Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


MacabraMagicae

Adivinhações e Estrelas: Como surgiram os primeiros horóscopos

Grimório Oculto desbrava o surgimento e as controvérsias da astrologia

Você sabe qual é o seu signo? Ascendente? Signo lunar? Hoje em dia as conversas sobre astrologia têm se tornado bem comuns, mas o que nem todo mundo se dá conta é de que até ela é uma forma de ocultismo. Em Grimório Oculto, a busca das pessoas por respostas nas estrelas ganhou alguns capítulos.

LEIA TAMBÉM: 5 COISAS QUE VOCÊ VAI APRENDER COM GRIMÓRIO OCULTO

Se hoje podemos consultar o nosso mapa astral completo e rir dos memes de Mercúrio retrógrado nas redes sociais é porque há muito tempo atrás alguém olhou para o céu e buscou algum significado naqueles pontos que brilhavam à noite. Mas é claro, a astrologia como a conhecemos hoje percorreu um longo caminho através de milênios.

Zodiac astrology circle. Astrological constellation wheel, zodiac horoscope signs, mystical natal chart, wheel sky zodiac map vector illustration. Magic symbols, cosmic starry night sky

Tudo provavelmente começou pelos sacerdotes e sacerdotisas da Mesopotâmia, que observavam o céu e gravavam suas observações em placas de barro cozido. O intuito deles era interpretar os movimentos celestes de acordo com a vontade de seus deuses. O registro mais antigo que se tem notícia é a Tábua de Vênus de Ammi-Saduga, de cerca de 1650 AEC.

Créditos: Fae / Wikimedia Commons

Naquela época, os sábios acreditavam que os astros poderiam alertar sobre a ascensão e queda de reinos, diferentemente da influência na vida de indivíduos, como acontece hoje. No século VII AEC já existiam bibliotecas inteiras dedicadas a registros históricos e sua relação com as circunstâncias celestes daquele momento, o que contribuiu para a padronização das regras para interpretar o céu.

Lá pelo fim do século V AEC, os astrólogos da Mesopotâmia começaram a aplicar estas regras à data de nascimento das pessoas. Foi assim que surgiram os horóscopos mais ou menos como os conhecemos hoje. Com o império de Alexandre, o Grande, as tradições eruditas de todo o mundo antigo se misturaram e a astrologia conquistou adeptos em outras localidades.

William Lilly: Astrologia Cristã e sua disseminação na língua inglesa 

Na Inglaterra do século XVII um astrólogo se destacou: William Lilly. Durante a conturbada política da época, ele estava do lado do partido parlamentarista contra os monarquistas, e começou a publicar previsões de vitória para o Parlamento e também sobre uma morte violenta para o rei Charles I. Suas profecias se confirmaram com a vitória das forças parlamentaristas na Guerra Civil Inglesa e com a execução do monarca em 1649.

Paralelamente a esta turbulência, Lilly trabalhou em sua obra-prima: o primeiro compêndio completo de astrologia em língua inglesa. Intitulado Christian Astrology (Astrologia Cristã), o livro se tornou referência para aspirantes a astrólogo mesmo após o início do século XIX.

Uma das grandes sacadas de William Lilly e que contribuiu com a popularidade de sua obra foi a decisão de escrevê-la em inglês, e não em latim, que era a língua acadêmica da época. Meio século após sua publicação, a ciência racionalista tornou o ocultismo fora de moda. Mas a astrologia sobreviveu graças ao fato de estar disponível a qualquer pessoa alfabetizada no idioma e capaz de compreender o livro Christian Astrology. Isso contribuiu para o seu renascimento no século XIX.

LEIA TAMBÉM: AFINAL, O QUE É CONSIDERADO OCULTISMO?

A astrologia atrás das grades

Na Nova York do início do século XX qualquer tipo de leitura de sorte e adivinhação era considerado crime. Isso rendeu alguns problemas para a famosa astróloga Evangeline Adams. Em 1899 ela visitou a cidade e, diante do entusiasmo do dono do hotel onde se hospedou, fez o mapa astral dele. Ela teria ficado tão preocupada com o que viu que decidiu ir para outro hotel. Adams tinha visto um grande desastre, e no dia seguinte o estabelecimento foi destruído por um incêndio.

Evangeline Adams on April 29, 1912.

