Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


FilmesGraphic NovelSéries

Bruxas de Salem na cultura pop

Julgamento real ficou famoso em graphic novels, filmes e séries

14/09/2023

É muito comum pensarmos em bruxas e automaticamente lembrarmos da cidade de Salem. Localizada atualmente no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, a pequena cidade ficou inextricavelmente conectada a um passado sombrio de caça às bruxas, ganhando notoriedade pelos julgamentos que ali aconteceram ao final do século XVII. 

LEIA TAMBÉM: 10 BRUXAS PODEROSAS DOS LIVROS DA DARKSIDE

Não se engane. O que aconteceu em Salem não foi nem de longe o único evento de perseguição às bruxas durante a história. Longe disso. Na verdade, os julgamentos desta pequena vila na Nova Inglaterra sucederam inúmeras perseguições anteriores que ocorreram na Europa a partir do século XVI. Apesar disso, uma coisa é incontestável: as bruxas de Salem, como ficaram conhecidas, entraram no imaginário coletivo e dali nunca mais saíram.  

Um dos motivos para isso foi justamente a cultura pop, que desde muito cedo abordou e retratou os eventos de 1692/1693. Salem apareceu no cinema, na televisão, em videogames, peças de teatro, livros e até mesmo em graphic novels. Exemplo disso é Salem do autor e quadrinista francês Thomas Gilbert, que chegou recentemente no selo DarkSide Graphic Novel. Gilbert apresenta uma narrativa histórica sobre a caça às bruxas de Salem, mergulhando nas raízes desses eventos e contando com o auxílio da ficção para amplificar verdades e vozes apagadas dos fatos e julgamentos

salem

Salem mostra toda a potência do entrelaçamento entre ficção e história em um quadrinho raro e inesquecível que vai conquistar o coração dos DarkSiders. Pensando nisso, hoje a Caveira separou algumas aparições das bruxas de Salem na cultura pop. Venha nessa e se lembre: você até pode não acreditar em bruxas, mas que elas existem. Ah se existem. E estão por toda a parte.

1. Casei-me com uma Feiticeira (1942)

Estrelado por Veronica Lake, Casei-me Com uma Feiticeira é um pequeno clássico das comédias românticas. O longa de 1942 é baseado no livro The Passionate Witch de Dalton Trumbo e acompanha uma bruxa cuja vingança dá terrivelmente errado.

casei-me com uma feiticeira

Na Salem do século XVII, a bruxa Jennifer e seu pai, Daniel, são queimados na fogueira após serem denunciados pelo puritano Jonathan Wooley. No entanto, antes de morrer, Jennifer amaldiçoa Wooley e seus descendentes, condenando-os a sempre se casarem com as mulheres erradas. Séculos depois, na década de 1940, os espíritos de Jennifer e Daniel são libertados e ela decide se vingar de ninguém mais, ninguém menos do que Wallace Wooley. Nem precisamos comentar que as coisas não saem como planejado, não é mesmo? 

2. As Bruxas de Salem (1953)

As Bruxas de Salem é provavelmente um dos maiores representantes da caça às bruxas dentro da cultura pop. Tudo começou em 1953 com The Crucible, peça de teatro de Arthur Miller. O texto reconta os eventos históricos que levaram à perseguição em Salem, utilizando-os como uma alegoria para o macartismo dos anos 1950 nos Estados Unidos, época em que o governo perseguia e acusava pessoas de serem comunistas. As Bruxas de Salem ganhou um Tony de melhor peça em 1953 e até hoje é apresentada por companhias teatrais e estudada em escolas e universidades. 

LEIA TAMBÉM: WITCHERATURE: A VEZ DAS BRUXAS NA LITERATURA

A história de um grupo de meninas, liderado por Abigail Williams, que passa a acusar outras pessoas de bruxaria na vila de Salem, desencadeando uma perseguição em massa, também foi adaptada três vezes para o cinema, em 1957, 1996 e 2014. A versão de 1996, dirigida por Nicholas Hytner é com certeza a mais famosa delas, contando com Daniel Day-Lewis como John Proctor e Winona Ryder como Abigail

as bruxas de salem

3. A Feiticeira (1970)

A história de uma feiticeira que se apaixona por um homem mortal e abdica da magia para levar uma vida tipicamente suburbana é o ponto de partida de A Feiticeira, série de televisão estrelada por Elizabeth Montgomery entre 1964 e 1972. Você pode até não ter assistido à série, mas tenho certeza de que conhece a clássica torcidinha de nariz que Samantha, a personagem principal, faz quando realiza algum tipo de magia.

a feiticeira

 A sétima temporada de A Feiticeira, que foi ao ar em 1970, tem uma forte conexão com a cidade de Salem. Os oito primeiros episódios são conhecidos popularmente como “os episódios de Salem”, já que foram filmados ali e mostram Samantha visitando a cidade. Em um deles, ela é acidentalmente mandada de volta a 1692, justamente durante a caça às bruxas! As gravações foram tão marcantes que atualmente um dos pontos turísticos da cidade é a estátua da atriz Elizabeth Montgomery caracterizada como Samantha. 

