do primeiro filme. Durante as filmagens desta icônica cena, o animatrônico teve um mau funcionamento e apertou tão forte o pescoço do jovem ator que ele quase foi sufocado. Há boatos de que foi o produtor Steven Spielberg quem percebeu o que estava acontecendo e salvou Robbins. 

palhaço poltergeist

LEIA TAMBÉM: O LADO DARK DE STEVEN SPIELBERG

Richard Lawson, que interpretou Ryan no primeiro filme, também escapou da morte por pouco. Em 1992, o ator estava a bordo do USAir Flight 405, um voo doméstico de Nova York até Cleveland que logo após decolar sofreu problemas técnicos que provocaram sua queda. Esse horrível desastre aéreo resultou na morte de 27 das 51 pessoas que estavam no avião.  

Há outros relatos de eventos estranhos durante as gravações dos longas. Algumas pessoas afirmam que no primeiro dia de filmagens do filme original as câmeras sofreram algum erro inexplicável e acabaram não filmando nada, desperdiçando completamente o dia de trabalho. Já durante as gravações de Poltergeist III: O Capítulo Final, a atriz Zelda Rubinstein, intérprete da icônica médium Tangina Barrons, adoeceu misteriosa e subitamente. No mesmo dia, ela recebeu um telefonema avisando que sua mãe havia falecido

poltergeist tangina

No entanto, há algumas lendas envolvendo a maldição que já foram provadas como falsas. Uma delas é a de que cada filme foi acompanhado pelo falecimento de um ator ou atriz mirim que participou das filmagens, o que (felizmente) não é verdade. 

A nova maldição de Poltergeist

A refilmagem de Poltergeist também presenciou alguns eventos inexplicáveis e assustadores. Embora nada de muito trágico e terrível tenha acontecido durante a produção do filme de 2015, os envolvidos com o longa vivenciaram alguns eventos sobrenaturais

Aparentemente a casa onde as filmagens foram realizadas era mal-assombrada. Nada no estilo Amityville ou da Mansão Belasco, é claro. O surpreendente é que o diretor Gil Kenan escolheu essa locação justamente por causa disso! Segundo ele, coisas estranhas aconteciam no set. Lâmpadas que subitamente estouravam, sinais de GPS que nunca funcionavam, drones que precisavam ser ativados em outros lotes e diversos outros tipos de anomalias elétricas foram relatados durante a produção do remake.  

poltergeist remake

Sem relação direta com o filme, o diretor também afirmou que a casa que alugou para passar o período das filmagens era assombrada por um espírito feminino, que vestia trajes pretos e o seguia! Como se não bastasse, Kenan ainda contou que o espírito o acompanhou até as filmagens do filme. 

Maldição ou coincidências infelizes?

Você já reparou como essas “maldições”, tal qual a de Poltergeist, são muito mais comuns em filmes de horror do que em outros gêneros? E não, não é porque o horror é um gênero amaldiçoado nem nada disso. Geralmente, essas lendas nascem de coincidências trágicas e infortúnios excepcionalmente sincronizados. No entanto, elas acabam tocando em um medo muito comum: será que mexer com essas histórias de fantasmas, possessões e outros seres sobrenaturais é realmente uma boa ideia? 

Independentemente das explicações lógicas e racionais, ainda é interessante pensar nas possibilidades sobrenaturais que podem estar em jogo. Ainda que consideremos essas maldições como apenas superstições e infortúnios, uma coisa é certa: muitas delas são extremamente trágicas, bizarras e assustadoras. 

E aí, qual é a sua opinião? Você acredita em maldições envolvendo filmes de horror? A maldição de Poltergeist é verdadeira ou tudo possui uma explicação racional? Conta para a Caveira nos comentários! 

LEIA TAMBÉM: QUAL A RELAÇÃO ENTRE POLTERGEIST E ED E LORRAINE WARREN?

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Poltergeist + Brinde Exclusivo
R$ 84,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
O Bebê de Rosemary + Brindes Exclusivos
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
O Corvo - Edição Definitiva
R$ 89,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Brain Dead: Seu cérebro nunca será desligado

Depois de tudo o que foi feito pelo horror nos anos 1980, nosso gênero mais amado (e...

Por Cesar Bravo
Graphic NovelNovidades

Spa, de Erik Svetoft, é finalista do Prêmio Eisner

Tem história publicada pela DarkSide® Books entre os finalistas do Prêmio Eisner...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Alpha: terceiro filme de Julia Ducournau vem aí

A cineasta francesa Julia Ducournau se estabeleceu como uma verdadeira visionária do...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

Quais são os 7 chakras e o que eles significam

Você provavelmente já ouviu algum comentário sobre “desalinhar os chakras” e...

Por DarkSide
CuriosidadesMagicae

O que é a linguagem secreta das flores da Era Vitoriana?

Quanta emoção uma flor pode carregar? Não é de hoje que elas acompanham nossos...

Por DarkSide