Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesFilmes

Conheça as histórias verdadeiras por trás de clássicos do terror

Sim, a realidade sempre dá um jeito de ser pior que a ficção

12/06/2023

Não existe nada melhor do que assistir a um bom filme de terror. Com seus enredos amedrontadores e imagens sangrentas há um certo tipo de diversão segura em assistir esses longas, já que basta desligarmos a televisão ou sairmos da sala de cinema para voltarmos ao conforto e segurança do mundo real. Mas e quando o filme diz ser baseado em uma história verdadeira? Como ficam nossas barreiras de segurança? 

LEIA TAMBÉM: 20 LIVROS, FILMES, DOCUMENTÁRIOS E PODCASTS SOBRE TRUE CRIME

Não é de hoje que filmes de terror intitulam ser “baseados em casos reais”. Há muito esse tipo de estratégia vem sendo feita, aumentando significativamente o medo que a história pode causar no espectador. Afinal se aconteceu de verdade… pode acontecer com qualquer um, não é mesmo? 

Enquanto alguns longas dizem ser baseados em fatos como uma estratégia de marketing (sim, A Bruxa de Blair, estamos falando de você), outros realmente utilizam histórias verdadeiras. Ou pelo menos que se dizem verdadeiras. 

Como não existe nada mais aterrorizante do que a vida real, a Caveira separou algumas histórias verdadeiras por trás de clássicos do terror. 

1. Ed Gein e Psicose (1960)

Baseado no livro Psicose de Robert Bloch, o filme homônimo de Alfred Hitchcock dispensa apresentações. Considerada um dos grandes clássicos do cinema de terror, a história de Norman Bates, o tímido proprietário de um motel à beira da estrada, é vagamente baseada em um notório assassino americano: Ed Gein, que foi preso em 1957 pelo assassinato de duas mulheres, sendo suspeito pelo desaparecimento de outras sete pessoas. No entanto, os horrores cometidos por Gein não acabam por aí e ele também foi detido por ter exumado cadáveres do cemitério local, fabricando troféus e objetos com seus ossos e peles. 

ed gein

Embora os eventos de Psicose sejam fictícios, Norman Bates possui algumas inspirações em Ed Gein. Ambos eram pessoas solitárias vivendo em grandes casas isoladas e foram profundamente abalados pelas relações tóxicas que tinham com as mães dominadoras. Os dois também mantinham os quartos das mães falecidas intactos e selados em sua residência, tal qual um santuário, e tinham o hábito de se vestir com roupas femininas. 

A história de Ed Gein ainda inspirou outros dois clássicos do gênero de terror: O Massacre da Serra Elétrica (1974) e O Silêncio dos Inocentes (1991).

LEIA TAMBÉM: DE ED GEIN A NORMAN BATES: COMO O ASSASSINO INFLUENCIOU PSICOSE

2. O ataque na Califórnia que inspirou Os Pássaros (1963)

Centrado em súbitos e inexplicáveis ataques de pássaros na Califórnia, o filme de Alfred Hitchcock, Os Pássaros é adaptação de um conto de Daphne du Maurier, a mesma autora de Rebecca, escrito em 1952. A inspiração da autora supostamente veio após ela ter presenciado um fazendeiro ser atacado por um bando de gaivotas enquanto arava a terra.

Mas o que muita gente não sabe é que o filme também foi inspirado em eventos reais! Em agosto de 1961, a cidade costeira de Capitola, na Califórnia, foi aterrorizada por massivos ataques de pássaros com imensos grupos desses animais agindo de forma desorientada. Causando o maior caos e sem nenhum motivo aparente, os pássaros mergulhavam e invadiam as casas, caíam em cima dos carros e vomitavam anchovas semidigeridas nos gramados. 

os pássaros

Hitchcock soube dos acontecimentos e utilizou como material de pesquisa para o filme, que já estava em desenvolvimento. O motivo do comportamento dos pássaros só foi descoberto muito tempo depois, quando pesquisadores encontraram uma alga no estômago dos animais que produz toxinas que desencadeiam amnésia, desorientação e convulsões. 

3. O caso de Roland Doe e O Exorcista (1973)

É praticamente impossível pensar em exorcismo no cinema sem pensar em O Exorcista. O filme dirigido por William Friedkin narra a possessão demoníaca da jovem Regan e os tormentos de sua mãe e dos padres que tentam livrá-la desse Mal. 

