Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


Crime SceneLançamento

A resposta de BTK ao livro escrito por sua filha

“Minha garota finalmente cresceu.”

Dennis Rader, mais conhecido como BTK, cometeu seus crimes entre os anos 1975 e 1991, mas só foi pego em 2005 por um descuido relacionado a um disquete enviado para a polícia. Ao longo dos anos, Rader desenvolveu um complicado relacionamento com a mídia enquanto buscava reconhecimento por seus crimes. O que ninguém poderia imaginar é que o assassino era uma pessoa acima de qualquer suspeita, um verdadeiro “lobo em pele de cordeiro”.

Dennis Rader durante seu julgamento. Créditos:

Em 2005, após a sua prisão, o mundo finalmente conheceu o rosto do assassino: um pai de família amigável e respeitado presidente da congregação de uma igreja local. E foi aqui que Kerri Rawson, uma jovem professora de ensino fundamental, deixa de ser a filhinha de Dennis Rader e se torna a filha do sádico assassino em série BTK. A descoberta deixou marcas permanentes em Rawson.

LEIA TAMBÉM: 6 FATOS PERTURBADORES SOBRE O ASSASSINO BTK

BTK: Meu Pai

Quase 15 anos após a prisão de BTK, Kerri Rawson publica suas memórias em BTK: Meu Pai, encarando com bravura o trauma, a desolação e a tristeza de amar de forma profunda e incondicional um homem brutal, sádico e maligno.

Para a autora, a discrepância é inaceitável entre o pai que a levava para pescar e para caminhadas no Grand Canyon e o assassino torturador que vitimou tantas mulheres conhecido como BTK, um acrônimo em inglês para Bond (amarra), Torture (tortura) e Kill (mata). Segredos, carinhos e memórias podem ser manchados pelo sangue dos atos horrendos de seu pai?

“Falar sobre isso ajudou a me curar de uma forma que nada mais poderia fazer. Depois de sua prisão, caí em um buraco profundo de choque, luto, caos e confusão.”

Desde a prisão de seu pai, Kerri tem defendido vítimas de abusos, crimes e traumas, compartilhando sua jornada de esperança, cura, fé e perdão.

LEIA TAMBÉM: LANÇAMENTO: BTK: MEU PAI, DE KERRI RAWSON

Dennis Rader se pronuncia

Atualmente Rader está cumprindo uma sentença de 10 prisões perpétuas, passando a maior parte do seu tempo em uma solitária. Ele só pode sair uma hora por dia para tomar banho ou pegar sol e não pode dar entrevistas para a TV, mas pode se comunicar por cartas e, foi através de uma delas, que ele se pronunciou após o anúncio do livro.

Em uma longa carta para a emissora KCTV5, Rader comentou sobre a publicação, falou de forma sentimental sobre a filha e a ex-esposa e também deixou claro que eles não se comunicam com frequência:

“Não tenho certeza de como o livro está escrito ou até que ponto ela me mostra (…) Eu parti seu coração e o de outros membros da família, colegas de trabalho, amigos, parentes e outros. Ela certamente tem esse direito.”

Em outro trecho da carta, Rader afirma: “Eu a ensinei jardinagem, a amar as plantas, animais, pesca, acampamento. Caminhamos no Grand Canyon. Eu derramei uma lágrima no dia em que ela se casou. Minha garota finalmente cresceu.

Enquanto Rawson vê seu livro como parte do seu processo de cura, Rader afirma que ele é uma espécie de autoajuda: “Seu esforço é ajudar outras famílias a tentar reconhecer o problema de um membro da família (crime)”.

A reportagem completa está disponível aqui:

LEIA TAMBÉM: CONHEÇA 3 PERSONAGENS INSPIRADOS NO ASSASSINO BTK

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

BTK: Meu Pai + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Graphic NovelListasMedo Clássico

Da obsessão à inspiração: As principais influências de H.P. Lovecraft

Passado quase um século desde a publicação de suas obras, hoje é difícil imaginar...

Por DarkSide
Dark House

As sinistras colaborações de Michael McDowell e Tim Burton

Michael McDowell tinha uma ideia muito bem definida quanto ao seu legado: nunca...

Por DarkSide
Darklove

Kerri Maniscalco: Novos livros chegarão ao Brasil

Os DarkSiders pediram e a Caveira ouviu: As bruxas de Kerri Maniscalco chegam na...

Por DarkSide
Coven MagicaeMagicae

Respeita a bruxa que habita teu ser

Você já se perguntou o que eu estou fazendo aqui? É tanta coisa que a gente vive,...

Por Devaneio da Bruxa
Graphic NovelListas

Uma Dobra no Tempo: 5 curiosidades sobre a autora Madeleine L’Engle

Madeleine L’Engle foi uma mulher à frente do seu tempo e suas obras atravessaram...

Por DarkSide