4. Abracadabra (1993)

Amado pelos fãs, em 1993 Abracadabra apresentou ao mundo as icônicas irmãs Sanderson, três bruxas da vila de Salem. No início do filme, ambientado em 1693, o trio é acusado de bruxaria após o desaparecimento de uma garotinha e acaba enforcado pelos puritanos locais. É claro que antes disso elas lançam um feitiço que possibilita que voltem à vida 300 anos depois

abracadabra

As trapalhadas das irmãs conquistaram o coração de todos nós e também da cidade de Salem, que organiza tours guiados pelas locações do filme e festivais temáticos no mês de outubro. Uma curiosidade que vale a pena mencionar é que a atriz Sarah Jessica Parker, que interpreta Sarah Sanderson, descobriu em 2010 ter parentesco com uma mulher acusada de bruxaria em Salem. Isso que é coincidência, hein?

5. Sabrina, Aprendiz de Feiticeira (1996)

Baseada nos quadrinhos da Archie Comics, Sabrina, Aprendiz de Feiticeira foi uma das primeiras séries de televisão a trazer em seu enredo bruxas adolescentes. Transmitida entre 1996 e 2003, a série protagonizada por Melissa Joan Hart contava a história de Sabrina Spellman, uma adolescente comum que ao completar 16 anos descobre ser uma bruxa.

sabrina aprendiz de feiticeira
Imagem: Randy Holmes/ABC via Getty Images

No 23º episódio da primeira temporada, intitulado de “The Crucible”, Sabrina vai até Salem em uma excursão escolar. Lá, os adolescentes precisam viver como puritanos e encenar o julgamento das bruxas, o que obviamente não dá muito certo. Além disso, o famoso gato preto falante da família, Salem Saberhagen, é nomeado em homenagem à cidade. Quem nunca quis ter um Salem para chamar de seu, não é mesmo?

6. Os Simpsons (1997)

Uma das famílias mais famosas da televisão, Os Simpsons são conhecidos por seus especiais de Halloween para lá de icônicos. Então é óbvio que um deles tinha que procurar inspiração em Salem e suas bruxas.  

simpsons

Em “Treehouse of Horror VIII”, como foi nomeado o episódio de Halloween da 9ª temporada, há um segmento que volta justamente para o século XVII. Intitulado de “Easy-Bake Coven”, a história se passa em uma cidade puritana no ano de 1649 onde os habitantes começam a acusar uns aos outros de bruxaria. Nisso, a matriarca dos Simpsons, Marge, é acusada de ser uma bruxa e precisa fugir para o esconderijo de suas irmãs. Além de se inspirar nos eventos históricos de Salem, “Easy-Bake Coven” também narra de forma divertida como o Halloween foi inventado.

7. O Pacto (2006)

Lançado em 2006, O Pacto é essencialmente a versão masculina do sucesso adolescente dos anos 1990, Jovens Bruxas. Trocando bruxas por bruxos, o filme narra a história de um grupo de amigos conhecidos como “Os Filhos de Ipswich”. Descendentes das famílias fundadoras do local, os garotos possuem habilidades mágicas que se manifestam em toda a sua potência em seus aniversários de 18 anos.

o pacto

Ok, sabemos que Ipswich não é Salem, mas a conexão existe na linhagem dos protagonistas. Em O Pacto, as famílias deles escaparam de uma segunda caça às bruxas em Salem, em 1878, e formaram um coven para proteger e manter sua magia em segredo. O filme é um bom exemplo de como histórias inteiramente fictícias podem utilizar a caça às bruxas como um ponto de partida

8. As Senhoras de Salem (2012)

Dirigido por Rob Zombie, As Senhoras de Salem traz uma abordagem diferente. O filme não evoca diretamente a caça às bruxas de Salem, mas aproveita os mitos e lendas do local, assim como seu lugar no imaginário coletivo, para construir sua história.

as senhoras de salem

O longa, ambientado em Salem, Massachusetts, acompanha Heidi, uma DJ em uma estação de rádio local que descobre o álbum de uma banda chamada The Lords. Ao escutar a música, ela passa a ter pesadelos bizarros de mulheres venerando o Diabo. Procurando entender o que está acontecendo, ela entrevista um autor que acabou de escrever um livro sobre os julgamentos de Salem e descobre que o álbum possui poderes hipnóticos nas mulheres da cidade. Com o desenrolar da história, Heidi vai cada vez mais fundo e se depara com um coven de bruxas satânicas e uma maldição que afeta a todas as mulheres de Salem. 

9. American Horror Story: Coven (2013-2014)

Criada por Ryan Murphy e Brad Falchuk, a terceira temporada de American Horror Story, nomeada de Coven, foi inteiramente dedicada às bruxas. Contando com 13 episódios ao total, a série foi ao ar entre outubro de 2013 e janeiro de 2014. 

american horror story coven

Embora seja ambientada na Nova Orleans dos tempos atuais, em uma escola privada que ensina jovens bruxas a sobreviver no mundo moderno, as protagonistas de Coven são descendentes das bruxas que conseguiram escapar da perseguição em Salem em 1692 e 1693, o que explica seus poderes e laços de irmandade. 