Adaptação do livro de William Peter Blatty, publicado em 1971, a história fica ainda mais assustadora quando descobrimos que o autor se inspirou em um caso real que aconteceu em 1949 e que você encontra com detalhes no livro Exorcismo de Thomas B. Allen. 

exorcismo

Quando era estudante na Universidade de Georgetown, Blatty ficou sabendo de um menino de 14 anos, conhecido apenas pelo pseudônimo Roland Doe ou Robbie Mannheim, que teria sido vítima de possessão demoníaca após o contato com um tabuleiro de Ouija (qualquer semelhança com Regan no filme não é coincidência). Depois de inúmeros tormentos, ele passou por uma série de exorcismos que foram registrados pelo padre Raymond J. Bishop que posteriormente inspiraram Blatty a escrever seu icônico livro.

4. Os ataques de Jersey Shore e Tubarão (1975)

Responsável por deixar todos com medo de entrar na água, Tubarão não é só um clássico do subgênero animal assassino, como também é considerado um dos melhores filmes de todos os tempos. A história do grande tubarão-branco que ameaça os banhistas da praia de Amity Island é uma adaptação do livro homônimo de Peter Benchley, que por sua vez se inspirou em ataques que realmente aconteceram no começo do século XX.

filmes com tubarão

O evento conhecido como os ataques de tubarão de Jersey Shore aconteceu entre 1º e 12 de julho de 1916 na costa de New Jersey, nos Estados Unidos, quando as praias estavam lotadas na alta temporada de verão. Os incidentes resultaram na morte de quatro pessoas e em vários indivíduos feridos, gerando grande pânico coletivo. Praias foram fechadas e redes foram colocadas no mar para proteger os banhistas, assim como foram contratados caçadores para ir atrás dos animais. Embora seja um caso conhecido, até hoje não se sabe qual era a espécie de tubarão responsável pelos ataques nem o número de animais envolvidos.

5. Os assassinatos que deram fama a Amityville

Um dos filmes mais famosos baseado em casos reais, Terror em Amityville é um clássico no quesito casa mal-assombrada. Adaptado do livro Amityville de Jay Anson, o longa narra a história da família Lutz, que após se mudar para a 112 Ocean Avenue passa a ser atormentada por forças demoníacas que emanam do local. 

amityville

A casa da história realmente existe, tendo sido construída em 1927, em Long Island, Nova York. Os Lutz também existem e se mudaram para o local em 1975, indo embora 28 dias depois, alegando estarem sendo aterrorizados por fenômenos paranormais. Treze meses antes dos Lutz se mudarem para a casa, o lugar foi palco de uma tragédia envolvendo seus residentes. Ronald DeFeo Jr., o filho mais velho dos DeFeo, assassinou brutalmente todos os seis membros de sua família enquanto dormiam

Embora seja muito discutido o que é real ou não nos relatos dos Lutz, o caso de assassinato aconteceu e Ronald DeFeo foi condenado pela morte dos pais e irmãos. Após a publicação de Amityville, a 112 Ocean Avenue ganhou a fama de assombrada, mas seus moradores posteriores alegam não ter presenciado nada fora do comum. Inclusive, a fachada e o endereço da casa foram modificados para afastar os turistas curiosos e preservar a privacidade dos residentes. 

6. O verdadeiro poltergeist de Seaford

Embora seja mais conhecido pela fama de amaldiçoado, Poltergeist: O Fenômeno também é inspirado em uma história verdadeira. O filme, que conta os tormentos da família Freeling, cujo sonho da vida no subúrbio é transformado em um grande pesadelo paranormal, teve sua premissa baseada na história real da família Herrmann

Assim como Amityville, os eventos que inspiraram Poltergeist também aconteceram em Long Island, no estado de Nova York (qualquer semelhança é mera coincidência!). No entanto, diferentemente do filme sobre a 112 Ocean Drive, o longa dirigido por Tobe Hooper não utilizou a mesma estratégia de marketing, não inserindo o famoso “baseado em eventos reais” em sua divulgação. 

poltergeist

Poltergeist é inspirado no caso conhecido como “poltergeist de Seaford”. Entre fevereiro e março de 1958, a família Herrmann presenciou mais de 70 eventos misteriosos em sua residência na 1648 Redwood Path. Seus membros afirmavam estar sendo assombrados por um poltergeist, apelidado de “Popper”, que assustava a todos na casa com objetos sendo repentinamente quebrados ou arremessados pela casa, barulhos estranhos e inúmeras outras ocorrências. “Popper” encerrou suas atividades em 10 de março de 1958 e nunca mais foi visto ou ouvido

7. Hora do Pesadelo ou Síndrome da Morte Súbita Noturna?

Um dos marcos do cinema slasher, A Hora do Pesadelo apresentou um dos vilões mais icônicos do cinema de terror: Freddy Krueger. Com suas garras afiadas e rosto desfigurado, Krueger aterrorizou os adolescentes da Elm Street durante o sono, mostrando que sim, seus sonhos podem te matar

