Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


ListasMacabra

8 Clássicos da literatura com epidemias e doenças

Entre no clima de Medicina Macabra 3 com essas histórias contagiantes

Não é de hoje que pandemias, epidemias e doenças contagiosas causam mortes em larga escala e obrigam grandes populações a mudarem por completo suas rotinas para evitar o contágio. Causadas por microrganismos invisíveis, essas doenças são tema de Medicina Macabra 3, em uma edição dedicada a vírus, bactérias e protozoários que ameaçam humanos e animais.

LEIA TAMBÉM: LANÇAMENTO: MEDICINA MACABRA 3, DE DAVID E BARRY ZIMMERMAN

Mesmo antes de a invenção do microscópio ter nos permitido compreender essas doenças que se espalhavam inexplicavelmente, surtos e epidemias já ocorriam. Alguns foram justificados por castigos divinos, maldições e até mesmo bruxaria. Tudo isso em uma época em que nem se sonhava com saneamento básico ou procedimentos que hoje consideramos elementares, como o de lavar as mãos antes de comer.

Mesmo sem a devida compreensão das causas, epidemias inspiraram escritores de várias épocas na contextualização de suas obras. Aliás, muitos clássicos da literatura mencionam ou são completamente ambientados em meio a pragas e outros surtos de doenças contagiosas. A Caveira separou alguns deles a seguir:

1. Ilíada

Sim, desde tempos pré-cristãos as doenças contagiosas eram mencionadas em histórias. E elas aparecem até no épico Ilíada, de Homero. O poema conta o episódio da Guerra de Troia, com foco nas disputas entre Aquiles e Agamenon. Logo no começo da história, o acampamento dos gregos é tomado pela praga, que seria um castigo enviado pelo deus Apolo pelo fato de Agamenon ter escravizado Criseida.

2. Romeu e Julieta

Créditos: Paramount Pictures

Uma das peças mais famosas de William Shakespeare também tem menção a uma peste. Aliás, o trágico desfecho ocorre por causa dela. A peste negra, nome dado ao surto de peste bubônica que tomou conta da Europa entre 1347 e 1353, é citada em muitas obras do autor, mas em Romeu e Julieta ela tem um papel fundamental. Quando Julieta finge sua morte para poder ficar com seu amado, um frei é enviado para entregar uma carta a Romeu explicando o plano, porém, o mensageiro é colocado em quarentena por causa de um surto da peste e não consegue sair de Verona para cumprir sua missão. O desfecho da história todo mundo já conhece.

3. Jane Eyre

Créditos: 2011 Focus Features

O clássico de Charlotte Brontë conta a história de vida da personagem que dá nome ao livro e ajudou a moldar o subgênero de “romance de formação”, que acompanha a trajetória de seus protagonistas em histórias de amadurecimento. Na trama, antes de chegar a Thornfield Hall, uma jovem Jane Eyre vive em meio a um surto de tuberculose na Lowood Institution. Ela permanece saudável, apesar de sua tia tê-la enviado para lá justamente na esperança de que a garota pegasse a doença e morresse. A tuberculose, no entanto, mata Helen Burns, a melhor amiga de Jane — da mesma forma que Charlotte Brontë perdeu as irmãs Elizabeth e Maria, que adoeceram e faleceram após serem enviadas para um colégio de meninas. 

LEIA TAMBÉM: 10 CURIOSIDADES SOBRE CHARLOTTE BRONTË

4. O Amor nos Tempos de Cólera

Um triângulo amoroso com desencontros provocados por uma doença. Em O Amor nos Tempos de Cólera, Gabriel García Márquez ambienta parte da história durante um surto de cólera que assolou a cidade colombiana de Cartagena de las Índias. Na trama, Florentino é um carteiro que se apaixona por Fermina e alimenta esse amor através de cartas. O romance é repudiado pelo pai da moça, que não quer que ela namore um mensageiro. Em determinado momento, Fermina tem suspeita de cólera e recebe a visita do dr. Juvenal Urbino, que se apaixona por ela e os dois acabam se casando. A história do triângulo amoroso, é claro, continua a se desenvolver a partir dali.

5. Ensaio sobre a Cegueira

Uma epidemia de cegueira assola uma cidade inteira nesse clássico de José Saramago. Sem muitas explicações, tudo começa com um homem que tem uma “cegueira branca”. As pessoas que vão ao seu socorro também se tornam cegas. Para tentar conter a epidemia, o governo impõe regras autoritárias e uma quarentena com recursos limitados que despertam as características mais primitivas do ser humano. Porém, em meio à cegueira generalizada, uma mulher ainda consegue ver e presencia os horrores causados pela privação do sentido.

6. A Peste

Este romance de Albert Camus foi publicado em 1947 e é considerado uma alegoria para os terrores do fascismo. Na história, um vírus se espalha de maneira incontrolável e acaba matando metade da população de uma cidade. Com tons existencialistas, a obra aborda a incapacidade de seus personagens terem controle sobre o próprio destino. Dizem que a trama se inspirou numa epidemia de cólera que ocorreu na Argélia em 1849.

7. A Dança da Morte

Ambientado em um mundo pós-apocalíptico, o livro de Stephen King traz um grupo de sobreviventes após a pandemia de uma “supergripe” que matou 99% da população. As pessoas que restaram estão assustadas, traumatizadas, divididas e são obrigadas a escolher entre o bem e o mal.

8. O Último Homem

Considerada uma das primeiras obras de ficção distópica, O Último Homem foi escrito por Mary Shelley, autora de Frankenstein. A trama é ambientada no fim do século XXI, quando o mundo é tomado por uma misteriosa pandemia que, combinada ao extremismo da época, provoca a quase extinção da humanidade. A obra foi duramente criticada na época de sua publicação, mas foi resgatada nos anos 1960, quando as pessoas entenderam que se tratava de uma ficção e não de uma profecia (pelo menos é o que a gente espera).

LEIA TAMBÉM: MARY SHELLEY, CRIADORA DE FRANKENSTEIN, ETERNIZOU O NOSSO MEDO DO DESCONHECIDO

Sobre Macabra

Macabra Filmes é a fazenda do terror. Compartilhamos o horror e a beleza, a vida e a morte. Brindamos com sangue as alegrias de existir. Cultivamos o primeiro suspiro, o abrir de olhos, o frio na espinha, o grito na montanha russa, o crepúsculo e a eterna escuridão. Para nós, o medo é natural — e a vida, um presente sobrenatural. É puro terror. 100% macabra.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Medicina Macabra 3 + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Frankenstein
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
LançamentoMagicae

Lançamento: Dicionário dos Sonhos, de Gustavus Hindman Miller, Linda Shields e Lenore Skomal

Nossos sonhos são portais para o inconsciente, uma linguagem espiritual para desvendar...

Por DarkSide
LançamentoMagicae

Lançamento: Manual Prático das Auras, de Cassandra Eason

As cores e as emoções possuem paralelos que são muito comuns na nossa comunicação...

Por DarkSide
LançamentoMagicae

Lançamento: Manual Prático da Wicca, de Cassandra Eason

Os primeiros passos em um novo universo são, quase sempre, acompanhados por muitas...

Por DarkSide
LançamentoMagicae

Lançamento: Inútil Magia, de Florence Welch

“Canções podem ser incrivelmente proféticas, como mensagenssubconscientes ou...

Por DarkSide
Crime SceneListas

8 Filmes noir para assistir no streaming

Marcado pelo suspense e o tom sombrio, o noir se tornou bem popular nas décadas de...

Por DarkSide