10. Salem (2014)

Com três temporadas que foram ao ar entre 2014 e 2017, Salem foi uma série de televisão levemente inspirada na caça às bruxas do século XVII. Com elementos do romance gótico e do horror, a série dramatizou ainda mais os julgamentos, misturando ficção com fatos históricos. 

salem

Protagonizada por Janet Montgomery, Salem traz uma poderosa bruxa como o cérebro por trás da perseguição, explicando que utilizou a caça às bruxas para criar uma histeria em massa entre os puritanos enquanto executava seu plano de invocar o Diabo. No entanto, tudo fica complicado quando um antigo amor retorna e seus inimigos se colocam em seu caminho. Além da caça às bruxas, vários personagens de Salem foram nomeados em relação a pessoas reais envolvidas nos julgamentos do século XVII, como Tituba e Mary Walcott.

11. A Autópsia (2016)

Quando o cadáver de uma jovem não identificada chega ao necrotério local para uma investigação, uma dupla de legistas — formada por pai e filho — começa a vivenciar episódios estranhos e inexplicáveis. Essa é a premissa de A Autópsia, longa de 2016, dirigido por André Øvredal e estrelado por Brian Cox e Emile Hirsch.

a autopsia

Em A Autópsia, a conexão com as bruxas de Salem surge quando os legistas examinam o misterioso defunto e descobrem marcas referentes a Levítico 20:27, passagem bíblica que condena bruxas, e ao ano de 1693, data dos julgamentos em Salem. Nisso, pai e filho descobrem que as autoridades do século XVII puniram uma mulher inocente, que agora deseja vingança a qualquer custo. 

12. País da Violência (2018)

Ambientado em uma Salem fictícia, País da Violência moderniza a história da caça às bruxas, inserindo elementos e temas bastante atuais em seu roteiro. O longa de 2018, dirigido por Sam Levinson, conta a história de quatro amigas que devem lutar para sobreviver após um hacker revelar os segredos de vários habitantes locais, instaurando o caos e a violência na cidade. 

país da violência

País da Violência atualiza os eventos de Salem de maneira inovadora, substituindo a bruxaria por um hacker de computador; os acusados por estudantes de ensino médio e os tribunais coloniais pelos tribunais da internet, abordando pelo caminho temas como intolerância, misoginia e transfobia.

Eu não creio em bruxas, mas…

Os eventos que aconteceram na vila de Salem ao final do século XVII permanecem até hoje no imaginário coletivo e continuam sendo utilizados para abordar assuntos presentes em nossa sociedade atual, como o preconceito e a intransigência

Além dos já citados em nossa lista, diversos outros filmes e série de televisão utilizam Salem como inspiração, ambientação ou até mesmo referência para suas próprias narrativas. É o caso da trilogia Rua do Medo, que procurou inspiração temática na caça às bruxas, e no filme A Bruxa, ambientado na Nova Inglaterra puritana. Séries de televisão como The Vampire Diaries e Charmed, por exemplo, colocam suas personagens como descendentes das bruxas perseguidas em Salem. A animação Paranorman, por outro lado, é ambientada na fictícia cidade de Blithe Hollow, que também acusou injustamente uma moradora de bruxaria.  

a bruxa
A24/Divulgação

A verdade é que Salem está em todos os lugares e mesmo séculos depois, seus acontecimentos trágicos continuam intrigando a todos nós. A boa notícia é que agora você pode conhecer mais sobre tudo isso na graphic novel Salem. Nela, o quadrinista francês Thomas Gilbert utiliza fatos históricos entrelaçados à ficção para questionar temas que ainda permanecem vivos entre nós, proporcionando uma experiência única tanto para os interessados em história quanto para os amantes da ficção. Uma leitura que vai te levar direto a Nova Inglaterra do século XVII, em uma viagem inquietante ao ambiente opressivo da colônia puritana — e aos seus ecos na sociedade atual. 

LEIA TAMBÉM: 7 BRUXAS QUE MARCARAM A INFÂNCIA

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Salem + Brinde Exclusivo
R$ 124,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesListas

8 Filmes que não parecem terror, mas são puro terror

“Esse filme não é de terror.” Quantas vezes você já escutou essa frase após...

Por Gabriela Müller Larocca
CuriosidadesMacabra

Os 10 cultos mais assustadores da história

Convenhamos, cultos podem ser bem assustadores. Principalmente quando falamos de...

Por DarkSide
CuriosidadesSociedade Secreta

7 Curiosidades sobre William Shakespeare

Um dos dramaturgos mais influentes da língua inglesa agora é DarkSide®. William...

Por DarkSide
LançamentoSociedade Secreta

Lançamento: Otelo, por William Shakespeare, ilustrado por Julien Delval

Uma história inesquecível sobre o veneno corrosivo do ciúme. Um drama sobre um amor...

Por DarkSide
MacabraPerfil

Susan Hill: Conheça a autora de Eu Sou o Rei do Castelo

Conhecida principalmente por suas histórias de fantasmas, Susan Hill é uma escritora...

Por DarkSide