Embora bastante fantástico, o filme dirigido por Wes Craven é inspirado em uma série de mortes inexplicáveis que realmente aconteceram. O diretor leu alguns artigos de jornais e ficou sabendo sobre homens refugiados do Sudeste Asiático que morreram repentinamente enquanto dormiam. Aterrorizados, muitos deles se recusaram a dormir, afirmando que eram atormentados por pesadelos que poderiam causar sua morte. Em 1981, 26 homens morreram enquanto dormiam e em 1983 esse número chegou a 72 nos Estados Unidos, o que definitivamente chamou a atenção de Craven. 

a hora do pesadelo

Conhecido atualmente como Síndrome da Morte Súbita Noturna, este distúrbio noturno possui uma explicação médica multifatorial, existindo uma predisposição genética entre homens do Sudeste Asiático e Sul da China. O distúrbio geralmente acomete homens saudáveis, entre os 20 e 49 anos de idade, frequentemente estando associado a terrores noturnos

8. A abdução de Travis Walton e Fogo no Céu (1993)

Lançado em 1993, Fogo no Céu acompanha uma comunidade abalada pelo súbito desaparecimento de um lenhador local. Cinco dias depois, ele reaparece extremamente perturbado e alegando ter sido abduzido por alienígenas

fogo no céu

Abordando a família e os amigos do lenhador, assim como a investigação da polícia, Fogo no Céu é uma adaptação do relato de Travis Walton, autor do livro The Walton Experience, que afirma ter sido abduzido por extraterrestres em 5 de novembro de 1975, enquanto estava retornando do trabalho em Snowflake, Arizona. Walton ficou desaparecido por cinco dias e seis horas, aparecendo misteriosamente na beira de um estrada perto de Heber, no Arizona. Ele afirmou ter visto um raio de luz e quando acordou estava sendo observado por três criaturas em um quarto no estilo de um hospital. O caso recebeu bastante notoriedade e se tornou uma história de abdução bastante famosa. 

9. Os assassinatos de Gainesville e Pânico (1996)

Pânico iniciou uma das franquias mais adoradas do mundo do terror. O que pouca gente sabe é que o filme que apresentou Ghostface e Sidney Prescott foi inspirado em um aterrorizante assassino em série conhecido como o “Estripador de Gainesville”.

pânico
Dimension Films/Divulgação

Em agosto de 1990, a cidade de Gainesville, no estado da Flórida, foi aterrorizada por um assassino que em um período de quatro dias matou brutalmente cinco estudantes. Enquanto estava cuidando da casa de um amigo, Kevin Williamson, roteirista de Pânico, assistiu a um especial de televisão sobre o caso e assustado com o que estava vendo, pensou ter escutado um barulho. Ele então decidiu vistoriar a casa com uma faca de açougue e um telefone na mão, enquanto ligava para o dono da casa. Eles começaram a conversar sobre filmes de terror, testando seus conhecimentos e assim nasceu a ideia principal de Pânico

10. De Anneliese Michel a Emily Rose

O Exorcismo de Emily Rose foi bastante revolucionário ao trazer o drama criminal para o terror, tornando-se um clássico instantâneo do subgênero de possessões demoníacas. O aterrorizante filme de Scott Derrickson acompanha uma advogada agnóstica contratada para defender um padre acusado de homicídio após o exorcismo da jovem Emily Rose resultar em sua morte. 

caso exorcismo de emily rose

Como os leitores da Caveira já sabem, a história de Emily Rose foi inspirada no caso real da alemã Anneliese Michel, que na década de 1970 faleceu após ser submetida a rituais de exorcismo. Após a morte da jovem, seus pais e os padres envolvidos foram acusados e julgados por homicídio. O caso de Anneliese foi minuciosamente documentado e analisado pela escritora e antropóloga Felicitas D. Goodman em seu livro Possessão, mais um lançamento da DarkSide® Books em parceria com a Macabra Filmes, que inclusive serviu como base para o roteiro de O Exorcismo de Emily Rose

LEIA TAMBÉM: POSSESSÃO: CONHEÇA O CASO QUE INSPIROU O EXORCISMO DE EMILY ROSE

11. Os crimes que inspiraram Wolf Creek: Viagem ao Inferno (2005)

Extremamente brutal e violento, Wolf Creek: Viagem ao Inferno chocou os espectadores ao apresentar o assassino Mick Taylor, um homem cruel e intolerante que persegue e tortura três jovens mochileiros no interior do deserto australiano. Contudo, o filme fica ainda mais macabro quando descobrimos que seu enredo foi baseado não em um, mas em dois crimes que abalaram a Austrália.

wolf creek

O diretor e roteirista Greg McLean utilizou como base para sua história e seu antagonista dois casos reais de assassinos brutais que atacavam mochileiros na área: Ivan Milat, que oferecia caronas a mochileiros e assassinou sete deles entre 1989 e 1993, e Bradley John Murdoch, que assassinou um mochileiro britânico e tentou sequestrar sua namorada em 2001. 