A notícia se espalhou a tal ponto que ela decidiu se mudar para lá e atender clientes em uma sala no Carnegie Hall. Algumas das pessoas mais ricas e influentes de Nova York se tornaram seus clientes, incluindo o banqueiro J.P. Morgan.

Só que tal visibilidade era perigosa por causa da lei que proibia adivinhações – o que incluía a astrologia. Apesar de seus amigos influentes, em 1914 ela foi processada por divinação. Em sua defesa, pediu ao juiz os dados de nascimento de alguém que só ele conhecesse e ela interpretaria o mapa daquela pessoa na corte. Após ter feito uma descrição acurada da personalidade do filho do juiz, ele ficou tão impressionado que afirmou que a ré tinha elevado a astrologia ao nível de uma ciência exata.

Com isso, ele determinou que a astrologia não era um tipo de divinação e, portanto, não era ilegal. Este foi o primeiro passo para reverter a opinião pública quanto à astrologia e em meados do século XX os astrólogos já tinham liberdade para praticarem a sua arte em boa parte do mundo ocidental.

A compreensão das personalidades pelos astros

Você também emite um pré-julgamento só ao saber o signo de alguém? Virginianos são metódicos e organizados, leoninos são vaidosos e cancerianos são apegados à casa e à família. Se você também se interessa pelas personalidades definidas pelo zodíaco, deve isso a Dane Rudhyar.

Inicialmente chamado de Daniel Chennevière, ele nasceu em uma família rica de Paris e era uma criança prodígio: formou-se na universidade aos 16 anos, publicou seu primeiro livro aos 18 e logo se tornou um conhecido compositor – praticamente aquele primo com quem ninguém quer ser comparado no jantar em família.

Após se mudar para os Estados Unidos, ele alterou seu nome para Dane Rudhyar e passou alguns anos trabalhando em composições musicais, inclusive para Hollywood. Em 1931 ele parou de compor música, mudou-se para o Novo México e começou a se dedicar ao ocultismo, em especial à astrologia.

Mas Rudhyar não se interessava muito com a previsão do futuro, como era o trabalho de Evangeline Adams. Ele se interessava mesmo era na compreensão da personalidade das pessoas por meio dos astros, unindo a tradição astrológica a ideias de psicologia e filosofia modernas.

Dane Rudhyar começou a escrever artigos sobre o tema e em 1936 publicou sua obra-prima The Astrology of Personality (Astrologia da Personalidade), que fez sucesso imediatamente. Sua abordagem acabou se tornando a mais influente no renascimento da astrologia, inspirando outros astrólogos a utilizarem sua visão, tornando a leitura de mapas individuais de nascimento uma das práticas centrais quando o assunto envolve o zodíaco. Se hoje você pode culpar o seu Mercúrio em Áries por tudo, agradeça a Rudhyar.

LEIA TAMBÉM: O FASCÍNIO DOS MILLENNIALS PELA ASTROLOGIA

Sobre Macabra

Macabra Filmes é a fazenda do terror. Compartilhamos o horror e a beleza, a vida e a morte. Brindamos com sangue as alegrias de existir. Cultivamos o primeiro suspiro, o abrir de olhos, o frio na espinha, o grito na montanha russa, o crepúsculo e a eterna escuridão. Para nós, o medo é natural — e a vida, um presente sobrenatural. É puro terror. 100% macabra.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Grimório Oculto + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Nós e as Estrelas + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Graphic NovelListasMedo Clássico

Da obsessão à inspiração: As principais influências de H.P. Lovecraft

Passado quase um século desde a publicação de suas obras, hoje é difícil imaginar...

Por DarkSide
Dark House

As sinistras colaborações de Michael McDowell e Tim Burton

Michael McDowell tinha uma ideia muito bem definida quanto ao seu legado: nunca...

Por DarkSide
Darklove

Kerri Maniscalco: Novos livros chegarão ao Brasil

Os DarkSiders pediram e a Caveira ouviu: As bruxas de Kerri Maniscalco chegam na...

Por DarkSide
Coven MagicaeMagicae

Respeita a bruxa que habita teu ser

Você já se perguntou o que eu estou fazendo aqui? É tanta coisa que a gente vive,...

Por Devaneio da Bruxa
Graphic NovelListas

Uma Dobra no Tempo: 5 curiosidades sobre a autora Madeleine L’Engle

Madeleine L’Engle foi uma mulher à frente do seu tempo e suas obras atravessaram...

Por DarkSide