12. Os casos de Ed e Lorraine Warren renderam uma franquia e um universo cinematográfico

Conhecidos no mundo da investigação paranormal, Ed e Lorraine Warren se tornaram os personagens principais da franquia cinematográfica Invocação do Mal, iniciada em 2013. Com Patrick Wilson e Vera Farmiga nos papéis principais, muitos dos filmes da franquia se inspiraram em casos reais investigados pelo casal ao longo dos anos. 

ed e lorraine warren

Invocação do Mal (2013) é baseado na investigação de quase um ano e meio que os Warren conduziram na fazenda da família Perron, que presumidamente estava sendo atormentada por um espírito maligno. 

O primeiro spin-off da franquia, Annabelle (2014) é inspirado na icônica e assustadora boneca com o mesmo nome. Embora seu visual seja bastante diferente do de sua dublê nas telas, a verdadeira Annabelle existe e é provavelmente um dos objetos mal-assombrados mais famosos da cultura pop. Ela permanece contida dentro de uma caixa de vidro com instruções claras para que a porta não seja aberta sob hipótese nenhuma.  

annabelle

Invocação do Mal 2 (2016) também é inspirado em um caso investigado pelo casal, conhecido como Poltergeist de Enfield, o qual foi minuciosamente abordado por Guy Lyon Playfair no livro 1977 – Enfield. Entre 1977 e 1979, a família Hodgson, residente da 284 Green Street, no subúrbio de Londres, atraiu atenção midiática por estar sendo vítima de atividade poltergeist, centrada principalmente nas irmãs Janet e Margaret. 

O filme mais recente da franquia Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio (2021) foi baseado em um dos casos mais inquietantes dos Warren, conhecido como o Demônio de Connecticut, quando o acusado de assassinato, Arne Cheyenne, afirmou ser inocente e ter sido obrigado pelo Diabo a cometer o crime. O caso é relatado em Ed & Lorraine Warren: Luz nas Trevas, do autor Gerald Brittle, conhecido dos Darksiders por Ed & Lorraine Warren: Demonologistas.

ed e lorraine warren

O horror da vida real

São tantos filmes que alegam ser inspirados ou baseados em histórias verdadeiras que fica difícil selecionar apenas alguns. Embora algumas dessas histórias possam ter sua autenticidade questionada e debatida, a mensagem prevalece: a realidade pode, sim, ser a inspiração para os horrores cinematográficos que tanto gostamos de assistir. 

Nisso, esses filmes conseguem elevar o terror para outro nível, mostrando que não estamos seguros. Na verdade, nunca estivemos seguros. Afinal, o que aconteceu nas telas pode acontecer com qualquer um de nós e aconteceu. Tem coisa mais aterrorizante que isso?

LEIA TAMBÉM: 8 CASOS INVESTIGADOS POR ED & LORRAINE WARREN QUE IRÃO TE POSSUIR

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Ed Gein + Brinde Exclusivo
R$ 84,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Possessão + Brinde Exclusivo
R$ 84,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesFirestar Videolocadora

Pin: Um Trauma feito de loucura e plástico

Alguns filmes sempre foram raros no Brasil, outros acabaram sendo subestimados e...

Por Cesar Bravo
CuriosidadesDarkloveEntrevista

Rachel Rabbit White pelas palavras de Nico Walker (e dela própria)

O que os livros Carrossel dos Desejos e Cherry: Inocência Perdida têm em comum? Numa...

Por DarkSide
GamesMacabraNovidades

Conheça o jogo de tabuleiro de Condado Maldito

Se você é fã da série de graphic novels Condado Maldito e gosta de jogos de...

Por DarkSide
CuriosidadesFilmesWish

10 Curiosidades sobre o filme A Lagoa Azul

Se você cresceu entre os anos 1980 e 1990 provavelmente já passou alguma tarde...

Por DarkSide
CuriosidadesListas

Conheça as bandeiras do movimento LGBTQIAP+

O arco-íris você já deve conhecer bem. A bandeira mais popular associada aos...

Por DarkSide